#estadual #associações #eventos #competições #nova geração #profissional #surf #longboard #master 
São Gonçalo do Amarante - Ceará - Brasil

MARESIA Pro Taíba

George Noronha

Etapa de Abertura do Circuito Cearense de Surfe 2021. Circuito em Homenagem à Silvana Lima.

Entre os dias 16 e 19 de setembro surfistas de todo litoral cearense, do Norte/Nordeste e de outras Regiões do Litoral Brasileiro têm um encontro marcado no MARESIA Pro Taíba, a I Etapa do Circuito Cearense de Surfe 2021, evento válido pelo BRASILEIRO DE SURFE PROFISSIONAL da Abrasp. 

As disputas irão rolar nas famosas ondas da Praia da Taibinha, localizada a cerca de 70km da Capital Cearense, no município de São Gonçalo do Amarante e prometem atrair a atenção não só dos amantes do surfe, como também dos novos simpatizantes que tiveram a chance de conhecer melhor o esporte dos Reis Havaianos em sua estreia nas Olimpíadas, que corou o potiguar Ítalo Ferreira como o grande vencedor da Medalha de Ouro entre os homens. 

Após 10 meses de espera a expectativa é grande para o show de alguns dos melhores surfistas em atuação no Brasil, no mais antigo circuito estadual do país, que esse ano chega a nada menos que sua 33ª Edição sem nunca ter sido interrompido por nenhum motivo (nem mesmo a pandemia da Covid-19). 

Grandes nomes já confirmaram presença na competição, como o ídolo paraense, Nayson Costa, o potiguar Israel Júnior e o alagoano Amando Tenório, atual Campeão Cearense de Surfe Profissional, além de muitos outros, que buscam os títulos das 14 categorias em disputa: Sub 8, 10, 12, 14, 16, 18Open (sem limite de idade), Profissional (sem limite de idade), Master (a partir de 35 anos), Kahuna (a partir de 45 anos), Legend (a partir de 55 anos), Longboard Open Masculino (sem limite de idade), Longboard Open Feminino (sem limite de idade), Feminino Junior (até 18 anos), Feminino Open (sem limite de idade) e Local (Exclusiva para surfistas locais).

Mas, apesar da presença maciça de visitantes, são os cearenses que estão com a “faca nos dentes”. O Mr. Taíba Messias Félix, o Campeão Cearense Pro de 2018 Charlie Brown, o multicampeão Dunga Neto, o tetracampeão Pro Edvan Silva, além de uma nova geração que vem determinada a conquistar seu lugar ao sol, estão prontos para lutar pelo troféu mais cobiçado do surfe cearense, já que nos últimos dois anos os títulos da principal categoria do circuito, a Profissional, acabou indo para outros estados, com o potiguar Alan Jhones sagrando-se campeão em 2019 e o alagoano Amando Tenório, em 2020. 

Agora, a expectativa é que essa história mude com os cearenses tendo melhor sorte em 2021 trazendo de volta o Título de Campeão Cearense Profissional para o estado.   

Entre os amadores o show também está garantido com a presença de todas as gerações do surfe cearense, desde a Sub 8 até os Legends, em disputas alucinantes que prometem presentear com imagens radicais a todos que ficarem ligados no evento.

PREMIAÇÃO

Na categoria Profissional a premiação será de R$ 10.000,00 (distribuídos entre os melhores colocados de acordo com o Livro de Regras da Federação de Surfe do Estado do Ceará), mais Kits e troféus para todos os finalistas;

Entre os Amadores a Premiação será composta de 14 Blocos Teccel + 64 Kits MARESIA + 64 Trofeus;

Segundo Amélio Júnior a resiliência dos atletas foi o motor para mais um grande circuito e anunciou que o certame 2021 homenageia a surfista olímpica Silvana Lima:

