#amador #competições 

Treino de luxo na 2ª etapa do Circuito ASC 2012

Arpoador Surf Club

Na véspera da etapa brasileira do circuito mundial da ASP, que deixará o pico fechado por 12 dias, o Arpoador Surf Club aproveitou uma boa ondulação de sudeste para colocar a segunda etapa do circuito local na água, apenas uma semana após a 1ª etapa

A nova ondulação encostou no Rio na madrugada de sexta, 04 de maio, proporcionando altas ondas na praia do Arpoador. Com a janela para a segunda etapa do Circuito ASC 2012 aberta, a organização não teve dúvidas em fazer uma chamada relâmpago para o campeonato e em poucas horas os atletas filiados preencheram todas as vagas das categorias Open e Master. No total foram mais de 70 atletas inscritos, comprovando que a decisão foi acertada.

No sábado, 05 de maio, o Arpoador amanheceu com altas esquerdas de 1 metro e séries maiores, com ótima formação. O dia ensolarado e a água quente ajudaram a compor o cenário ideal para mais uma competição da associação, que confraterniza diferentes gerações de surfistas do Arpoador distribuídos em sete categorias. O campeonato começou pontualmente às 7:30 h, já que a direção de prova aumentou o tempo das baterias Master e Open de 35 para 40 minutos, para que todos tivessem mais tempo para aproveitar as ótimas condições.

Open

Na primeira fase, os destaques foram Ian Cosenza, que sempre com uma ótima escolha de ondas conseguiu pegar um tubo profundo em frente aos juízes (nota 9,67); o atual campeão do Osklen Surfing Arpoador Clássico, Leonel Brizola, com um ataque preciso de backside; e Rafael Cury, surfando com uma linha bonita, ligando uma manobra na outra sem perder velocidade. Completaram a final Rodrigo Lima, filho do veterano Fedoca, que tirou um belo tubo no inside, e Guilherme Ferreira, como melhor segundo colocado dentre todas as baterias. Na final, Ian Cosenza não conseguiu surfar tão bem e os destaques foram Rafael Cury (8,33) e Leonel Brizola (8,17). Apesar da vitória de Rafael na final, na soma total dos pontos o campeão foi Leonel Brizola. Com o terceiro lugar, Ian se mantém na liderança do ranking com uma boa vantagem sobre o segundo, Rafael Cury.

Master

Os grandes destaques da primeira fase foram o surfista do Leblon, Eduardo Chalita, que arriscou floaters insanos em junções pesadas, e Alexandre Budi, goofy-footer local que tem um dos estilos mais bonitos do Arpoador. Na final, Chalita se manteve como o melhor da categoria e Fabiano Passos ultrapassou Budi, que ficou em terceiro. Completaram a final os diretores do Favela Surf Clube, João Paulo Veiga (4º), e Alexandre Pretão (5º). Com os resultados, Carlos Matias assumiu a liderança do circuito, sendo seguido de perto por João Paulo Veiga (2º), Budi (3º) e Fabiano Passos (4º). Porém, vale ressaltar que, considerando que o ranking atual ainda leva em conta o melhor resultado de 2011, aquele que potencialmente está na melhor posição no ranking é o Fabiano Passos, com dois vice-campeonatos nas duas etapas de 2012.

Mirim

Thomas Metsavaht, que surfou na melhor hora deste swell na madrugada de sexta, aproveitou bem o treino e venceu pela primeira vez no Arpex, deixando na segunda colocação o líder do ranking, Gabriel Mureb.

Iniciante

Mostrando grande evolução desde a última etapa de 2011, o atleta Theo Bial, filho do apresentador Pedro Bial, venceu com folga a categoria, deixando em segundo Pedro Saldanha, filho do surfista e shaper local Ricardo Osório.

Infantil

Mancine de Souza venceu pela segunda vez consecutiva, agora conseguindo a melhor onda do campeonato, nota 9,93. Nessa onda, que tinha um bom tamanho e foi pega no Pontão, Mancine executou manobras fortes e bem definidas, sem diferenciando bastante dos demais competidores. Em segundo lugar ficou Bernardo Bordovsky, que pela primeira vez nos campeonatos do ASC conseguiu ficar na frente do Anderson Carvalho Picachú, atual vice-campeão sub-14 do ASC. Foi um grande resultado para o Bordovsky, que encostou no Picachú na vice-liderança do ranking que tem Mancine no primeiro posto.

Legends Longboard

Competindo pela primeira vez no circuito, o surfista local Roberto Coelho venceu com o apoio dos seus filhos, “veteranos” nos campeonatos do ASC. Coelho deixou Fedoca em segundo, e Roni Veloso, com uma interferência, em terceiro. Com estes resultados, Roni manteve a liderança do ranking, seguido de perto por Fedoca.

Feminino

As meninas também aproveitaram as boas condições e deram um show, com destaque para a campeã, Monika Takaki, e a vice, Ariane Mateik, que continua isolada na liderança do ranking.

Agradecimentos

O Arpoador Surf Club agradece a todos que nos ajudaram a viabilizar mais este evento: nosso patrocinador Osklen Surfing, nossos apoiadores The Bar Surfshop, Trinta Pés, e Soul Traveler, a Subprefeitura da Zona-Sul (subprefeito Bruno Ferraz e coordenadora de eventos Vera Fernandes), a FESERJ (presidente Abílio Fernandes), o staff, os competidores, e toda a galera local que nos prestigiou. Obrigado!

RESULTADOS FINAIS DA 2ª ETAPA ASC 2012

OPEN

1 Leonel Brizola

2 Rafael Cury

3 Ian Cosenza

4 Guilherme Ferreira

5 Rodrigo "Fedoquinha"

MASTER

1 Eduardo Chalita

2 Fabiano Passos

3 Alexandre Budi

4 João Paulo Veiga

5 Alexandre Pretão

MIRIM

1 Thomas Metsavaht

2 Gabriel Mureb

3 Bruninho

4 Renan Silvestre

5 Gabriel Iriarte

INICIANTE

1 Theo Bial

2 Pedro Saldanha

3 Hugo Souza

4 Felipe Metsavaht

5 Cleyton

INFANTIL

1 Mancine de Souza

2 Bernardo Bordovsky

3 Anderson Carvalho Picachú

4 Valentina Bertrando

5 Felipe Bordovsky

LEGENDS LONGBOARD

1 Roberto Coelho

2 Fedoca

3 Roni Veloso

4 Antonio Buchaúl

5 Mauro Levy

FEMININO

1 Monika Takaki

2 Ariane Mateik

3 Martha Booke

4 Cristiana Góes

5 Maria Paula

Confira os vídeos produzidos por Daniel Quintanilha:

Vídeo 1

Vídeo 2