#6 estrelas #competições 

Tiago Pires campeão do Islas Canarias Santa Pro 2012

Redação SURFAR

Tiago Pires vence Aritz Aranburu na final e é campeão do Islas Canarias Santa Pro. Willian Cardoso, chega às semis e se aproxima da elite

O catarinense Willian Cardoso levou o Brasil até as semifinais do Islas Canarias Santa Pro, perdendo apenas para o português Tiago Pires, campeão do último ASP 6-Star do ano nas Ilhas Canárias. Com a vitória sobre o norte-americano Gabe Kling na grande final, Tiago confirmou sua permanência na elite dos top-34 do WCT por ter ultrapassado os 15.000 pontos no ranking unificado da ASP. Apesar do prazo até domingo, a competição foi finalizada nesta sexta-feira por causa das boas ondas de 2-3 pés da praia San Juan, em Lanzarote.

Só a vitória em Lanzarote garantiria a vaga do português antes das etapas finais da temporada no Hawaii Com os 3.500 pontos recebidos pelo título, Tiago subiu da 36.a para a 22.a posição no ranking que está classificando até o 31.o colocado para a elite de 2013.

Os catarinenses Willian Cardoso e Jean da Silva também poderiam confirmar os seus nomes se vencessem neste evento. Mesmo assim, ambos se afastaram um pouco mais da zona de perigo com os resultados conquistados nas Ilhas Canárias.

Na semifinal contra Willian, Tiago fez a melhor apresentação de todo o campeonato e atingiu incríveis 19,73 pontos de 20 possíveis, com notas 9.90 e 9.83 das duas melhores ondas que surfou na bateria. O brasileiro começou esta sexta-feira derrotando o já top-34 do WCT 2013, Filipe Toledo, e depois passou fácil pelo sul-africano Beyrick De Vries, mas nada pôde fazer contra um inspirado Tiago Pires na semifinal.

Com os 2.080 pontos do terceiro lugar, Willian pulou da 29.a para a 24.a posição no ranking, totalizando 14.170 pontos. Com apenas 10 pontos a mais, Jean da Silva está na sua frente, que foi barrado nas quartas de final pelo norte-americano Nathaniel Curran. Se passasse para a final, Curran também entraria no G-10 do ASP World Ranking, mas ficou na boca de entrada da zona de classificação em 32.o lugar.

Os outros três brasileiros que competiram hoje não passaram das oitavas de final que abriram o último dia de disputas em Lanzarote. O cearense Heitor Alves defendia o título conquistado em 2010 nas Ilhas Canárias, mas perdeu a primeira bateria do dia para o vice-campeão Gabe Kling. Filipe Toledo foi derrotado de novo por Willian Cardoso na reedição da final do ASP 6-Star de Newcastle, na Austrália. E o jovem carioca Lucas Silveira não conseguiu ganhar o duelo da novíssima geração com o sul-africano Beyrick De Vries.

DECISÃO NO HAWAII – Agora restam apenas duas etapas do ASP World Prime para fechar a lista dos dez surfistas que o ASP World Ranking classifica para completar a elite dos top-34 do WCT. O Reef Hawaiian Pro abre a Tríplice Coroa Havaiana entre 12 a 25 de novembro em Haleiwa. Já o segundo desafio será o Van´s World Cup of Surfing, de 26 de novembro a 06 de dezembro em Sunset Beach, também na ilha de Oahu.

OITO BRASILEIROS – No momento oito brasileiros estão se classificando para o ASP World Tour do ano que vem. Os paulistas Adriano de Souza, Gabriel Medina, Miguel Pupo e Filipe Toledo já garantiram suas vagas. Os catarinenses Jean da Silva e Willian Cardoso estão bem perto de confirmar as suas pelo ranking mundial unificado da ASP. E o cearense Heitor Alves e o catarinense Alejo Muniz estão entre os 22 primeiros do WCT que são mantidos na divisão de elite do ASP Tour. Já o potiguar Jadson André e o carioca Raoni Monteiro, que fazem parte dos top-34 neste ano, não aparecem em nenhuma das duas listas classificatórias para 2013.

