#profissional 
Espírito Santo - Brasil

Segunda etapa do brasileiro de surfe é adiada para os dias 16, 17 e 18 de julho

Camile Maltez

Prova capixaba, antes marcada para os dias 25, 26 e 27 de junho, sofre adiamento em virtude do curto espaço de tempo. O local da realização será divulgado em breve pela CBS

A Confederação Brasileira de Surf (CBS) anunciou o adiamento da segunda etapa do Billabong Brasileiro de Surf 2010, que acontece no Espírito Santo. Inicialmente marcada para os dias 25, 26 e 27 de junho, a prova foi transferida para os dias 16 e 17 e 18 de julho, em local que será divulgado em breve pela entidade. O circuito define os campeões nacionais de surfe por equipe e de seis categorias de base, assim como o time brasileiro que representa o país em disputas internacionais.

Além da dificuldade de fazer uma prova com o mesmo nível de estrutura e organização da etapa inicial, que aconteceu no último final de semana (28 a 30 de maio), em Salvador, a CBS leva em consideração o curto espaço de tempo para os times se organizarem para viajar. “Outro ponto a ser considerado para o adiamento da etapa do Espírito Santo é que o fim de junho é tradicionalmente uma época de testes escolares”, explica o diretor de provas da CBS, Marcos Bulcão.

A terceira etapa, marcada para os dias 27, 28 e 29 de agosto, na Paraíba, também corre o risco de ser adiada. ”Alertamos todas as nossas entidades filiadas e atletas para que ainda não emitam passagens ou reservem hotéis para a terceira etapa, pois esta data também está com grande possibilidade de mudança, em virtude de haver conflito deste evento com outro importante campeonato", pondera o presidente da CBS, Adalvo Argolo.

O presidente da CBS informa ainda que as mudanças têm como objetivo facilitar a vida dos atletas e das federações. "Contamos desde já com a compreensão de todos, em relação a estas mudanças, que têm como principal objetivo beneficiar os atletas e dar uma boa antecedência para que todos possam se programar", conclui.

A primeira etapa do Billabong Brasileiro de Surf 2010 foi vencida pela equipe paulista, que deixou para trás os catarinenses e os paraibanos. Os campeões individuais foram Gutemberg Silva (Open – sem limite de idade), Filipe Toledo (Junior – até 18 anos), Estefany Freitas (Femininos Open e Junior), Deivid Silva (Mirim – até 16 anos) e Lucas Silveira (Iniciante – até 14 anos).

Com patrocínio da Billabong, realização da Confederação Brasileira de Surf (CBS) e promoção da Camarote Marketing e Litoral Esporte, o Billabong Brasileiro de Surf 2010, que define os campeões brasileiros de seis categorias de base, é um evento com características olímpicas. Os estados são representados por equipes e os surfistas vão acumulando pontos ao longo das disputas para definir a colocação das mesmas.

Resultados / rankings após primeira etapa (Salvador)

Open

1) 1000 - Gutemberg Silva

2) 900 - Victor Valentim (PR)

3) 810 - Samuel Igo (PB)

4) 729 - Leandro Silva (SC)

Junior

1) 1000 - Filipe Toledo (SP)

2) 900 - Matheus Navarro

3) 810 - Caue Wood (SC)

4) 729 - Diego Micherref

Mirim

1) 1000 - Deivid Silva (SP)

2) 900 - Italo Ferreira (RN)

3) 810 - Filipe Toledo (SP)

4) 729 - Michael Rodrigues (CE)

Iniciante

1) 1000 - Lucas Silveira (RJ)

2) 900 - Elivelton Santos (PB)

3) 810 - Victor Bernardo

4) 729 - Edgar Groggia (SP)

Feminino Open

1) 1000 - Estefany Freitas

2) 900 - Kaena Brandi (SP)

3) 810 - Gilvanilta Ferreira (RN)

4) 729 - Janine Santos (BA)

Feminino Junior

1) 1000 - Estefany Freitas (CE)

2) 900 - Natalie Paola (SP)

3) 810 - Jessica Bianca (PE)

4) 729 - Paula Gabi

* Só estão identificados por estados os atletas que competiram por equipes

Equipes

1) 206 - SAO PAULO

2) 168 - SANTA CATARINA

3) 158 - PARAIBA

4) 136 - CEARA

5) 118 - RIO GRANDE DO NORTE

6) 114 - RIO DE JANEIRO

7) 110 - BAHIA

Galerias | Mais Galerias