#política 

Museu do Surf de Cabo Frio ganha novo prédio

Viviane Rocha / PMCF

O Museu do Surf de Cabo Frio está ganhando um novo prédio de primeira linha, instalado na Praça da Cidadania. A nova praça que está sendo construída em frente ao Teatro Municipal de Cabo Frio será inaugurada no próximo dia 5 de outubro, às 18h.

O Museu, que está entre os cinco museus de surf mais importantes do mundo segundo as publicações especializadas e os profissionais do esporte, está sendo contemplado com uma nova arquitetura, totalmente em sintonia com as linhas arquitetônicas do Teatro e da Praça:

- A nossa proposta é melhorar o atrativo turístico da cidade. Vamos expor mais de 500 pranchas, entre pranchas de body board, long board, skates dos anos 1950 em diante, DVDs, filmes, todas as miniaturas em madeira do artista Heider, pôsters originais, pinturas e desenhos, bodysurf, quilhas, troféus, wetsuits, curiosidades como uma parafina dos anos 1960, além de exposições fotográficas sobre o esporte. O novo Museu contará ainda com bar e música ao vivo estilo lounge, além de quatro TVs de 50 polegadas cada, onde passaremos filmes e documentários sobre o surf. Contaremos ainda com 40 funcionários, gerando emprego e renda, para nos ajudar a manter este espaço, que será bem “família” – afirmou o curador do Museu, Telmo Moraes.

Com 17 mil m² e um enfoque turístico e cultural, a Praça fará uma integração entre o Teatro e a Praia do Forte e será um lugar destinado às apresentações artísticas.

Na Praça da Cidadania haverá 212 boxes artesãos de 4m² cada (32 boxes separados para venda de comida), além de 11.500m² destinados à área de lazer (Espaço Zen, Anfiteatro, Capoeira, Lago do Museu, Passeio e Parque Infantil), além de um novo estacionamento de 1.600m² para o Teatro e uma concha acústica para shows e apresentações:

- O Anfiteatro Agito será destinado à prática de capoeira, jongo, danças e outras atividades parecidas; o Espaço Zen será separado para a prática de yoga, tai-chi-chuan e outras meditações. Já no Anfiteatro do Surf, que ficará em frente ao Museu do Surf, haverá atividades espontâneas de música como luau, lounge, música ao vivo, entre outras – disse o arquiteto Felipe Araújo, da Secretaria de Planejamento e um dos responsáveis pela obra.