#mundial #encontros 

O XIII Congresso Olímpico em Copenhagen

Fernando Aguerre, presidenta da ISA

No primeiro dia do Congresso o clima era de emoção pela decisão dos Jogos Olímpicos serem outorgados a uma nação sul-americana

Durante a primeira hora e meia do congresso olímpico ouvimos discursos e para o resto da manhã e da tarde, fomos para sessões de demonstração, onde todos os participantes interagiram e puderam trocar pontos de vista sobre todos os assuntos relacionados com o Movimento Olímpico e dos Jogos.

No segundo dia, o Secretário Geral da ONU fez um grande discurso de apresentação sobre o papel do esporte e do Movimento Olímpico no mundo de hoje e o seu papel para um futuro mais pacífico.

Embora a agenda do dia incluisse 10 horas por dia de reuniões, debates, palestras e apresentações, não estava me sentindo cansado. Eu gostei muito dos três dias, aprendi muito sobre o Movimento Olímpico. Conheci mais de cinquenta membros do COI de todo o mundo, de membros da realeza até medalhistas mundiais de ouro famosos que tinham acabado de entrar no COI, após terminar a sua carreira competitiva.

Todos os indivíduos são muito educados, amam o que fazem, e são apaixonados pelo desporto e o seu papel como parte de um mundo melhor. Eu também me reuni com presidentes de outras Federações Internacionais, dos Comités Nacionais Olímpicos e vários oficiais da sede do COI.

Finalmente, no último dia, eu conheci o Sr. presidente do COI, Jacques Rogge, com quem tive uma breve conversa em espanhol, que falava muito fluentemente.

Quando eu saí da Bella Center Hall, no último dia do Congresso, acho que a escolha do Rio para os Jogos de 2016 foi ótimo para o surf. Afinal, o Rio é a terra natal e berço do surfe no Brasil, um país com uma população de mais de 5 milhões de surfistas, sem dúvida o esporte com o maior número de participantes no país após o futebol.

O time de surfe brasileiro ganhou vários Campeonatos ISA no Mundo, incluindo o ISA World Surfing Games em 2000, em Porto de Galinhas, no Nordeste do Brasil.

Embarquei no ônibus para o hotel, lembrei-me do momento que mais gostei quando, durante a cerimônia de abertura do World Surfing Games, em 2000, uma pessoa que eu conheci no mesmo dia, fez um discurso caloroso de acolhimento que tinha todas as 31 equipes nacionais de surf aplaudindo ... Nessa ocasião, ele disse, "Eu acredito que o surf tem condições para fazer parte do programa olímpico." Eu nunca poderia ter imaginado que num dia ensolarado no Brasil, em 2000, que essa mesma pessoa, o Sr. Carlos Nuzman, estava conduzindo o Brasil para ganhar o concurso para os Jogos Olímpicos de 2016

Sobre o ISA

A International Surfing Association (ISA) é reconhecida pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) como o BCE Autoridade Mundial para o surf.

Foi originalmente fundada como Federação Internacional de Surfe em 1964 e realizou campeonatos no mundo desde 1964 e Campeonatos Mundiais Junior, desde 1980.

Os associados do ISA incluem os Órgãos nacionais de surfe (NGBs) de mais de 50 países em seis continentes. Sua sede está localizada em La Jolla, Califórnia. É presidida por Fernando Aguerre, eleito pela primeira vez em 1994 no Rio de Janeiro, e reeleito seis vezes desde então.

Os presidentes da ISA são quatro Vice Alan Atkins (Austrália), Robin de Kock (África do Sul), Mike Gerard (E.U.A.) e Karin Sierralta (Peru).

Galerias | Mais Galerias