#ondas grandes #surf #session #big surf 
Nova Zelândia

Stormsurfers: Tom e Ross na Nova Zelândia

Stormsurfers

Tom Carroll e Ross Clarke-Jones são duas lendas do surf australiano, que criaram a "Storm Surfers", uma equipe de elite desenvolvida para controlar e perseguir as mais isoladas e robustas ondas que o oceano colossal pode produzir.

Após mais uma missão bem sucedida no pico da Tasmânia nunca surfado antes Pedra Banca, onde eles conquistaram as ondas de 20 a 30 pés, os viciados em adrenalina decidiram aumentar as apostas. Eles foram para a Nova Zelândia onde a mãe natureza deu-lhes um inesperado e duro golpe. Ande na montanha russa física e emocional com Tom e Ross.

A última missão de Tom e Ross na Austrália levou os a Shipsterns Bluff e aos perigosos Bancos na Tasmânia. Mais uma vez, eles estão em uma busca para conquistar um pico nunca surfado antes e com ondas gigantescas, mas desta vez, na Nova Zelândia. Aqui, Tom Ross e enfrentaram as condições imprevisíveis e inóspitas dos remotos Fiordlands, incluindo temperaturas frias, terreno difícil, neve, e rajadas Antártica carregadas com granizo do tamanho de bolas de gude.

No entanto, apesar de um reconhecimento de arrepiar os cabelos sobre o Fiordland no helicóptero do local Hannibal, nada irá prepara-los para o maior teste da mãe natureza.

Lidar com as duras condições meteorológicas é apenas metade do trabalho. Caçar ondas do tamanho de prédios de quatro andares envolve estratégia, preparação e acompanhamento das maiores tempestades oceânicas do mundo. Isso é onde o meteorologista de surf Ben Matson utiliza a mais recente tecnologia de previsão de tempestades, ele ajuda a controlar a chegada de Tom e Ross a uma questão de horas, uma corrida louca e grande aposta contra o tempo e os elementos.

Sua aventura para o desconhecido Fiordland vê-los unidos a um surfista local de ondas grandes, Doug Young, como eles lidam com as mais severas condições de sua carreira e ficam cara a cara com uma tempestade Antártica.

A mais recente tecnologia de câmera HD capturam as aventuras da equipe dos Storm Surfers numa viagem de 44 quilômetros em jet-skis do continente para as grandes frentes de tempestade, para os meninos do "tow-surfing" novamente para a ondas, onde centenas de toneladas de oceano pode levá-los nas profundezas do oceano gelado se eles vacarem.

Para os rapazes, a jornada para chegar até as ondas é metade da diversão. Quando perguntado, por que eles vão lá, Ross respondeu: "Nós gostamos disso ... eu sou insaciável, sempre quero mais". Tom, tem uma abordagem mais filosófica a sobre experiência comentando sobre a sua imprevisibilidade, a mãe natureza "não tem nenhuma idéia de tempo, nós viemos com isso e tentamos impôr a ela ".

Assim o que a mãe natureza tem na loja para os meninos? Será que Tom e Ross conquistarão os territórios nunca surfados antes nos confins remotos do Fiordland ou será que o seu rival na Nova Zelândia irá tirar o melhor deles?

Storm Surfers: A Nova Zelândia é também um evento na web, onde o público pode acompanhar Tom e Ross nas aventuras perseguindo as ondas em torno da Nova Zelândia através de micro documentários, alimentando o apetite dos espectadores sedentos de surf e as audiências que simplesmente se interessaram por estes super heróis modernos.

Galerias | Mais Galerias