Oahu Costa Norte - Hawaii - Estados Unidos

Kelly Slater campeão do Volcom Pipe Pro 2016

Redação Surfguru

Com uma performance impecável durante todo o evento, o 11x campeão mundial conquistou mais um título em Pipeline, campeão do Volcom Pipe Pro 2016.

Após dois anos sem vencer uma etapa, o 11 vezes campeão do mundo foi o vencedor na onda havia sido seu último título. O dia final do Volcom Pipe Pro 2016 foi realizado com condições épicas em Banzai Pipeline, fazendo com que o show ficasse por parte dos surfistas e do público que vibrava bastante a cada tubo surfado dentro d’água.

Kelly Slater usou toda sua técnica na rasa bancada de Pipe para conseguir um 7,83 e 8,73 e, assim, desbancar três especialistas em tubos. O local Jamie O’Brien ficou com a segunda colocação, seguido dos também havaianos Makai Mcnamara e Bruce Irons em quarto. “As ondas estavam perfeitas. Vencer este evento é incrível, mas estávamos todos somente tentando passar as baterias, e poder surfar mais ondas. Elas foram o grande espetáculo deste evento”,  disse Slater.

Um dos destaques da competição, o uruguaio radicado em Garopaba, Santa Catarina, Marcos Giorgi, vinha surfando muito bem desde o começo do evento, mas acabou sendo eliminado na primeira semifinal do dia perdendo para o grande campeão Slater e Bruce Irons. Na outra semi, Jamie O’Brien e Makai McNamara eliminaram o australiano Tom Whitaker e o havaiano Dusty Payne. Makai avançou a final com uma nota 10, sendo sua única onda no somatório já que o havaiano havia feito uma interferência no início da bateria.

Quem também arrancou uma espetacular nota 10 no último dia de Volcom Pipe Pro foi Jamie O’Brien durante o quarto round, faturando junto com Makai o prêmio de US$1 mil da Electric pelo feito. “Eu tinha cerca 11 minutos para pegar uma onda. Quando ela veio, eu tinha a prioridade e tentei ficar melhor posicionado. Geralmente em baterias, você não gosta de ficar muito profundo, mas nesta ocasião era o meu objetivo. Ainda achei que não sairia daquela onda, me segurei e consegui sair na baforada, sendo cuspido como um canhão. Comemorei porque foi muito difícil, mas é um bom sentimento. Eu escutei a praia berrar e depois ouvi a nota 10 e pensei: Essa foi uma boa onda para comemorar”, contou O’Brien sobre a onda que obteve a pontuação máxima, numa esquerda onde ficou muito profundo e saiu na baforada.

Já Makai McNamara pegou uma das maiores e mais perfeitas da competição. “Foi o melhor dia da minha vida, com certeza. Não posso explicar, estou muito cansado agora, desgastado. Tantas coisas se passaram na minha cabeça que nem consigo lembrar de tudo que aconteceu… algumas vacas e algumas ondas memoráveis, estou feliz por chegar ao pódio pela primeira vez. Espero que possa repetir outras vezes”, falou Makai. .

Dos brasileiros remanescentes para o último dia, Ian Gouveia e Wiggolly Dantas perderam na quarta fase. Ian ainda conseguiu um 9.50, mas perdeu precisando de 4.40 para ultrapassar o australiano Soli Bailey, segundo colocado na bateria dominada pelo campeão do evento em 2015, John John Florence, autor de 9.33 e 9.17. Wiggoly também perdeu por pouco. Com 7,60 na sua melhor onda, o surfista da elite mundial terminou a bateria buscando 3.51 para impedir a dobradinha havaiana entre Mason Ho e Makai McNamara. Bino Lopes e Lucas Silveira foram eliminados na terceira fase.

