#wct #competições 

Volcom Fiji Pro retorna e só completa a repescagem

João Carvalho

Terceira fase foi adiada por causa do perigo das ondas gigantes quebrando na rasa bancada de corais de Cloudbreak depois que Raoni Monteiro se contundiu

As ondas voltaram com força total para a continuação do Volcom Fiji Pro na sexta-feira, com 12-15 pés e séries maiores de até 20 pés durante o dia na ilha de Tavarua. Foram realizadas as duas baterias que faltavam para fechar a repescagem e a terceira fase ficou em espera até as 14 horas, quando foi decidido pelo adiamento para o sábado por causa do vento muito forte e o mar em transformação pela chegada do swell. Os que gostam de ondas grandes festejaram o restante do dia livre que ganharam para surfar as esquerdas de Cloudbreak.

As previsões são de mar grande para os próximos dias também, com séries de mais de 4 a 5 metros de altura quebrando numa rasa e muito perigosa bancada de corais. O desafio nas ondas gigantes de Fiji prossegue no sábado com cinco brasileiros disputando classificação para a fase dos 12 melhores desta quarta etapa do ASP World Tour 2012.

O carioca Raoni Monteiro poderia ser o sexto, mas acabou machucando o joelho quando saía na boca do tubo mais espetacular das duas baterias da sexta-feira na ilha de Tavarua. Ele teve que abandonar a disputa e o australiano Kai Otton avançou para enfrentar outro brasileiro na terceira fase, Adriano de Souza.

Mineirinho está na briga direta pela ponta do ranking e foi semifinalista na última passagem do ASP Tour pelas Ilhas Fiji em 2008. Parou em C. J. Hobgood, mas Kelly Slater foi o campeão na final norte-americana daquele ano. Se Raoni tivesse chance de pegar outro tubo para derrotar o australiano, ficaria formado um segundo confronto brasileiro na terceira e última rodada de doze baterias do Volcom Fiji Pro.

O catarinense Alejo Muniz e o paulista Gabriel Medina já estavam confirmados para disputar a quinta vaga para a quarta fase. E a vitória vale duas chances para alcançar as quartas de final. Depois tem Joel Parkinson na sexta bateria, Kelly Slater na sétima e na oitava o cearense Heitor Alves com o francês Jeremy Flores. O paulista Miguel Pupo disputa a penúltima com o australiano Julian Wilson e Mineirinho fecha a terceira fase contra Kai Otton.

Previsão Fiji

Transmissão ao vivo

TERCEIRA FASE - 17.o lugar - US$ 8.500 e 1.750 pontos:

1.a: Taj Burrow (AUS) x Bede Durbidge (AUS)

2.a: John John Florence (HAV) x Adrian Buchan (AUS)

3.a: Josh Kerr (AUS) x Damien Hobgood (EUA)

4.a: Mick Fanning (AUS) x Tiago Pires (PRT)

5.a: Alejo Muniz (BRA) x Gabriel Medina (BRA)

6.a: Joel Parkinson (AUS) x Mitchel Coleborn (AUS)

7.a: Kelly Slater (EUA) x Fredrick Patacchia (HAV)

8.a: Jeremy Flores (FRA) x Heitor Alves (BRA)

9.a: Owen Wright (AUS) x Brett Simpson (EUA)

10: Jordy Smith (AFR) x C. J. Hobgood (EUA)

11: Julian Wilson (AUS) x Miguel Pupo (BRA)

12: Adriano de Souza (BRA) Kai Otton (AUS)

SEGUNDA FASE - REPESCAGEM - 25.o lugar - US$ 7.000 e 500 pontos:

-----------únicas baterias da sexta-feira:

11.a: Bede Durbidge (AUS) 15.43 x 14.23 Adam Melling (AUS)

12.a: Kai Otton (AUS) 14.33 x 12.34 Raoni Monteiro (BRA)

-----------baterias realizadas na segunda-feira:

1.a: Kelly Slater (EUA) 15.90 x 6.10 Isei Tokovu (FJI)

2.a: Taj Burrow (AUS) 12.66 x 8.07 Willian Cardoso (BRA)

3.a: Josh Kerr (AUS) 12.00 x 8.56 Taylor Knox (EUA)

4.a: Julian Wilson (AUS) 18.57 x 7.50 Patrick Gudauskas (EUA)

5.a: Fredrick Patacchia (HAV) 13.67 x 10.54 Michel Bourez (TAH)

6.a: Gabriel Medina (BRA) 16.67 x 9.37 Yadin Nicol (AUS)

7.a: Miguel Pupo (BRA) 16.96 x 15.76 Matt Wilkinson (AUS)

8.a: Adrian Buchan (AUS) 17.04 x 16.23 Kieren Perrow (AUS)

9.a: Tiago Pires (PRT) 11.00 x 5.93 Kolohe Andino (EUA)

10.a: Brett Simpson (EUA) 12.40 x 12.20 Travis Logie (AFR)

Links Relacionados:

Previsão Fiji

Transmissão ao vivo