#tubarões #wct #competições #surf 
Califórnia - Estados Unidos

Tubarão assusta surfista durante o Rip Curl em São Francisco

destak.pt

O havaiano Dusty Payne saiu com medo da água depois de perceber aquilo que ele descreveu como "a maior barbatana que eu já vi na minha vida vindo na minha direção. "

Os melhores surfistas do mundo reuniram-se esta semana para a primeira competição do ASP World Tour em San Francisco. Eles sabiam que teriam que lutar com possível nevoeiro, vento e temperatura da água de gelar os ossos. Não imaginavam era que os tubarões iam entrar no jogo, mas apenas quatro eliminatórias desde a abertura na terça-feira.

Dusty Payne garantiu, "Já vi golfinhos e não era um golfinho." Payne estava competindo contra Jordy Smith da África do Sul.

Os Salva-vidas e guardas patrulharam a zona de competição num barco inflável, durante a breve interrupção e quando a competição da Rip Curl foi retomada. Mas um especialista em tubarões da Bay Area questionou a decisão de se realizar uma competição de surf em San Francisco nesta época do ano, quando dezenas de tubarões brancos estão reunidos nas ilhas Farallon, perto da costa, para engordar com focas e leões marinhos.

"Não se realizaria uma competição na auto-estrada interestadual. Não faria isso porque não é sensato", disse Patric Douglas, um operador turístico comercial de mergulho e CEO da empresa Diver Shark. “O fato de ter sido vista uma barbatana deveria ter acabado com a competição."

San Francisco está dentro do chamado Triângulo Vermelho, que se estende de Bodega Bay ao norte de São Francisco para um pouco além das Ilhas Farallon, a sul de Monterey. O triângulo é notório habitat de tubarões-brancos.

No sábado, um surfista foi mordido pelo que se acredita ter sido um grande tubarão branco ao norte de Monterey. Sofreu ferimentos moderados no ombro e pescoço e o tubarão arrancou um pedaço da sua prancha. Desde 1926, de acordo com o Arquivo Internacional de História Natural de Ataque de Tubarões do Museu da Florida, houve quatro ataques não provocados perto de São Francisco, 10 perto de Marin County e nove fora de Monterey. O último ataque fatal em São Francisco ocorreu em 1959.

A maioria dos surfistas em competição diz ter visto tubarões, mas não enormes tubarões brancos, que Payne afirma ter visto.

Quando perguntado sobre como as aparições de tubarões podem afetar as competições, um porta-voz ASP, Dave Prodan, enviou uma regra que explica que a competição pode ser interrompida quando o "potencial de perigo é extremo, tal como decidido pela maioria do Diretor de Prova, o Head Judge da ASP e o Representante do surfista".

O artigo 106,02 afirma: "Se um surfista sente que está em perigo devido ao ataque de tubarão ou criatura similar e quer sair da água o juiz principal deve parar a prova e usar o procedimento acima [apito contínuo] para avisar os surfistas em competição, mesmo que o juiz principal não veja o perigo. "

Isso não aconteceu terça-feira, Prodan explicou, porque o incidente ocorreu no final da prova e "não houve tempo suficiente para [Payne] aconselhar os diretores da competição da situação".

O evento Rip Curl será continuará ao longo dos próximos dias, salvo incidente.

Galerias | Mais Galerias