#brasileiro #estadual #profissional 

Messias Felix é Campeão Brasileiro de Surfe Profissional 2012

Fecasurf

O baiano Franklin Serpa foi o vencedor da etapa final do Oakley Pro 2012 realizado na Praia Central de Balneário Camboriú (SC)

Encerrou neste sábado, na Praia Central de Balneário Camboriú (SC), a etapa final do Oakley Pro 2012, que é válido pelo Circuito Catarinense de Surfe Profissional da Fecasurf, e que definiu os campeões brasileiro e catarinense de surfe profissional, com show dos melhores surfistas do Brasil.

A etapa final do Oakley Pro 2012 terminou com a vitória do baiano Franklin Serpa, somando 14,16 pontos, contra 10,77 pontos do surfista paranaense Jihad Kohdr que ficou na segunda colocação. A grande final foi bem disputada e Franklin escolheu muito bem suas ondas, o que fez a diferença para garantir a primeira colocação nesta última etapa do Oakley Pro 2012. Completaram o pódio, o paulista Flávio Nakagima, na terceira colocação somando 10,63 pontos, e o baiano Bino Lopes, na quarta colocação somando 10,00 pontos.

O Campeão Brasileiro de Surfe Profissional da Abrasp, foi cearense Messias Felix, que garantiu seu bicampeonato 2009/2012, depois que seus adversários diretos na briga pelo título, Renato Galvão (SP) e Leandro Bastos (CE), foram eliminados ainda na quarta fase da competição, deixando o lugar mais alto no pódio para Messias.

“Estou muito feliz, ainda não estou acreditando que conquistei mais este título. O Ceara demorou muitos anos para ter um campeão brasileiro, fui campeão em 2009, e agora em 2012 sou bicampeão, eu acho que quando Deus tem algo pra você, ele te dá na hora certa, e tive muita fé em Deus e muita determinação. Não competi as primeiras etapas, mas tive um bom desempenho nas outras etapas, fique em segundo lugar na etapa de São Francisco do Sul, depois venci em Maresias e também no Cupe, fiz uma semi em São Paulo e fiquei nas quartas de final na etapa da Praia da Vila, e deu tudo certo, meus adversários diretos foram eliminados e me tornei bicampeão ainda no quarto round. É isso ai, Graças a Deus esse título vai para o Ceara, sou bicampeão, e gostaria muito de agradecer meu patrocinador Pena, o meu preparador físico, meu fisioterapeuta, e toda minha família que desde sempre me apoiaram, assim como os meus amigos. Valeu galera”, declarou o cearense Messias Felix, bicampeão brasileiro 2009/2012.

O Campeão Catarinense de Surfe Profissional 2012 foi o surfista de Garopaba, Yuri Gonçalves, um dos representantes da nova geração do surfe catarinense, que mesmo eliminado no terceiro round, ainda garantiu o título, depois que o surfista de Navegantes(SC) Alex Lima, único que ainda o ameaçava na briga pelo título, foi eliminado nas semifinais. Alex precisava ficar na segunda colocação do evento para ser o campeão.

“A luta começou há muito tempo, graças a Deus deu tudo certo, trenei muito para este momento, toda hora na água, muito treino físico, com meu pai, meus irmão e meus amigos sempre me apoiando, graças a Deus chegou a minha hora, mas a batalha continua e não para por aqui, e que este seja o primeiro de muitos títulos”, declarou Yuri Gonçalves, Campeão Catarinense de Surfe Profissional em 2012, muito emocionado com sua primeira conquista.

O vice campeão da etapa, o paranaense Jihad Kohdr, marcou os recordes da competição, com a maior nota, 10 pontos, e também o maior somatório, num total de 18,67 pontos, na segunda bateria do quarto round.

O Oakley Pro 2012 é apresentado pela Vivo e tem o patrocínio do Matte Leão, o apoio do Governo do Estado de Santa Catarina, através da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Fundesporte, Prefeitura Municipal de Balneário Camboriú, Hotel Bhally, Surfers Paradise, a Divulgação do Site Waves e Jornal Drop, a Promoção da Rádio Atlântida FM, e a realização da Fecasurf, Associação de Surf de Balneário Camboriú.

RESULTADO DA ETAPA FINAL – BALNEÁRIO CAMBORIÚ (SC)

Campeão: Franklin Serpa (BA) - R$ 8.000,00 e 1.500 pontos no Catarinense

Vice-campeão: Jihad Kohdr (PR) - R$ 5.000,00 e 1.290 pontos no Catarinense

3.o lugar: Flávio Nakagima (SP) - R$ 3.200,00 e 1.095 pontos no Catarinense

4.o lugar: Bino Lopes (BA) - R$ 2.600,00 e 1.005 pontos no Catarinense

SEMIFINAIS

3º = 5º lugar (R$ 1.600,00 e 915 pts no Catarinense) / 4.o=7.o (R$ 1.200,00 e 833 pts):

01: 1-Franklin Serpa (BA), 2-Jihad kohdr (PR), 3-Magno Pacheco (SP), 4-Alex Lima (SC);

02: 1-Bino Lopes (BA), 2-Flavio Nakagima (SP), 3-Alan Donato (PE), 4-André Mói (SC);

QUARTAS-DE-FINAL

3º = 9º lugar (R$ 800 e 750 pts no Catarinense) / 4.o=13.o (R$ 600 e 675 pts):

01: 1-Jihad Kohdr (PR), 2-Alex Lima (SC), 3-Ricardo Wendhausen (SC), 4-Messias Felix (CE);

02: 1-Magno Pacheco (SP), 2-Franklin Serpa (BA), 3-Yago Dora (PR), 4-Tiago Bianchini (SC);

03: 1-Bino Lopes (BA), 2-Alan Donato (PE), 3- Samuel Igo (PB), 4-Edvan Silva (CE);

04: 1-Flavio Nakagina (SP), 2-André Mói (SC), 3-Ricardo Ferreira (SP), 4-Marco Polo (SC);

RANKING DO OAKLEY PRO 2012 – após 4 etapas

01º Yuri Gonçalves (SC) – 2.370 pontos

02º Guilherme Ferreira (SC) – 2.340

03º Greg Cordeiro (SC) – 2.205

04º Alex Lima (SC) - 2.048

05º Neco Padaratz (SC) – 1.995

06º Marcio Farney (CE) - 1.853

07º Alon Campestrini (SC) - 1.770

08º Diego Rosa (SC) - 1.680

09º Marco Polo (SC) - 1.635

RANKING BRASIL TOUR ABRASP 2012

1º - Messias Felix (CE) 6.438 pontos

2º - Renato Galvão (SP) 5.825

3º - Leandro Bastos (RJ) 5.798

4º - Flávio Nakagima (SP) 5.363

5º - Bruno Galini (BA) 5.145

6º - Gustavo Fernandes (RJ) 5.135

7º - Guilherme Ferreira (SC) 4.975

8º - Franklin Serpa (BA) 4.955