#profissional #mundial #wct #competições #surf 
Austrália

Slater leva o Quiksilver Pro 2011

ASP

O 10 vezes campeão mundial garantiu sua 46a vitória na elite ao vencer hoje, derrotando o campeão defensor do evento Taj Burrow e reivindicando o Quiksilver Pro Gold Coast

O evento de abertura da temporada do 2011 do ASP World Title, o Quiksilver Pro Gold Coast apresentou uma incrível gama de talentos do atual Top 34 da ASP, mas a vitória foi para o icônico Floridiano.

Slater saltou para a vida no último dia de competição, postando os seus principais resultados a caminho da final contra a Taj Burrow. Slater construiu lentamente a sua pontuação em sua luta contra o australiano e sua refinada estratégia provou ser o suficiente para ganhar o ícone do surf de 2011 Quiksilver Pro Gold Coast coroa.

"Eu estou tendo muita diversão", disse Slater. "É muito fácil. Você vai surfar em Snapper sozinho, é muito divertido. Chegar a uma competição de surf é um bônus. Eu gostaria de agradecer à minha namorada e a todos no Quiksilver por lançar o evento. Todo mundo adora esse evento, porque as ondas são tão divertidas. Eu não acho que sou o único que pensava que Taj foi o destaque do evento. Em algum momento ele tinha que parar de ficar 9s e eu só peguei a bateria certo. "

Burrow, que foi sem dúvida o surfista em forma em todo o evento, foi um rolo compressor absoluto no último dia de competição para expulsar americano Brett Simpson, nas quartas de final e o perigoso Sul Africano Jordy Smith, nas semifinais, mas caiu um pouco abaixo da pontuação necessária para superar Slater para a vitória na metade de seu duelo, terminando em segundo lugar geral.

"Estou animado com a turnê para 2011", disse Burrow. "Foi um evento divertido e uma chatice que as ondas aparecerem no final. Tiremos o chapéu para Kelly, ele construiu uma casa e deu certo. Eu só gostaria de agradecer a todos que organizaram a competição, foi incrível. "

Jordy Smith surfou com estilo, socos e mordidas toda a duração do Quiksilver Pro Gold Coast, garantindo uma emocionante vitória no último minuto sobre Joel Parkinson e Alejo Muniz, para avançar até as semifinais. No entanto, o grande Sul-Africano foi incapaz de ultrapassar Burrow em uma repetição da final da temporada passada.

"É decepcionante quando tudo parece estar indo bem e as ondas não colaboram", disse Smith. "Taj (Burrow) surfou incrível, e ainda é um bom começo para mim. Estou ansioso para o próximo evento e eu vou colocar minha cabeça e trabalhar duro até então. "

O português Tiago Pires, que terminou em 26º na temporada de 2010 do ASP World Title, deu uma carga na abertura do evento de 2011, apenas caindo para o letal Slater nas semifinais.

"Foi uma bateria muito difícil", disse Pires. "As ondas estão meio complicadas. Elas não estão tão perfeitas como estavam na bateria anterior. Acho que eu estava procurando muito os tubos e eles não aconteceram. Eu só peguei um tubo e eu me desliguei da prioridade. Eles são todos surfistas muito bons. Todas as baterias foram fortes e cada um tem sua própria história. Eu só estou aqui para fazer o meu melhor surf. "

QUIKSILVER PRO GOLD COAST FINAL:

1 – Kelly Slater (EUA) 11.20

2 – Taj Burrow (AUS) 10.17

QUIKSILVER PRO GOLD COAST SEMIFINAL:

SF 1: Kelly Slater (EUA) 16.77 derrotou Tiago Pires (PRT) 8.20

SF 2: Taj Burrow (AUS) 17.56 derrotou Jordy Smith (ZAF) 11.40

QUIKSILVER PRO GOLD COAST QUARTAS DE FINAL:

QF 1: Kelly Slater (EUA) 15.40 derrotou Dusty Payne (HAW) 9.06

QF 2: Tiago Pires (PRT) 14.64 derrotou Matt Wilkinson (AUS) 14.40

QF 3: Taj Burrow (AUS) 17.30 derrotou Brett Simpson (EUA) 11.60

QF 4: Jordy Smith (ZAF) 13.03 derrotou Alejo Muniz (BRA) 9.95

ASP WT TOP 5 (Depois do Quiksilver Pro Gold Coast):

1. Kelly Slater (EUA) 10,000 points

2. Taj Burrow (AUS) 8,000 points

3. Jordy Smith (ZAF) 6,500 points

3. Tiago Pires (PRT) 6,500 points

5. Matt Wilkinson (AUS) 5,200 points

5. Brett Simpson (EUA) 5,200 points

5. Dusty Payne (HAW) 5,200 points

5. Alejo Muniz (BRA) 5,200 points

Galerias | Mais Galerias