#surf #picos 

Surf em Lisboa

Mestieri

Ericeira, Costa da Caparica e Cascais, no território lisboeta, concentram as melhores praias para a prática do esporte

Com a popularização do surf entre os brasileiros, a procura por novas ondas em diferentes destinos vem aumentando consideravelmente a cada ano. Assim, quem curte a combinação praia, sol, beleza natural e, sobretudo, ondas e muita adrenalina deve conhecer e se aventurar na região próxima à capital portuguesa, considerada um dos melhores destinos do surf mundial.

De extrema importância para o turismo local por atrair milhares de visitantes o ano inteiro, a região apresenta uma oferta invejável de praias que se destacam pela beleza ímpar, qualidade e facilidade de acesso — a menos de uma hora do centro de Lisboa —, desde as pequenas encontradas nas áreas urbanas, passando pelas que fazem parte do percurso até Cascais, até chegar aos grandes areais da Caparica, ao sul ou à Ericeira a oeste. Muitas delas, inclusive, são frequentemente escolhidas para sediar campeonatos de surf.

Reserva Mundial de Ericeira

A começar por Ericeira, a 1ª Reserva de Surf da Europa e a 2ª do mundo, reconhecida oficialmente pela organização norte-americana Save the Waves Coalition. A qualidade e a consistência das ondas, a importância para o esporte e sua história, as características ambientais, o clima temperado, a diversidade da flora e da fauna marítima, além do apoio da comunidade local foram os critérios que lhe garantiram tais reconhecimentos.

Não por acaso, Ericeira foi escolhida para receber nos dias 24, 25 e 26 de maio, a terceira fase da Liga MEO Surf 2024, prometendo uma temporada grandiosa, liderada pela nova geração em busca da renovação da categoria nacional. A região também sediará a penúltima etapa da prova do circuito de acesso à Liga Mundial de Surf 2024 (WSL), entre os dias 29 de setembro e 6 de outubro, que deve acontecer na Praia de Ribeira d'Ilhas.

Ideal também para surfistas principiantes em função da diversidade de níveis de exigência das suas ondas, as praias de Ericeira agradam igualmente aqueles que querem apenas entrar no mar, subir na prancha e poder contemplar o visual indescritível que o local oferece. O trecho principal se estende desde a Praia da Empa até a Praia de São Lourenço, na freguesia de Santo Isidoro. No total, sete ondas são consideradas de classe mundial num espaço de 4 km das praias Pedra Branca, Reef, Ribeira d’Ilhas, Cave, Crazy Left, Coxos e São Lourenço.

Costa da Caparica

Já ao sul, a costa atlântica da zona costeira é um dos raros lugares no mundo que reúne alta quantidade e qualidade em suas ondas, sendo uma ótima opção para quem deseja aprender a modalidade. Ao longo de 11 km de costa, são 22 de diferentes características, o que possibilita a prática do surf sob diferentes condições meteorológicas.

Independentemente da estação do ano, as praias da Costa da Caparica são as campeãs na preferência dos lisboetas, com opções para todos os gostos e públicos, inclusive surfistas que procuram um lugar ainda mais próximo e de fácil acesso à capital. Com cerca de 15 km de extensão, destacam-se as praias da Cova do Vapor, CDS, Santo Antônio, Norte e Nova Vaga. Em todas elas, há diversos restaurantes e bares de apoio, além de uma linha de ônibus que as percorre durante o verão.

Cascais

Também pertinho de Lisboa, outro point bastante conhecido entre os surfistas experientes e novatos é a praia de Carcavelos, que conta com diversas escolas de surf e entusiastas. Em pleno Parque Natural Sintra/Cascais, o chamariz vai para Cresmina e Praia do Guincho, esta última famosa pelos seus ventos fortes. Com vista para o Cabo da Roca, a região costuma receber muitos praticantes de windsurfes e kitesurfes.