#wct #competições #mundial 
Austrália

Sensacional Stephanie vence o Beachley Classic 2010

ASP

A três vezes Campeã Mundial da ASP, Stephanie Gilmore continua no melhor caminho para o seu quarto título Mundial consecutivo da ASP, após derrotar a no.2 Sally Fitzgibbons para triunfar em Sydney hoje.

Em um clímax emocionante, o evento no.4 do Mundo de 2010 do tour mundial feminino da ASP, Gilmore veio da última colocação para ganhar, mostrando experiência e paciência nas ondas de 1,5 metros no pico principal de Dee Why.

Depois de quatro dias consecutivos de parada, o point break de classe mundial de Dee Why acolheu a final, produzindo pontuações altas, ondas de qualidade e uma multidão enorme de mais 2.000 para assistir as top surfers do mundo feminino.

Gilmore já venceu três dos quatro eventos que participou este ano, após a vitória na Gold Coast no início de março, antes de vencer em Bells Beach, no mesmo mês.

"É incrível como isto me faz me sentir bem", disse Gilmore. "Competir na Austrália é uma das minhas coisas favoritas. Eu me sinto confortável nessas águas e em ganhar este evento algumas vezes. Eu acho que estou em um bom momento e estou me sentindo bem. "

A rainha Gilmore fez um começo perfeito na decisão de 35 minutos, mostrando muita velocidade, potência e fluxo para ganhar um 7,00, antes que Fitzgibbons assumisse a liderança durante a maior parte da final.

Com pouco menos de cinco minutos restantes e explorando a prioridade da onda, Gilmore pegou uma onda definida, realizando uma mistura de poderosas manobras de lip - base da onda com transições suaves para ter a vitória com um 7,20 e reivindicar seu terceiro título do Beachley Classic.

"As condições estavam realmente se deteriorando ao longo do dia por isso estou contente pela final terminar relativamente cedo ", disse Gilmore. "Eu estava muito nervosa ao longo da final. Sally (Fitzgibbons) estava muito instigada durante toda a semana e ela realmente tem uma boa base de apoio local em Sydney. Ela está muito sedenta por uma vitória. Mas foi uma questão de paciência e eu só tinha que me sentar lá e esperar por uma boa onda. "

Gilmore, que venceu o clássico Beachley como uma convidada, há quatro anos e depois como uma novata na turnê mundial um ano depois, terminou com uma combinação de duas ondas de 14,20 (de possíveis 20) enquanto Fitzgibbon recebeu um total de 12,40.

Gilmore recebeu 1.200 pontos no ranking e o cheque do maior prêmio do tour feminino da ASP - US$ 20.000, bem como garantiu a sua posição de no.1 no ranking mundial no quinto evento mundial feminino da temporada da ASP, que começa em Lobitos, no Peru, em 05 de junho.

Fitzgibbon ganhou 972 pontos no ranking e US$ 10.000 pelo segundo lugar, seu segundo vice-campeonato nos dois últimos eventos.

Fitzgibbon também se consolidou como a no.2 na classificação depois de um sólido inicio de temporada 2010, após ficar em quinta na Gold Coast, em Março, e em terceira em Bells Beach antes de terminar em segundo lugar na Nova Zelândia, há duas semanas.

"É um pouco frustrante ficar em segunda duas vezes consecutivas", disse Fitzgibbons. "Mas eu estou tão feliz de estar nesta situação e chegar à final e, eventualmente passar a Steph (Gilmore). Estou feliz com o resultado, mas estou ansiosa para o próximo evento. "

"Ser a no.2 mundo é um ótimo lugar para se estar nesta fase do ano", disse Fitzgibbons. "Eu nunca tive tão alto no ranking antes, mas eu estou definitivamente mais perto de onde eu quero estar. "

Silvana Lima terminou na terceira colocação depois de perder para Gilmore por 11,23 a 16,84 na abertura da semi-final.

Lima disse que estava feliz ao postar o seu melhor resultado da temporada, apesar de perder para Gilmore pela segunda vez, repetindo a final do ano passado do Beachley Classic.

