#profissional 
Peru

Passeri vence em Mancora

Pablo Panizo

O argentino Martín Passeri, vence o Reef Classic Latin Pro e obtém sua primeira vitória no Peru, enquanto Cristobal de Col (PER) vence na Junior, Dominic Barona (ECU) assume a categoria feminina e Roger Barros (BRA) é o melhor Longboarder.

Final intensa foi vivida no último dia do "Reef Classic Latin Pro Mancora Peru 2010" os melhores surfistas das quatro categorias (Open, Feminina, Junior e Longboard) foram em busca do primeiro lugar e os pontos de ranking da ALAS. As condições cairam ainda mais, mas de vez em quando Mancora apresentou uma série de ondas perfeitas, que não foram desperdiçadas pelos latinos.

Argentina em festa

Tanto Martin Passeri como seu oponente, Matias Mulanovich, foram batalhadores e atingiram o a sólida final. No segundo turno, Passeri fez uma grande luta contra o pequeno Tudela, que estava prestes a arrebatar o primeiro lugar, mas as ondas finais foram fundamentais para Martin conseguir a primeira posição, enquanto o chileno Matias bateu Guillermo Satt.

Em seguida, nas quartas, Passeri ultrapassou o brasileiro Bruno Moraes, indo para as semifinais com o compatriota Marcelo Rodriguez e Mulanovich ganhou seu passe após bater Martin Jeri chegar à semifinal contra Javier Swayne (PER).

Marcelo Rodriguez, Javier Swayne permaneceram por alguns pontos. A final estava escrita, um argentino e um peruano iria chegar ao pódio. O surf clássico latino-americano, os dois concorrentes com grande talento e habilidade chegaram a uma bateria de 30 minutos e foram em busca do primeiro lugar e $ 4.000 dólares.

Roger Barros é o melhor no Longboard

Era o fim do primeiro dia e os melhores surfistas do longboard entraram no mar. Giachetti Paulo (BRA), Martin Perez (ARG), Roger Barros (BRA) e Ronald Robinson (VEN) foram os quatro finalistas. A Venezuela, Argentina e dois brasileiros disputaram o primeiro lugar.

Ronald Reyes mostrou-se disposto a assumir a liderança, mas Roger Barros não largou na primeira posição de modo que foi coroado o campeão da categoria. Ronald Robinson, Martin Perez e Paulo Giachetti em segundo, terceiro e quarto.

Sobre a Associação Latino-Americana de Professional Surfers: Associação Latino-Americana de Surfistas Profissionais é a entidade que rege o tour do surf profissional da região, que premia os campeões latino-americanos nas categorias: Open Masculino, Open, Pro Junior (sub 20) e Longboard. ALAS foi fundada com a finalidade de promover, desenvolver e incentivar o surf na América Latina, com objetivo principal de aumentar o nosso nível técnico e competitivo.

O tour viaja por todo o continente, durante o ano e pára em todos os locais estratégicos, onde os surfistas mais proeminentes da região estão competindo para acumular pontos para a entrada no prestigiado Top 16 do circuito e, como o objetivo final de ser campeão na América Latina. Os países onde se desenvolvem o Tour Latino Profissional são: Argentina, Brasil, Chile, Peru, Equador, Colômbia, Venezuela, Panamá, Costa Rica, El Salvador, México, Barbados, República Dominicana e Porto Rico.

O ALAS reúne mais de 15 países na região com a visão de desenvolver o surf como um esporte profissional, um estilo de vida ligado a preservar e conservar as ondas de surf, as praias e seus ambientes naturais.

Galerias | Mais Galerias