FINAL DO ASP 6-STAR ISLAS CANARIAS SANTA PRO:

Campeão: Tiago Pires (PRT) com 16,53 pontos (8.50+8.03) – US$ 25.000 e 3.500 pontos

Vice-campeão: Gabe Kling (EUA) com 14,47 (7.76+6.80)– US$ 12.500 e 2.640 pontos

SEMIFINAIS – 3.o lugar – US$ 6.150 e 2.080 pontos:

1.a: Gabe Kling (EUA) 17.50 x 11.60 Nathaniel Curran (EUA)

2.a: Tiago Pires (PRT) 19.73 x 14.10 Willian Cardoso (BRA)

QUARTAS DE FINAL – 5.o lugar – US$ 3.000 e 1.560 pontos:

1.a: Gabe Kling (EUA) 12.33 x 9.36 Aritz Aranburu (ESP)

2.a: Nathaniel Curran (EUA) 14.00 x 8.74 Jean da Silva (BRA)

3.a: Willian Cardoso (BRA) 15.33 x 7.27 Beyrick De Vries (AFR)

4.a: Tiago Pires (PRT) 14.17 x 13.54 Marc Lacomare (FRA)

OITAVAS DE FINAL – 9.o lugar – US$ 2.300 e 920 pontos:

1.a: Gabe Kling (EUA) 12.33 x 10.07 Heitor Alves (BRA)

2.a: Aritz Aranburu (ESP) 13.86 x 5.30 Romain Cloitre (FRA)

3.a: Nathaniel Curran (EUA) 14.00 x 11.00 Nat Young (EUA)

4.a: Jean da Silva (BRA) 14.93 x 12.77 Jonathan Gonzalez (CNY)

5.a: Willian Cardoso (BRA) 10.00 x 7.20 Filipe Toledo (BRA)

6.a: Beyrick De Vries (AFR) 12.17 x 8.94 Lucas Silveira (BRA)

7.a: Tiago Pires (PRT) 12.50 x 6.40 Adrien Toyon (FRA)

8.a: Marc Lacomare (FRA) 11.27 x 8.93 Vincent Duvignac (FRA)

G-10 DO ASP WORLD RANKING – 39 etapas – 8 do WCT + 6 Prime + 25 Star:

1.o: John John Florence (HAV) – 38.665 pontos

2.o: Gabriel Medina (BRA) – 38.565

3.o: Kelly Slater (EUA) – 35.525

4.o: Adriano de Souza (BRA) – 32.045

5.o: Mick Fanning (AUS) – 28.743

6.o: Julian Wilson (AUS) – 28.300

7.o: Joel Parkinson (AUS) – 25.820

8.o: Taj Burrow (AUS) – 24.725

9.o: Adrian Buchan (AUS) – 23.905

10: Josh Kerr (AUS) – 23.736

11: Miguel Pupo (BRA) – 23.700

12: C. J. Hobgood (EUA) – 22.930

13: Jordy Smith (AFR) – 22.760

14: Kai Otton (AUS) – 21.345

15: Jeremy Flores (FRA) – 20.220

16: Owen Wright (AUS) – 19.700

17: Kolohe Andino (EUA) – 19.211 – 1.o do G-10

18: Glenn Hall (IRL) – 18.525 – 2.o do G-10

19: Filipe Toledo (BRA) – 16.700 – 3.o do G-10

20: Nat Young (EUA) – 15.885 – 4.o do G-10

21: Damien Hobgood (EUA) – 15.270 – 5.o do G-10

22: Tiago Pires (PRT) – 15.210 – 6.o do G-10

23: Jean da Silva (BRA) – 14.180 – 7.o do G-10

24: Willian Cardoso (BRA) – 14.170 – 8.o do G-10

25: Heitor Alves (BRA) – 13.700

26: Kieren Perrow (AUS) – 13.587

27: Brett Simpson (EUA) – 13.490

28: Alejo Muniz (BRA) – 13.450

29: Patrick Gudauskas (EUA) – 13.430 – 9.o do G-10

30: Michel Bourez (TAH) – 13.350

31: Matt Wilkinson (AUS) – 12.775 – 10.o do G-10

———–próximos sul-americanos até 100:

37: Wiggolly Dantas (BRA) – 12.053 pontos

39: Raoni Monteiro (BRA) – 11.650

41: Hizunomê Bettero (BRA) – 10.715

43: Tomas Hermes (BRA) – 10.260

44: Alex Ribeiro (BRA) – 10.150

62: Jessé Mendes (BRA) – 6.816

65: Thiago Camarão (BRA) – 6.625

70: Messias Felix (BRA) – 6.507

76: Jadson André (BRA) – 5.890

80: Ricardo dos Santos (BRA) – 5.771

90: Jano Belo (BRA) – 4.850

91: Peterson Crisanto (BRA) – 4.848