#eventos #atletas #competições #surf #profissional 
Rio de Janeiro - Brasil

Raoni Monteiro é o campeão do Itacoatiara Pro Surf 2022 em Niterói

Claudio da Matta

Raoni Monteiro vence o Itacoatiara Pro Surf de virada com um tubo que arrancou 9,5 pontos dos juízes

Em ondas de um metro e meio a dois metros de altura, aconteceu a esperada final do Itacoatiara Pro Surf, na tarde desta terça-feira (21), na praia de Itacoatiara, em Niterói. O surfista local de Saquarema, Raoni Monteiro, foi o grande campeão da competição - que reuniu 32 atletas, especialistas em ondas pesadas e tubulares - derrotando na bateria final o carioca Marcelo Trekinho. O evento fez parte do megafestival esportivo Itacoatiara Pro 2022 que vai ate o dia 26 na cidade, sendo chancelado pela Associação de Surfe de Niterói (ASN).

Considerados veteranos do surfe profissional brasileiro, e ainda competidores em nível internacional, Raoni e Trekinho disputaram três fases para chegarem à grande final. Na bateria decisiva, Marcelo Trekinho saiu na frente, somando 7,0 e 8,25 pontos em suas segunda e terceira onda, respectivamente. Tudo parecia definido em favor do carioca, mas faltando pouco mais de seis minutos para o fim do confronto, Raoni Monteiro, que já tinha uma nota 8,5 surfou um tubo, em uma onda da série de dois metros de altura, saindo seco ao final, tirando um 9,5 pontos e definindo a competição a seu favor.

– Eu venho pra cá desde que eu era muito novo, competir nos campeonatos da ASN. A galera daqui sempre valorizou muito o surfe, então eu fazia questão de sair de Saquarema e vir pra cá competir. Eu surfo essa onda aqui desde pequeno. Queria agradecer à galera do Itacoatiara Pro por ter feito esse convite e ter incluído a modalidade do surfe este ano no festival. São 10 anos do Itacoatiara Pro acontecendo. Eu queria agradecer e estou amarradão ao mesmo tempo. – Raoni Monteiro

A vitória no Itacoatiara Pro Surf rendeu 10 mil reais para o campeão, Raoni Monteiro; 5 mil reais para o vice, Marcelo Trekinho; 3 mil reais para o terceiro colocado, outro surfista de Saquarema, Daniel Templar; e 2 mil reais para outro carioca, Eric de Souza, o quarto colocado na competição.

O Itacoatiara Pro Surf reuniu 32 nomes de peso do surfe brasileiro, sendo mais uma das atrações esportivas do megafestival Itacoatiara Pro 2022, que termina dia 26 de junho, na cidade. A competição foi reservada para surfistas convidados e com comprovada atuação nas ondas grandes e tubulares de Itacoatiara, reunindo nomes da nova geração e também veteranos e ex-competidores da elite do surfe mundial, como os niteroienses Guilherme Herdy e Ricardo Tatuí. Lucas Nolasco e Caio Knappi foram os niteroienses melhor classificados na prova, terminando sua participação uma fase antes das semifinais.

O megafestival Itacoatiara Pro 2022 conta ainda com o apoio da Prefeitura de Niterói, Secretaria de Esportes e Lazer, Secretaria de Meio Ambiente, Funarte, Secretaria estadual de Cultura e Economia Criativa, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), além de marcas e patrocinadores como Grupo Petrópolis, PredialNet, SGA Toyota, EcoPonte, Burnkit e Havaianas.

Mais informações sobre o megafestival podem ser conferidas no site itacoatiarapro.com.br e também nas redes sociais (@itacoatiarapro) do evento.

Imagens do pódio: https://photos.app.goo.gl/ezke4WshQpkENyQf9 (Fotógrafo: Rai Lopes)

Mais imagens de ação em anexo do fotógrafo Tony D’Andrea.

Resultados:

1º Raoni Monteiro – 10 mil reais

2º Marcelo Trekinho – 5 mil reais

3º Daniel Templar – 3 mil reais

4º Eric de Souza – 2 mil reais

Comentários

Galerias | Mais Galerias