#viagens 
Indonésia

Pena Indo Sessions 2013

Elmo Ramos

1 mês e 15 dias percorrendo as ilhas da Indonésia, acompanhado do fotógrafo Pedro Suassuna e do Bodyboarder Marcelo Gomes

Com o objetivo de documentar de forma fiel e verdadeira o cotidiano de quem busca explorar uma das máquinas de onda mais exóticas do planeta e viver na íntegra as diversidades culturais dos diversos povos e etnias ali existentes. Essa foi a ideia que o bodyboarder Pernambucano Marcelo Gomes tinha traçado em um projeto junto com a marca Pena surfwear seguindo ao pé da letra o lema da marca "liberte seu espírito".

A expedição percorreu a ilhas Mentawaii, iniciando o deslocamento para Siiberut com um voo doméstico Bali / Jakarta / Padang num total de 3 horas com conexões, depois tiveram 3 horas de van até chegar à balsa no porto de Padang que sairia as 9 da noite, horário local. O trajeto dentro dessa embarcação foram de 10 horas, dividia-se o pouco espaço com caixas de alimentos que eram transportados para as ilhas, animais para abate, milhares de roedores habitantes da embarcação e pessoas das vilas que se deitavam em qualquer espaço vago para a longa madrugada de uma lenta navegação. Logo cedo a balsa atracara no porto de Siberut mas a odisseia continuava pegando uma embarcação menor de mais 3:30 horas até E-bay nas Mentawaii.

“Apesar de estar explorando as ilhas da Indonésia a vários anos ainda vai demorar um tempo para dizer que se conhece todas elas pela quantidade de reefs e ilhas existentes. Esse Projeto denominado "PENA INDO SESSIONS" teve uma conotação especial, pois além das ilhas de Java e Bali, faríamos Sumatra, ilhas Mentawaii por terra, não iríamos ficar em boat trips. Já tinha tido uma experiência igual quando estive na região de KRUI na Sumatra, já sabia que a barca seria bem roots, tantos os deslocamentos, como a infraestrutura precária e alimentação regrada. Além dos riscos de doenças e infecções nas vilas e povoados locais por onde nos hospedaríamos. Mas o objetivo era esse, pegar altas ondas com pouco crowd, gastar pouco e interagir com os povoados das ilhas de Siberut e Sipora. Cheguei a abrir mão da temporada no North Shore, iria voltar lá este ano assim como perdi a perna peruana da turnê DKWT que venho participando todo ano, mas a indotrip pra mim é prioridade number one sempre!" Disse Marcelo Gomes.

“Durante este período, seguimos as condições dos swells, e nessa jornada foram feitos registros de culturas de diversos povos que vivem entre as ilhas de Java, Siberut, Sipora (Sumatra) entre outras. Só quem já transitou por terra (SEM SER DE BOAT TRIP) por essas regiões pode imaginar os obstáculos que são encarados por conta da busca pelos melhores ondas. A falta de estrutura e higiene nas vilas locais, a malária, dengue, dificuldade para chegar alimentos resultando numa nutrição deficiente, bem como outras doenças que proliferam nas vilas ou aldeias, as quais não são evidenciadas nas fotos de bancadas perfeitas e cristalinas." Disse Pedro Suassuna.

Esse material coletado da trip, fotos e vídeos serão usados para dar origem a um Doc. filmado com ângulos exclusivos e imagens de alta definição as quais serão editados pela Pena em breve.

Apoio: PENA SURFWEAR, BZ BODYBOARDS, THE PIT SURF STATION, SIMETRIA FITNESS

Galerias | Mais Galerias