"Eu não peguei nenhuma onda boa, mas eu ainda estou tão feliz", disse Lima, que recebeu US$ 7.500 e 756 pontos na sua classificação de terceiro lugar. "Terminei em quinto lugar nos três primeiros eventos, por isso é um bom resultado para mim. Eu quero melhorar isso no próximo torneio. "

A peruana Sofia Mulanovich, 26 anos, campeã feminina de 2004 da ASP, também terminou em terceiro lugar outro depois que ela foi passada por Fitzgibbon no último minuto na segunda semi-final por 10,17 a 11,97.

Mulanovich manteve a liderança durante a maioria semi-final, antes que Fitzgibbons pescasse uma onda definida no último minuto para postar um 7,00, ganhando a bateria.

"É sempre bom fazer a semifinal", disse Mulanovich. "Eu estou muito feliz por estar nas praias do Norte de Sydney, que eu sempre amei. Gostaria de fazer a final, mas isso é o que acontece às vezes. "

Após a semi-final, Mulanovich disse que está focando agora na próxima parada da ASP no Peru.

"Eu amo surfar em casa, é o meu lugar favorito no mundo, disse Mulanovich. Eu quero voltar novamente. Eu não posso esperar para chegar em casa ".

Terminando em quinto igual hoje com 552 pontos no ranking e US$ 5,500 Jessi Miley-Dyer (AUS), Carissa Moore (HAW), Coco HAW (Ho), e Melanie Bartels (HAV).

O Commonwealth Bank Beachley Classic é a mais ricas premiação feminina de 118 mil dólares, tornando a mais lucrativa das oito paradas de 2010 do Tour mundial feminino da ASP.

Para obter mais informações, acesse www.aspworldtour.com

RESULTADOS DAS QUARTAS-DE-FINAL DO COMMONWEALTH BANK BEACHLEY CLASSIC:

Bateria 1: Silvana Lima (BRA) 9.97 derrotou Jessi Miley-Dyer (AUS) 8.13

Bateria 2: Stephanie Gilmore (AUS) 16.77 derrotou Carissa Moore (HAW) 8.17

Bateria 3: Sofia Mulanovich (PER) 11.50 derrotou Coco Ho (HAW) 10.50

Bateria 4: Sally Fitzgibbons (AUS) 16.84 derrotou Melanie Bartels (HAW) 11.23

RESULTADOS DA TERCEIRA RODADA COMMONWEALTH BANK BEACHLEY CLASSIC:

Bateria 1: Silvana Lima (BRA) 10.50 derrotou Amee Donohoe (AUS) 9.40

Bateria 2: Jessi Miley-Dyer (AUS) 11.25 derrotou Chelsea Hedges (AUS) 9.40

Bateria 3: Carissa Moore (HAW) 9.50 derrotou Rebecca Woods (AUS) 7.30

Bateria 4: Stephanie Gilmore (AUS) 11.10 vs. Laura Enever (AUS) 7.25

Bateria 5: Sofia Mulanovich (PER) 12.65 derrotou Claire Bevilacqua (AUS) 10.00

Bateria 6: Coco Ho (HAW) 12.15 derrotou Paige Hareb (NZL) 11.70

Bateria 7: Melanie Bartels (HAW) 14.10 derrotou Rosanne Hodge (ZAF) 12.00

Bateria 8: Sally Fitzgibbons (AUS) 16.75 derrotou Lee Ann Curren (FRA) 7.85

PONTUAÇÃO DO TOUR MUNDIAL FEMININO DA ASP:

1. Stephanie Gilmore(AUS) 3960

2. Sally Fitzgibbons(AUS) 3252

3. Sofia Mulanovich(PER) 2832

4. Melanie Bartels(HAW) 2628

4. Chelsea Hedges(AUS) 2628

6. Carissa Moore(HAW) 2472

7. Silvana Lima(BRA) 2412

8. Coco Ho(HAW) 2220

9. Rebecca Woods(AUS) 1824

10. Paige Hareb(NZL) 1632

10. Jessi Miley-Dyer(AUS) 1632

12. Rosanne Hodge(ZAF) 1440

12. Lee Ann Curren(FRA) 1440

14. Amee Donohoe(AUS) 1260

15. Bruna Schmitz(BRA) 1080

15. Claire Bevilacqua(AUS) 1080

17. Nikita Robb(ZAF) 900

Galerias | Mais Galerias