#6 estrelas #competições 
Austrália

Silvana Lima entre as 12 melhores em Margaret River

João Carvalho / ASP

Jadson André, Wiggolly Dantas e Jeronimo Vargas passaram para a rodada dos 48 melhores do ASP Prime nesta terça-feira.

Silvana Lima é uma das doze finalistas do segundo 6 estrelas feminino na Austrália. Também em Margaret River, Jadson André, Wiggolly Dantas e Jeronimo Vargas passaram para a rodada dos 48 melhores do ASP Prime nesta terça-feira. As ondas estão subindo e a previsão é animadora para esta semana, indicando um swell gigante para quinta-feira na costa oeste da Austrália, com as séries devendo atingir incríveis 12-15 pés em Surfers Point.

A grande atração do Telstra Drug Aware Pro é Kelly Slater, que vai estrear na 12.a bateria, a quarta a entrar no mar nesta quarta-feira. O brasileiro David do Carmo, que no domingo conquistou uma das quatro vagas da triagem, terá o privilégio de dividir o “line-up” com o maior ídolo do esporte. O basco Gony Zubizareta e o neozelandês Billy Stairmand completam esta primeira apresentação de Slater no Prime de M-River.

Na terça-feira de ondas irregulares de 3-4 pés, foram disputadas as seis baterias da terceira fase feminina e oito das 24 da rodada inicial masculina. Não foi um bom dia para a América do Sul. No primeiro confronto, a argentina Ornella Pellizzari terminou em último. Na segunda bateria, Jacqueline Silva também foi desclassificada, mas Silvana Lima passou em segundo lugar para a fase das 12 melhores, atrás da australiana Felicity Palmateer.

Silvana agora vai disputar classificação para as quartas de final com outras duas australianas, Philippa Anderson e Jessi Miley-Dyer, que foi o destaque da terça-feira em Surfers Point. Nem os homens, que entraram depois do feminino, conseguiram superar suas marcas de maior nota – 8,97 – e pontos – 17,30 – do campeonato.

RECORDES NO ANIVERSÁRIO - No masculino, o melhor foi o jovem australiano Mitch Crews, que festejou seu 21.o aniversário com uma grande apresentação em Surfers Point. Com notas 8,83 e 7,33, derrotou dois brasileiros com 16,16 pontos. A briga pelo segundo lugar foi acirrada e Jadson André superou Nic Muscroft por 14,43 x 14,03. Neco Padaratz, que já tem título de campeão em Margaret River no currículo, ficou em último.

Foram três baterias seguidas com participação dupla do Brasil. Dos seis que competiram, apenas dois se classificaram. Começou com Alejo Muniz, destaque na abertura do ASP World Tour na Gold Coast, sendo barrado por 3 centésimos de diferença por Jeronimo Vargas, que ficou em segundo na vitória do americano Chris Ward.

INTERFERÊNCIA DUPLA - Pior mesmo foram Adriano de Souza e Hizunomê Bettero. Eles entraram no mar contra dois surfistas muito jovens ainda e largaram na frente. Porém, o atual campeão mundial Pro Junior, Jack Freestone, assumiu a ponta com uma nota 7,33 e os brasileiros pareciam fadados a brigar pelo segundo lugar novamente. Isso ficou claro na disputa de uma onda que teve um desfecho trágico para os dois.

Hizunomê defendia a segunda posição e remou forte pra esquerda, lado a lado com Mineirinho, que optou ir pra direita. Ninguém cedeu, os dois se chocaram, Hizunomê caiu, perdeu sua prancha e Adriano seguiu na onda que logo fechou. Os juízes marcaram uma interferência dupla e, como penalidade, a segunda maior nota dos dois na bateria foi cortada pela metade.

Mesmo assim, a diferença ainda era pequena em relação ao americano Nat Young, que não tinha nenhuma onda boa. Já o australiano Jack Freestone, fez outra nota na casa dos 7 pontos para confirmar a vitória. Tanto Hizunomê como Mineirinho, precisavam de pouco mais de 5 pontos para alcançarem o segundo lugar.

Depois de nadar muito para recuperar a prancha e ainda perder mais tempo na longa remada de volta ao “outside”, Hizunomê pegou uma onda e conseguiu a virada com um 5,17. No entanto, Nat Young deu o troco surfando sua melhor onda na bateria para garantir a classificação com uma nota 6,40.

Mais dois brasileiros competiram nas últimas do dia. Marco Polo ficou em quarto na dele, enquanto Wiggolly Dantas despachou um dos destaques da Austrália, o talentoso Owen Wright. O francês Marc Lacomare venceu e Wiggolly passou em segundo neste confronto que fechou a terça-feira sem vitórias da América do Sul em M-River.

