#profissional #mundial #wct #competições #surf 
Portugal

Rip Curl Pro completou o round 4 em Belgas e poderá terminar amanhã

ASP

Jadson André ficou em segundo na sua bateria, depois que Jordy Smith quase leva um 10 ao completar um aéreo 360

O Rip Curl Pro Portugal completou o 4o round esta tarde, em ondas de 1 metrinho no local alternativo de Belgas.

Evento nº 8, de 10 do ASP World Tour 2010, o Rip Curl Pro Portugal executou as baterias de três homens do Round 4 esta tarde com os surfistas empurrando as fronteiras do surf de alta performance. O evento poderá acabar amanhã.

Jordy Smith (Afs), 22, atual No. 2, revelou-se o surfista do dia, pescando um quase perfeito 9,93 de 10 possíveis por um incrível aéreo 360.

"Esse resultado não alterou muito a minha abordagem, na verdade," disse Smith. "O potiguar Jadson André e Owen (Wright) podem puxar grandes pontuações a qualquer momento. Eu sabia que não podia facilitar e precisava de uma segunda nota logo. "

Uma das ameaças restantes na caça pelo título mundial da ASP de 2010, Smith permanece indiferente ao discutir seus planos para o final do ano.

"Seria ótimo vencer, mas há mais vida do que apenas o título", disse Smith. "É uma oportunidade incrível para alguém na minha idade e eu estou ansioso para o final do ano. Eu estou me divertindo. "

Kelly Slater (EUA), 38, nove vezes campeão mundial e atual No. 1, dominou a sua bateria no 4o round de hoje, aproveitando o formato de não eliminação.

"Essa rodada definitivamente lhe permite relaxar e soltar um pouco, com certeza", disse Slater. "É claro que ganhar hoje tira um pouco da pressão e permite a você ignorar um round no último dia."

Adrian Buchan (AUS), 27, atual No. 6, abriu ação de hoje de forma incrível, esta manhã, enviando Matt Wilkinson (AUS), 22, e Michel Bourez (PF), 24 para o round 5, no seu avanço para quartas de final.

"Está muito divertido lá fora, mas meio difícil de encontrar onde realmente está o line up", disse Buchan. "Matty (Wilkinson) e Michel (Bourez) foram realmente ficando frustrados, mas eu estava me concentrando apenas em escolher as boas ondas e surfá-las completamente."

Jeremy Flores (FRA), 22, atual No. 20, manteve o contingente europeu progredindo ao longo do dia, ganhando a sua luta no quarto round e passando para as quartas de final do Rip Curl Pro Portugal.

"É tudo de bom", disse Flores. "Quando eu ganho a bateria, estou amarradão. Eu não tive as ótimas ondas das últimas eliminatórias, mas hoje foi muito divertido. Nos últimos anos, eu venho tentando adicionar aéreos e jogada de quilhas ao meu repertório e isso não funcionou bem. Eu voltei para o que eu faço melhor e isso está funcionando muito bem para mim. Estou muito feliz por estar nas quartas de final e espero que eu possa continuar. "

Os organizadores do evento se reunirá amanhã, às 08:00h no local primário de Supertubos para avaliar as condições para um eventual início às 8:30.

RESULTADOS DO RIP CURL PRO PORTUGAL ROUND 4:

Bateria 1: Adrian Buchan (AUS) 14.77, Michel Bourez (PYF) 9.03, Matt Wilkinson (AUS) 5.50

Bateria 2: Kelly Slater (USA) 13.60, Damien Hobgood (USA) 10.83, Chris Davidson (AUS) 6.08

Bateria 3: Jeremy Flores (FRA) 14.07, Travis Logie (ZAF) 13.73, Patrick Gudauskas (USA) 10.17

Bateria 4: Jordy Smith (ZAF) 17.16, Jadson Andre (BRA) 13.57, Owen Wright (AUS) 12.07

RIP CURL PRO PORTUGAL ROUND 5:

Bateria 1: Michel Bourez (PYF) x Chris Davidson (AUS)

Bateria 2: Damien Hobgood (USA) x Matt Wilkinson (AUS)

Bateria 3: Travis Logie (ZAF) x Owen Wright (AUS)

Bateria 4: Jadson Andre (BRA) x Patrick Gudauskas (USA)

Galerias | Mais Galerias