#session #surf 

Swell de fim de ano no Piauí

ASPI

Depois de três dias 23, 24 e 25, de boas ondas quebrando no pico mais power da ilha de Santa Isabel, o Curvão, localizado na praia de Pedra do Sal, Parnaíba,onde vários surfistas puderam evoluir suas manobras

o litoral do Piauí recebeu o famoso swell de ano novo, há 25 anos que acompanho a passagem de ano com uma prancha sob os pés, e as majestosas ondulações de norte e noroeste com ventos leste e nordeste sempre dão seu ar da graça, propiciando aos que ousam sair lá fora com apenas um pedaço de poliuretano revestida de fibra de vidro e resina, sensações que não se encontra no continente. O prazer de descer uma onda supera qualquer outro e nós surfistas somos os únicos, porém a porta do surf está sempre aberta para qualquer um que queira sentir este prazer.

O swell de natal deste ano ficou abaixo das expectativas, as séries variavam entre 04 a 06 pés de altura, o natal de 2010 teve séries entre 06 a 08. porém a diversão foi garantida pelo power das ondas que entravam em linhas abrindo mais para a esquerda. O crowd foi enorme, brother's das antigas e os novatos passaram três dias pegando muitas ondas.

O arquiteto Betinho não perdeu tempo e muito cedo já estava no canto das pedras com seu stand up fazendo uma primeira sessão e que logo após pegou seu funboard para a segunda sessão no curvão.

O local e campeão da categoria júnior, Gilvan Fusca mandou muito com sua prancha DS, destruiu nos três dias, rasgadas no limite, aéreos e reverses foram as manobras mais executadas por este grande talento da Pedra do sal.

Quem esteve conferindo o swell foi o repórter e fotógrafo Francisco 'Rasta' Brandão, com sua objetiva poderosa registrou belos momentos dos nossos surfistas. Rasta é um brother que está sempre disposto a divulgar a cultura surf através das lentes da sua máquina, valeu brô.

Outro local que evoluiu bastante foi o surfista mirim Juliano, este garoto de apenas 13 anos já é uma das grandes promessas do surf piauiense, mandando muito com sua prancha DS, Juliano dropou altas ondas com segurança destruindo o lip com toda sua força e estilo.

As manobras mais modernas estavam sendo executadas pelos melhores, "no domingo,25, vi muitos aéreos ", comentou Fábio Sousa (ASPI), que também dropou todas, principalmente no sábado que foi um dos últimos a sair do mar juntamente com seu irmão Junior surfista das antigas terceiro colocado na categoria master.

Agora chegou a vez das ondulações do final de ano, que tudo indica será maior que o anterior de natal. Pelo monitoramento dos ciclones no hemisfério norte, houve a formação de um próximo ao México, onde sua atuação abrangerá o litoral piauiense, a intensidade vai ser média com períodos entre 14 e 16 segundos.

Vamos esperar ansiosos pela chegada destas forças naturaia que com toda certeza propiciará a todos uma boa diversão.

Um bom 2012 a todos que fazem parte da família surf. BOAS ONDAS!