“Estamos muito felizes em conseguir colocar mais um circuito na água com 5 etapas previstas. As dificuldades foram desafiadoras, mas quando abrimos as inscrições e em apenas 3 dias todas as vagas já estavam preenchidas, com uma adesão histórica, isso nos mostrou que estamos no caminho certo. Quando vemos a resiliência dos atletas, sonhando com um troféu, um pódio no Circuito Cearense, isso nos motiva a fazer como eles. Com todas as dificuldades que sabemos que a cadeia produtiva do surfe está sofrendo, uma resposta dessas dos atletas nos motiva a fazer como eles, buscar sempre a superação. E assim procuramos fazer. Nós estamos no ano em que o surfe estreou nos Jogos Olímpicos e tivemos uma cearense escrevendo uma parte dessa história, Silvana Lima. E em um ano tão importante para o surfe não poderíamos deixar de dar o nosso melhor para realizar mais um grande circuito, que esse ano homenageará a filha mais nobre do Paracuru”, declarou o dirigente.

TRANSMISSÃO AO VIVO PELA INTERNET 

Você pode conferir tudo o que rola no MARESIA Pro Taíba, Ao Vivo, além de acompanhar os resultados e cronograma através dos links:

www.maresia.com  

http://surfbyte.com.br/aovivo/.

Maiores Informações

Top 16 Promoções (85 999868538)

Fed. de Surf do Estado do Ceará (85 988538538)

amelio.junior@uol.com.br  

www.maresia.com.br

Dicas de HOSPEDAGEM:

- Pousada Arco Mundial.......85 999953995

- Hotel Taiba Inn...................85 988245297

- Pousada da Taiba...............85 987707520

- Pousada Roane...................85 999821704

Maiores Informações.

Top 16 Promoções (85 999868538)

Fed. de Surf do Estado do Ceará (85 988538538)

amelio.junior@uol.com.br

www.maresia.com.br 

Sobre o Circuito Cearense de Surfe

Há 32 anos, mais precisamente em 1989, nascia o Circuito Cearense de Surfe, certame que ao longo de três décadas revelou talentos e serviu de base para grandes eventos que trouxeram para o Ceará alguns dos maiores astros do surf brasileiro e mundial.

Muitos atletas que integram ou já integraram o WCT, a Elite do Surfe Mundial, tiveram importante passagem pelo circuito cearense como os potiguares Jadson André e o medalhista de ouro olímpico, Italo Ferreira, que tiveram no Circuito Cearense um importante degrau na conquista do sucesso profissional. Gabriel Medina, Filipe Toledo e Adriano de Souza Mineirinho também estiveram no Ceará em eventos nacionais criados a partir da credibilidade construída ao longo dos anos pelo Circuito Cearense de Surf, tido como um dos mais competitivos do Brasil.

E foi essa reconhecida competitividade que possibilitou o surgimento de grandes nomes do surfe como Fábio Silva (Campeão Mundial ISA), Tita Tavares (Campeã Mundial WQS), Pablo Paulino (Bicampeão Mundial Pro Junior) e, mais recentemente, Silvana Lima, nossa representante olímpica, dentre muitos outros, que contribuíram para colocar o Ceará em um dos lugares de maior destaque no cenário esportivo nacional.

Segundo o Presidente da Federação de Surf do Estado do Ceará, Amélio Júnior, o Circuito Cearense de Surf é o mais antigo certame estadual da modalidade, em todo o território nacional, e que nunca foi interrompido, sendo esta a 33ª edição da competição.

O MARESIA Pro Taíba, etapa de abertura do Circuito Cearense de Surfe 2021, conta com os Patrocínios de MARESIA e Prefeitura de São Gonçalo do Amarante. Apoio: D’Cofibras, Orbe Telecom, Consultório do Açaí, Restaurante Il Terrazzo, Pousadas Roane, Taíba Inn, Arco Mundial e da Taíba e Governo do Estado através da Sejuv; Divulgação: Revista Beach Show; Chancela: Abrasp; Realização: Top 16 Promoções e Federação de Surfe do Estado do Ceará.

Comentários

Galerias | Mais Galerias