#profissional #mundial 
Austrália

Período de espera para o Billabong ASP World Junior Championships começa

ASP

Os maiores talentos Pro Junior da ASP, vindos de todos os cantos do planeta, se reuniram em North Narrabeen, Sydney, em preparação para a batalha para o prestigioso título do campeão mundial Junior da ASP

O Billabong ASP World Junior Championships marca o segundo e ponto final desde a abertura do ASP World Junior Tour, com o primeiro evento acontecendo no mundial Oakley Pro Junior em Bali. com o Australiano Jack Freestone, saindo-se vitorioso em Bali, e agora lidera o campo de entrada em North Narrabeen.

Os brasileiros que competem no evento são: Miguel Pupo, Caio Ibelli, Krystian Kymerson, Ian Gouveia, Peterson Crisanto, Jesse Mendes, além do havaiano filho de brasileiros Kiron Jabour, e o floridiano filho de brasileiro Ian Gentil.

Nat Young, No. 5 na atual etapa do ASP World Junior Tour, é um destaque norte-americano que já competiu em vários campeonatos do Billabong ASP World Junior Championships, em North Narrabeen e está a fim de solidificar sua carreira promissora com uma vitória na Austrália.

"Ganhar este evento seria o maior feito da minha vida", disse Young. "Estão todos os melhores juniores do mundo, de modo que vencer e ser o Campeão Mundial Júnior seria um sonho tornado realidade".

Young, que ganhou sua posição neste ano no ASP World Junior Tour como o melho americano no Ranking da ASP, sente a concorrência sobre ele no Billabong ASP World Junior Championships, que é igual ao dos grandes desafios que ele enfrenta em eventos ASP PRIME.

"Este evento está definitivamente na mesma escala que um PRIME", disse Young. "Toda a bateria do início poderia muito bem ser uma final, e a maioria dos juniores deste evento chegaram perto da qualificação para o World Tour."

Outro americano, Conner Coffin, colocou um desempenho impressionante no Oakley Pro Junior World com a sua entrada como convidado, e provou ser uma adição perigosa para o evento, conseguindo um quinto lugar no final do evento. Ele estará de volta no Billabong ASP World Junior Championships e sente que a entrada nos eventos como um convidado alivia a pressão sobre ele, como a que vários de seus adversários estão enfrentando agora.

"Indo para Bali, eu definitivamente não senti a pressão por ser um convidado, e eu acho que isso me deu uma vantagem", disse Coffin. "Como um convidado que surfa contra as altas sementes, que tendem a ter mais pressão sobre eles. Estou indo para este evento com a mesma mentalidade e só espero que eu possa me divertir e pegar algumas ondas boas. É legal que eu ainda tenha uma chance ao título, mas neste ponto é realmente apenas uma bateria de cada vez. Eu estava realmente animado de ter a oportunidade de competir no mundial este ano e estou ansioso por ter alguns bons momentos aqui na Austrália. "

Apesar de Coffin ter uma experiência mínima de surf em North Narrabeen, o jovem americano viajou para a Austrália, uma semana antes do início do evento para se familiarizar com o pico.

"Eu vou estar aqui durante a próxima semana, antes do início da competição, então eu estou esperando em ter alguma prática lá fora", disse Coffin. "Eu assisti a uma tonelada de vídeos das últimas competições aqui e me parece uma ondinha detonável."

O promissor talento também sente que competir no nível elevado de competição que se desenrola no ASP World Junior Tour define o palco perfeito para o seu progresso pessoal.

"O nível de surf é fantástico na série Junior", disse Coffin. "Este ano foi o meu primeiro ano competindo na competição, mas é muito instigante como todos estão surfando. Em Bali, parecia que toda bateria era difícil. Definitivamente, é realmente inspirador e motivador para empurrar o nível do meu surf ".

Outros surfistas do Billabong ASP World Junior Championships incluem o defensor do evento, o francês Maxime Huscenot, e o atual 2 º do ASP World Junior o sulafricano Dale Staples.

O Billabong ASP World Junior Championships tem um período de espera a partir de 08 de janeiro a 16 de 2011 e será transmitido ao vivo via http://www.billabongpro.com.

Baterias do Round 1 do Billabong ASP World Junior Championships:

Bateria 1: Shaun Joubert (ZAF), Tyler Newton (HAW), Ty Watson (AUS)

Bateria 2: Maxime Huscenot (FRA), Krystian Kymerson (BRA), Evan Thompson (USA)

Bateria 3: Marc Lacomare (FRA), Chad Du Toit (ZAF), Takumi Nakamura (JPN)

Bateria 4: Nat Young (USA), Luke Davis (USA), Andrew Doheny (USA)

Bateria 5: Miguel Pupo (BRA), Evan Geiselman (USA), Hiroto Arai (JPN)

Bateria 6: Granger Larsen (HAW), Nic Von Rupp (DEU), Enrique Ariitu (PYF)

Bateria 7: Caio Ibelli (BRA), Alex Smith (HAW), Ramzi Boukhiam (MOR)

Bateria 8: Jack Freestone (AUS), Ian Gouveia (BRA), Keala Naihe (HAW)

Bateria 9: Dale Staples (ZAF), Charles Martin (GLP), Tom Cioarec (FRA)

Bateria 10: Mitch Crews (AUS), Chris Salisbury (AUS), Arashi Kato (JPN)

Bateria 11: Jesse Mendes (BRA), Albee Layer (HAW), Conner Coffin (USA)

Bateria 12: Kiron Jabour (HAW), Dean Bowen (AUS), Ian Gentil (HAW)

Bateria 13: Davey Cathels (AUS), Guillermo Satt (CHL), Ryan Callinan (AUS)

Bateria 14: Kolohe Andino (USA), Kaimana Jaquias (HAW), Kaishu Tanaka (JPN)

Bateria 15: Beyrick De Vries (ZAF), Keanu Asing (HAW), Kaito Onashi (JPN)

Bateria 16: Brendon Gibbens (ZAF), Fillpe Jervis (PRT), Peterson Crisanto (BRA)

Galerias | Mais Galerias