FASE DAS 12 MELHORES DO ASP 6-STAR – 1.a e 2.a=quartas final/ 3.a=9.o lugar (920 pts e $ 900):

1.a: Sage Erickson (EUA), Felicity Palmateer (AUS), Bianca Buitendag (AFR)

2.a: Silvana Lima (BRA), Jessi Miley-Dyer (AUS), Philippa Anderson (AUS)

3.a: Chelsea Hedges (AUS), Paige Hareb (NZL), Rebecca Woods (AUS)

4.a: Laura Enever (AUS), Courtney Conlogue (EUA), Claire Bevilacqua (AUS)

RESULTADOS DAS SUL-AMERICANAS EM MARGARET RIVER:

TERCEIRA FASE – 24 melhores – 3.a=13.o lugar (US$ 800 e 800 pts) / 4.a=19.o ($ 700 e 543 pts):

1.a: 1-Bianca Buitendag (AFR), 2-Philippa Anderson (AUS), 3-Nikita Robb (AFR), 4-Ornella Pellizzari (ARG)

2.a: 1-Felicity Palmateer (AUS), 2-Silvana Lima (BRA), 3-Pauline Ado (FRA), 4-Jacqueline Silva (BRA)

SEGUNDA FASE - 3.a=25.o lugar (US$ 450 e 410 pts) / 4.a=37.o lugar ($ 150 e 380 pts):

1.a: 1-Philippa Anderson (AUS), 2-Jacqueline Silva (BRA), 3-Lee Ann Curren (FRA), 4-Freya Prumm (AUS)

2.a: 1-Ornella Pellizzari (ARG), 2-Pauline Ado (FRA), 3-Suelen Naraisa (BRA), 4-Faye Zoetmulder (AFR)

4.a: 1-Silvana Lima (BRA), 2-Bianca Buitendag (AFR), 3-Carina S. Duarte (PRT), 4-Bruna Schmitz (BRA)

5.a: 1-Sarah Mason (NZL), 2-Paige Hareb (NZL), 3-Dimity Stoyle (AUS), 4-Claudia Gonçalves (BRA)

PRIMEIRA FASE – 3.a=49.o lugar (250 pontos) / 4.a=55.o lugar (228 pontos):

3.a: 1-Dimity Stoyle (AUS), 2-Bo Stanley (EUA), 3-Thandi Tipene (NZL), 4-Marina Werneck (BRA)

BATERIAS DOS SUL-AMERICANOS NO ASP PRIME DA AUSTRÁLIA:

PRIMEIRA FASE – 96 atletas – 3.o=49.o lugar (US$ 1.000 e 400 pts) / 4.o=73.o ($ 750 e 380 pts):

3.a: 1-Chris Ward (EUA), 2-Jeronimo Vargas (BRA), 3-Alejo Muniz (BRA), 4-Mason Ho (HAV)

4.a: 1-Mitch Crews (AUS), 2-Jadson André (BRA), 3-Nic Muscroft (AUS), 4-Neco Padaratz (BRA)

5.a: 1-Jack Freestone (AUS), 2-Nat Young (EUA), 3-Hizunomê Bettero (BRA), 4-Adriano de Souza (BRA)

7.a: 1-Shaun Joubert (AFR), 2-Patrick Gudauskas (EUA), 3-Roy Powers (HAV), 4-Marco Polo (BRA)

8.a: 1-Marc Lacomare (FRA), 2-Wiggolly Dantas (BRA), 3-Owen Wright (AUS), 4-Ry Craike (AUS)

---------------------baterias que vão abrir o próximo dia:

9.a: Damien Hobgood (EUA), Ben Dunn (AUS), Masatoshi Ohno (JAP), Caio Ibelli (BRA)

10: Matt Wilkinson (AUS), Gabriel Medina (BRA), Jay Thompson (AUS), Maxime Huscenot (FRA)

11: Gabe Kling (EUA), Tom Whitaker (AUS), Pablo Paulino (BRA), Adam Robertson (AUS)

12: Kelly Slater (EUA), Gony Zubizarreta (ESP), Billy Stairmand (NZL), David do Carmo (BRA)

15: Kieren Perrow (AUS), Willian Cardoso (BRA), Joel Centeio (HAV), Brandon Jackson (AFR)

18: Heitor Alves (BRA), Josh Kerr (AUS), Sebastien Zietz (HAV), Jayke Sharp (AUS)

19: Dusty Payne (HAV), Dion Atkinson (AUS), Kai Barger (HAV), Yuri Sodré (BRA)

22: Joel Parkinson (AUS), Miguel Pupo (BRA), Leonardo Neves (BRA), Lincoln Taylor (AUS)

23: Julian Wilson (AUS), Raoni Monteiro (BRA), Bernardo Pigmeu (BRA), Pedro Henrique (BRA)

Galerias | Mais Galerias