#iniciantes 
Peru

Paulista Filipe Toledo é o brasileiro campeão mundial mirim 2011

Chico Padilha

Atleta venceu disputa abaixo dos dezesseis anos na edição 2011 do ISA Júnior em grandes ondas no Peru

O paulista de Ubatuba, Filipe Toledo, havia sido o primeiro surfista brasileiro a garantir vaga no quarteto Mirim (Sub-16) ao ISA Quiksilver Mundial Júnior 2011, encerrado neste sábado no Peru com sua vitória em sensacional virada no último minuto da final em grandes ondas de até dez pés ( acima de três metros) na praia peruana de Caballeros.

Em Señoritas e Caballeros, praias vizinhas em Punta Hermosa, o Peru sediou a maior, em tamanho de ondas e número de participantes, das nove edições realizadas desde 2003, esta do Peru a de primeira vitória brasileira entre os surfistas de máximo dezesseis anos, no Brasil chamada Mirim.

Filipe, perdeu a chance de antecipar a ponta da disputa quando caiu na sua terceira onda, e ainda ouviu o peruano Joaquim Del Castilho empatar em 11,22 pontos com o sulafricano Dylan Lightfoot, que permaneceu liderando pelo critério de desempate até que, no último minuto, Filipinho surfou de forma segura e ainda finalizou com um arriscada manobra aéreo reverse para ultrapassar em cinco centésimos aos 6,03 que precisava e atingir os 11,28 que lhe valeram o inédito título que nenhum brasileiro ainda conquistara.

A delegação brasileira praticamente fez um novo desfile e a bandeira nacional era o diferencial que identificou à mesma no domingo em que chegaram ele e o júnior Sidney Guimarães, que chegando pela repescagem parou na oitava fase.

Filipe é um talento de segunda geração, filho do bicampeão brasileiro de surf profissional Ricardo Toledo, seu irmão Matheus é o atual campeão paulista de surf, e ele mesmo já tem no currículo dois títulos nacionais, foi o melhor da Iniciante em 2008 e e, na temporada passada, o melhor da Júnior. a Sub-18 na qual ele vai em busca de disputar ao ISA World Júnior Surfing Championship ano que vem, na busca do Brasil chegar nela ao quinto título e tentar seu segundo por seleção.

O Peru conquistou títulos duplamente neste sábado, com Cristobal de Col vencendo para confirmar sua seleção campeã em casa, e tendo quatro finalistas entre os totais doze, ausente apenas do quarteto da Júnior Feminina, esta com a francesa Cannelle Bulard, vinda da repescagem a exemplo de Cristobal, levando á melhor em uma disputa feminina que foi , em todas as baterias, de alto nível em altas ondas e registrando, no meio da semana, aos recordes 18,94 pontos de média, marca imbatível da capixaba e atual campeã brasileira Júnior Bárbara Segatto, que também permanece Sub-18 no próximo ano.

Filipe tratou com intimidade ás ondas de Punta Hermosa, especialmente as de Caballeros, onde no torneio foi recordista de nota com 9,8 (Em dez pontos possíveis) e surfou como se estivesse em Itamambuca, sua praia em Ubatuba, uma das mais tradicionais do surf em seu estado e no Brasil.

Certamente contribuiu para á vitória do carismático Filipinho seu talento e histórico de investimento em competições e treinos no Brasil e no mundo, sendo essa sua quinta estada no Peru, uma delas ano passado para precoce participação nos Jogos Mundiais de Surf.

Desta vez ele, integrando a mais jovem das seleções da CBS, comemorou com muita vibração ainda na finalização da onda da vitória, a que lhe sagrou o melhor mirim do mundo e confirmou um trabalho de base bem feito, daqueles que levam a bandeira do Brasil, e seu hino, ao lugar mais alto do surf.

Mirim

1o-Filipe Toledo 11,28 Brasil

2o-Joaquim Dell Castillo 11,22 Peru

3o- David Van Zyl 11,22 África do Sul

4o- Juninho Urcia 3,04 Peru

 

Júnior

1o-Cristobal del Col 14.36 Peru

2o- Vasco Ribeiro 11,44 Portugal

3o- David Brand 11,06 África do Sul

4o-Miguel Tudela 8.04 Peru

Júnior Feminina

1o-Cannele Bulard 13.86 França

2o- Bianca Buitendag 10,16 África do Sul

3o- Nikki Van Dijk 10,00 Austrália

4o-Codie Klein 3.88 Austrália

Galerias | Mais Galerias