#surf 
Itaocara - Rio de Janeiro - Brasil

SHOCK MASTER CHALLENGE 2017 EM ALTA VOLTAGEM

Associação Master de Bodyboarding RJ

Foi realizado no domingo, 11 de Junho, a II etapa Shock Master Challenge de 2017, realizado no pico de fundo de pedra que leva o mesmo nome do evento (Shock), localizado na Praia de Itacoatiara, Niterói/RJ

Foi realizado no domingo, 11 de Junho, a II etapa Shock Master Challenge de 2017, realizado no pico de fundo de pedra que leva o mesmo nome do evento (Shock), localizado na Praia de Itacoatiara, Niterói/RJ.

O evento contou com a participação de 16 atletas “Master” convidados, na sua grande maioria composta por locais. Os “felizardos” foram: Os irmãos Guilherme e Rodrigo Correa, Gugu Barcellos, Dudu Pedra, Rafael “Presunto”, Rodrigo Monteiro, Robson Costa, Celio Baptista, Felipe “Didi” Medeiros, Alex Simon, Fabio Simonin, Léo Lobo, Samuel “Samuca” Gutierrez, Léo Ribeiro, e os legends Claudio Marques e Paulo Esteves, que puderam desfrutar de altas ondas entre 4 e 6 pés sólidos, num dia lindo de sol e condições perfeitas para a pratica do esporte, numa das bancadas mais perigosas do litoral carioca.

Para muitos, foi o melhor evento realizado no pico até hoje, rendendo várias imagens iradas, como poderão ver nas fotos e no clipe oficial do evento.

Os atletas foram divididos em 4 baterias de quatro atletas, onde todos entravam na água duas vezes, somando as duas melhores ondas de cada round (total de 4 ondas somadas nos dois rounds) e os oito maiores somatórios fariam 2 semi finais eliminatórias, definindo assim os finalistas.

Os destaques da fase classificatória ficaram para Guilherme Correa e Dudu Pedra, que deram um show de conhecimento do Pico, pegando altos tubos e manobrando na pressão nos caroços que apareciam, e também para o Tubão nota 10 de Gugu Barcellos, que foi considerada a melhor onda de todo evento.

Com os dois rounds concluídos, os oito semifinalistas foram conhecidos.

A primeira semi final foi composta por Dudu Pedra, Felipe “Didi”, Rodrigo Correa e Rafael “Presunto”. Durante esta bateria subiu a maior serie do dia, que segundo alguns, tinha uns 8 pés plus. Foram umas quatro ondas que fecharam a baia da prainha de Itacoatiara, e alguns atletas foram arrastados para a “zona de impacto”, colocando todos em risco. Nesta bateria quem se deu melhor, avançando para a final foi Dudu Pedra e Rodrigo Correa, que fizeram uma disputa bem acirrada.

Na segunda semi final estavam Guilherme Correa, Gugu Barcellos, Rodrigo Monteiro e Fabio Simonin. Guilherme Correa sobrou nesta bateria, surfando vários tubos, e a disputa mesmo ficou pela 2ª colocação. Rodrigo Monteiro, que estava em 4º lugar na bateria, na contagem regressiva, encontra uma onda salvadora e manda um El Rollo aéreo, que o classificou para a grande finalíssima.

A bateria final foi num momento que a maré estava bem alta, gerando um grande volume de água, deixando as ondas um pouco mexidas. Todos atletas já estavam exaustos da maratona de 4 baterias naquele mar “cabuloso”. Ficando na 4ª colocação, a revelação da etapa, Rodrigo Monteiro, que se jogou nas ondas mas não encontrou a saída dos tubos. Guilherme Correa, um dos mais assíduos frequentadores do pico, com câimbras, também não se encontrou e ficou na 3ª colocação. Rodrigo Correa, que junto com seu irmão, é um dos que mais quilometragem tem nos tubos do Shock, pegou boas ondas na final, valorizando ainda mais a vitória de Dudu Pedra, que surfou muito durante todo o evento, somando 16 pontos de 20 possíveis, na última bateria do dia.

E para finalizar, os atletas, comissão técnica, fotógrafos e videomakers, se reuniram em uma confraternização para entrega dos Troféus, com direito a churrasco, descontração e muita vibe positiva. O prêmio de melhor tubo, logicamente, ficou com o atleta Gugu Barcellos, conquistado durante o round 1. O evento também contou com homenagem a dois ídolos do esporte: Claudio Marques, um dos embaixadores e pioneiros do Bodyboarding no Brasil e Léo Lobo, atleta local, grande expoente do cenário nacional do final dos anos 80 e início dos anos 90.

Resultado Final

 1º - Dudu Pedra

 2º - Rodrigo Corrêa

 3º - Guilherme Corrêa

 4º - Rodrigo Monteiro.

Melhor Tubo: Gugu Barcellos

Homenagem Shock Master: Claudio Marques e Léo Lobo

Fotos da matéria: Renato de Paula e Aporé

Clip oficial: https://vimeo.com/221643185

Galerias | Mais Galerias