#política 

Praia na Califórnia se tornará a quarta Reserva Mundial de Surf

Dean LaTourrette

Santa Cruz será dedicada oficialmente como Reserva Mundial de Surf neste sábado, em uma série de celebrações à beira-mar e cerimônias

Com a consagração, Santa Cruz se junta a apenas três outras praias que possuem esse status: Malibu, na Califórnia, Ericeira, em Portugal, e a praia de Manly na Austrália. A cerimônia irá estabelecer oficialmente Santa Cruz como uma Reserva Mundial de Surf, que abrange cerca de sete quilômetros de costa rica em surf, e com um meio ambiente diverso.

Santa Cruz recebeu a sua aprovação como Reserva Mundial de Surf em fevereiro de 2011. Ela se qualifica bem em todos os critérios de Reserva Mundial de Surf: qualidade e consistência das ondas, características ambientais únicas, a cultura do surf e história local, e apoio da comunidade. Mais de 23 picos de surf pontilham o litoral, com um punhado de locais emblemáticos como Steamer Lane e Pleasure Point.

O ambiente marinho de água fria não só oferece um playground para os surfistas, mas também fornece o habitat para um dos ecossistemas costeiros marinhos mais robustos do planeta. A importância de Santa Cruz na história do surf é inegável, ela foi o berço do surf no continente norte-americano e desempenhou um papel fundamental na criação e desenvolvimento das atuais roupas de neoprene usadas no surf (wetsuits), que abriram a possibilidade de se surfar em novas regiões ao redor do mundo.

"Eu não consigo pensar em um local mais digno do que Santa Cruz", disse o ícone mais notável da cidade, Jack O'Neill, que inventou a roupa de neoprene para o surf, para que ele e seus amigos pudessem surfar nas águas frias do norte da Califórnia por volta das décadas de 50 e 60. "Lá tem tantos picos de surf incríveis, uma comunidade de surf maravilhosa, e é apenas um belo trecho de costa. A designação dela como Reserva Mundial de Surf será uma ótima maneira de ajudar a preservar a área. "

Uma noite de celebração e de arrecadação de fundos irá começar os eventos de dedicação na sexta-feira, 27 de abril no Cocoanut Grove, que contará com música ao vivo, bem como um desfile sobre a "evolução do Wetsuit", entre outros entretenimentos.

No sábado, 28 de abril uma cerimônia pela manhã em Pleasure Point começará às 10h com uma bênção pelos Nativos Americanos (indígenas de tribos locais), seguido por uma remada em massa para comemorar a Reserva e a promessa de um compromisso de conservação da costa de Santa Cruz e do oceano.

Na tarde de sábado, uma cerimônia será realizada no início Steamer Lane às 1h da tarde, que incluirá a introdução do local Stewardship Council e Embaixadores de Santa Cruz, a inauguração da placa de Santa Cruz como Reserva Mundial de Surf, e muito mais.

"O surfe é uma parte fundamental da nossa cultura e estilo de vida em Santa Cruz", disse Jim Littlefield, Presidente do Conselho de Manejo local, o grupo que irá supervisionar a Reserva. "Temos uma longa reputação como um lugar com excelentes ondas e melhores surfistas, uma cultura de surf vibrante e inovadora, um ambiente marinho protegido por lei, e uma identidade forte como comunidade de surf, tudo traduzindo-se em um sólido apoio da comunidade para que Santa Cruz seja uma Reserva Mundial de Surf ".

No evento da tarde, os membros do Conselho de Manejo local irão assinar um plano que foi elaborado para orientar a gestão da recém-criada Reserva. O plano incluirá o modo de como o grupo irá lidar com as ameaças costeiras, que Santa Cruz poderá enfrentar, como eles vão continuar a educar os outros sobre o enorme valor dos recursos do surfe, e como eles irão continuar e construir a gestão para a área.

"A criação da Reserva Mundial de Surf de Santa Cruz irá formalmente reconhecer a estreita relação entre os surfistas e o oceano e promover a preservação a longo prazo do nosso insubstituível litoral para o benefício de toda a comunidade", disse Hilary Bryant, Vice-Prefeito de Santa Cruz e membro do Conselho de Manejo Local. "Ele também reconhece como o surf, e os picos de surf excepcionais de Santa Cruz, são de inegável valor para a economia da nossa comunidade."

As Reservas Mundiais de surf (WSR) identifica de forma proativa, designa, e preserva ondas em zonas de surf e seus ambientes circundantes, em todo o mundo. WSR é uma iniciativa lançada pela organização Save The Waves Coalition em 2009 em conjunto com as Reservas Nacionais de Surf da Austrália e outros parceiros.

Links Relacionados:

Reservas Mundiais de surf

Save the Waves