#poluição #ecologia #comportamento 
Ipojuca - Pernambuco - Brasil

Petrobras reunirá líderanças ambientais durante o Brasil Surf Pro em Pernambuco

Vanessa / Brasil Surf Pro

O Café da Manhã Ambiental será neste sábado (17/07) a partir das 8:30h na área VIP do evento, onde está sendo realizada a segunda etapa do BSP de 14 a 18 de julho.

Em parceria com a Petrobras, a próxima etapa do Brasil Surf Pro (BSP), Circuito Brasileiro de Surf Profissional, reunirá na Praia Cupe (PE), não apenas a elite do surfe nacional, como também lideranças ambientais de Pernambuco para interagir com representantes de projetos socioambientais da região nas áreas de sustentabilidade e preservação da biodiversidade marinha. O Café da Manhã Ambiental será neste sábado (17/07) a partir das 8:30h na área VIP do evento, onde está sendo realizada a segunda etapa do BSP de 14 a 18 de julho.

Entre os convidados estão atletas e representantes da comunidade local, da Petrobras, Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Federação Nordestina de Surf, Associação Brasileira de Surf Profissional (ABRASP) e de projetos ambientais como Tamar, Golfinho Rotador, Hippocampus, Peixe Boi e Instituto de Recifes Costeiros de Tamandaré, além da imprensa. Outras lideranças sociais e ambientais do município de Ipojuca foram convidados com intuito de promover uma discussão em prol da sustentabilidade da região.

Nesta temporada, o Brasil Surf Pro, que é patrocinado pela Petrobras, está levando um plano de sustentabilidade a todas as praias por onde passa. A prioridade é garantir a realização do evento diminuindo e reduzindo qualquer impacto ao ecossistema. Entre as medidas adotadas estão a preservação da vegetação das praias; utilização de materiais de limpeza biodegradáveis e de materiais e produtos de baixo impacto ambiental; reciclagem e reutilização dos materiais usados na montagem das estruturas do evento; coleta seletiva, atividades de educação ambiental; mutirão de limpeza da praia; e debates sobre sustentabilidade.

Para promover as atividades sustentáveis durante as etapas do BSP, a Petrobras realizará ações promocionais nas praias com foco a relação entre surfe e sustentabilidade. Serão apresentados filmes em equipamento multimídia, que retratam as ações da Petrobras nos projetos de biodiversidade marinha.Também serão distribuídos brindes ecológicos aos banhistas. A Companhia dará espaço para a apresentação de outras iniciativas importantes, como as campanhas premiadas em defesa dos oceanos, ondas e praias da ONG internacional Surfrider Foundation.

Com o patrocínio ao Brasil Surf Pro 2010, a Companhia reforça seu apoio ao surfe nacional, que começou em 2002, com o Circuito Petrobras de Surfe Feminino e o Petrobras Longboard Classic. A empresa patrocina ainda a Seletiva Petrobras de Surfe Masculino. Mais informações: www.petrobrasnasondas.com.br <http://www.petrobrasnasondas.com.br> e www.brasilsurfpro.com.br <http://www.brasilsurfpro.com.br> .

Esta etapa do BSP será transmitida ao vivo pelo www.brasilsurfpro.com.br <http://www.brasilsurfpro.com.br> . Na primeira etapa do BSP, realizada em abril na Praia de Itamambuca, em Ubatuba, litoral norte de São Paulo, o Brasil Surf Pro formou parcerias com a Surfrider Foundation, Projeto TAMAR, Aquário da Ubatuba e a Secretaria do Meio Ambiente. A organização do BSP conseguiu aprovar na Prefeitura de Ubatuba um documento que consiste em 10 critérios sustentáveis para realizar naquele município um evento na praia.

O plano de sustentabilidade do Brasil Surf Pro em Porto de Galinhas conta com as seguintes ações:

- Gestão dos resíduos sólidos: Serão utilizadas canecas pessoais reutilizáveis para reduzir o uso de copos descartáveis. Lixeiras de coleta seletiva fabricadas de placas de tubos de pasta de dente reciclado serão posicionadas no evento e todo material reciclável será encaminhado para um centro de triagem dos resíduos recicláveis montado no local. Toda a gestão será operada pela Associação de Catadores, Recicle, contratada na região.

- Campanha de sensibilização ambiental: Informações e dicas ambientais serão passadas para o público na praia através do locutor. Placas e banners com conteúdo variado sobre biodiversidade marinha e consumo consciente.

- Mutirão de limpeza da praia: O mutirão vai mobilizar no sábado dia 17 de julho, iniciando as 9:30h da manhã, surfistas, ambientalistas, operadoras de mergulho, jangadeiros, turistas e a comunidade local.

- Programação Diária de Atividades Educativas na tenda da Surfrider Foundation no Surf Village (de sexta-feira a domingo – de 9h às 11 h e de das 14h30 às 16:30h). Conduzidas pela educadora ambiental Bruna Nazzari.

- Biblioteca Ecológica (manhã e tarde): Oficinas de leitura e discussão abordando temas como sustentabilidade, biodiversidade marinha, ecossistemas costeiros.

- Atividades Pedagógicas (manhã): focadas no tema meio ambiente/sustentabilidade, como: pinturas, cruzadinhas, labirinto e desenhos livres sobre o tema.

- Gincana Ecológica (manhã/tarde): Jogos cooperativos em equipe envolvendo o tema água, reciclagem e biodiversidade marinha.

- Produção de Arte-Mosaico com materiais recicláveis (tarde): Oficina de arte-reciclagem com o reaproveitamento das embalagens recolhidas durante o próprio

evento para criação de mosaicos com tema preservação dos oceanos.

- Engajamento dos surfistas: Palestra com as atletas sobre papel importante que o surfe como esporte e indústria precisa exercer na preservação dos ecossistemas costeiros do Brasil. Os surfistas serão incentivados a adotarem simples atitudes positivas ligadas ao consumo consciente durante sua estadia em Porto de Galinhas.

- Brasil Surf Solidário – Como na abertura do Brasil Surf Pro, a segunda etapa da temporada em Pernambuco também acontece numa época de grandes transtornos causados pela chuva na região do campeonato. A organização do evento convoca os competidores e o público para participarem de uma campanha de doação de roupas para as vítimas das enchentes em todo estado de Pernambuco. As doações recebidas serão encaminhadas para o posto oficial de coleta de donativos em Porto de Galinhas, de onde seguirão direto para as áreas afetadas.

Galerias | Mais Galerias