#tubarões #política 
Recife - Pernambuco - Brasil

Tubarão ataca mais um banhista em Recife

Diário de Pernambuco / surfguru

No Recife os ataques a banhistas se sucedem, enquanto isso as autoridades competentes se esforçam para dissuadir a mídia para que todos pensem que é mais um caso de afogamento. Todo este esforço é para não comprometer o lucro do turismo.

Reportagem do Diário de Pernambuco:

Um corpo bastante deteriorado foi encontrado na Praia de Boa Viagem, Zona Sul do Recife, na tarde desta segunda-feira (22). Segundo as informações da Polícia Militar, banhistas viram o corpo boiando no mar, nas proximidades do Edifício Acaiaca, por volta das 16h.

Os banhistas chamaram os policiais da Ciclopatrulha, que acionaram o Corpo de Bombeiros, que retiraram o corpo do mar. Até o momento, nenhum familiar foi até o local e o corpo continua sem identificação.

No final da tarde, o corpo foi recolhido para Instituto de Medicina Legal (IML).

-------------------------------

Transcrição do depoimento do Soldado Ricardo Targino, Policial Militar que viu o corpo:

reporter: Ricardo, pelo que você viu do estado do corpo, o que era possível de ver de resto humano?

soldado: Rapaz, o corpo dele tá só no osso mesmo, dá pra notar que o braço esquerdo dele tá pela metade, como se tivesse sido comido por um peixe, sem órgão nenhum, tá só no osso mesmo...

........

-------------------------------

O depoimento do soldado da Polícia Militar, que viu o corpo, é bem claro em descrever que a pessoa estava sem um braço, e com os ossos à mostra.

A discussão prossegue, como é que o braço de uma pessoa pode ser arrancado, com osso e tudo, pelos pequenos peixinhos famintos, ou por siris e caranguejos que habitam o fundo do mar?

Qualquer médico sabe que os ossos de uma pessoa são fortemente ligados entre si por ligamentos e encaixes que são bem difíceis de arrancar, apenas um animal grande e forte o suficiente seria capaz de arrancar um braço pela metade.

Segue a expectativa da conclusão do IML que todo mundo sabe qual vai ser: afogamento.

Enquanto isso os banhistas entram na água sem saber do perigo que os ronda.

O surfguru vem alertando desde o começo deste mês, sobre a omissão dos órgãos ditos competentes do governo do estado, em relação ao tratamento dado aos banhistas que frequentam as praias do Recife.

Um banhista apareceu sem os braços e as pernas na praia do Pina , no começo de agosto, no mesmo local em que há dois meses um bodyboarder sobreviveu a um ataque de tubarão . O IML emitiu um laudo em que afirmava que o banhista tinha morrido afogado, mesmo com o corpo apresentando vários sinais de ataque de tubarão .

Enquanto que os surfistas são tratados como bandidos, e proibidos de frequentar a praia, sendo que inclusive um vereador quer aprovar uma lei tornando o surfe definitivamente proibido no Recife , os banhistas pensam que são imunes a ataques, mesmo que estudos científicos apontem que para cada 5 surfistas, 3 banhistas também são mordidos por tubarões , nenhuma providência é tomada para isolar a praia e evitar novos ataques.

Existe um barco de pesca que é subsidiado pelo Governo do Estado para pescar tubarões em frente às praias do Recife, mas por incrível que pareça, os tubarões não são realmente pescados, mas são chipados e soltos para uma pesquisa , da qual ninguém tem notícia de resultado.

Em nossa última reportagem, mostrando o procedimento correto a ser feito em caso de ataques de tubarão, que ocorreu em uma praia da Rússia , alertamos que infelizmente novos ataques iriam ocorrer no Recife, e que a omissão dos órgãos competentes iria continuar, e foi justamente o que ocorreu ontem, mais um caso que será tratado como afogamento, para não prejudicar os lucros da milionária indústria do turismo do estado.

Links Relacionados:

reportagem no Diário de Pernambuco

Galerias | Mais Galerias