VOLCOM PIPE PRO OFFICIAL RESULTS:

1st – Kelly Slater (USA)- $16,000 and 3000 pts

2nd – Jamie O’Brien (HAW) $10,000 and 2250 pts

3rd – Makai McNamara (HAW) $4,750 and 1680 pts

4th – Bruce Irons (HAW) $4,250 and 1580 pts

Todd Chesser Hard Charger Award – Bruce Irons

Semifinal – 1st and 2nd advance, 3rd=5th place, 4th=7th place:

SF1: Kelly Slater (USA), Bruce Irons, Marco Giorgi (URY), Joan Duru (FRA)

SF2: Jamie O’Brien, Makai McNamara, Tom Whitaker (AUS), Dusty Payne

Quarterfinals – 1st and 2nd advance, 3rd=9th place, 4th=13th place: 

QF1: Bruce Irons, Marco Giorgi (URY), Jack Robinson (AUS), Dimitri Ouvre (BLM)

QF2: Kelly Slater (USA), Joan Duru (FRA), Chris Ward (USA), Torrey Meister

QF3: Makai McNamara, Dusty Payne, John John Florence, Eala Stewart

QF4: Jamie O’Brien, Tom Whitaker (AUS), Mason Ho, Soli Bailey (AUS)

Round of 32 – 1st and 2nd advance, 3rd=17th place, 4th=25th place:

H1: Marco Giorgi (URY), Joan Duru (FRA) Koa Smith, Griffin Colapinto (USA)

H2: Bruce irons, Torrey Meister, Brent Dorrington (AUS), Kiron Jabour

H3: Kelly Slater (USA), Jack Robinson (AUS), Ezekiel Lau, Takayuki Wakita

H4: Chris Ward (USA), Dimitri Ouvre (BLM), Sebastian Zietz, Nathan Yeomans (USA)

H5: John John Florence, Soli Bailey (AUS), Ian Gouveia (BRA), Aritz Aranburu (ESP)

H6: Eala Stewart, Tom Whitaker (AUS), Nic Von Rupp (PRT), Shun Murakami (JPN)

H7: Jamie O’Brien, Dusty Payne, Mitch Coleborn (AUS), Tanner Hendrickson

H8: Mason Ho, Makai McNamara, Wiggolly Dantas (BRA), Billy Kemper

Round of 64 – 1st and 2nd advance, 3rd=33rd place, 4th=49th place: 

H1: Marco Giorgi (URY), Kiron Jabour, Keanu Asing, Joel Centeio

H2: Koa Smith, Brent Dorrington (AUS), Derek Peters (USA), Patrick Gudauskas (USA)

H3: Bruce Irons, Joan Duru (FRA), Mikey Bruneau, Billy Stairmand (NZL)

H4: Torrey Meister, Griffin Colapinto (USA), Conner Coffin (USA), Granger Larsen

H5: Ezekiel Lau, Dimitri Ouvre (BLM), Gavin Gillette, Ian Walsh

H6: Jack Robinson (AUS), Nathan Yeomans (USA), Hank Gaskell, Jean Da Silva (BRA)

H7: Sebastian Zietz, Takayuki Wakita, Carlos Munoz (CRI), Brian Toth

H8: Chris Ward (USA), Kelly Slater, Gavin Beschen, Yago Dora (BRA)

H9: John John Florence, Eala Stewart, Balaram Stack (USA), Leonardo Fioravanti (ITA)

H10: Ian Gouveia (BRA), Hiroto Ohhara (JPN), Hizunome Bettero (BRA), Victor Bernardo (BRA)

H11: Tom Whitaker (AUS), Soli Bailey (AUS), Yujiro Tsuji (JPN), Leandro Usuna (ARG)

H12: Nic Von Rupp (PRT), Aritz Aranburu (ESP), Kai Mana Henry, Ricardo Christie (NZL)

H13: Dusty Payne, Makai McNamara, Miguel Tudela (PER), Kevin Sullivan

H14: Mitch Coleborn (AUS), Billy Kemper, Olamana Eleogram, Bino Lopes (BRA)

H15: Mason Ho, Tanner Hendrickson, Noe Mar McGonagle (CRI), Cory Arrambide (USA)

H16: Wiggolly Dantas (BRA), Jamie O’Brien, Keoni Yan, Lucas Silveira (BRA)

Round of 96 – 1st and 2nd advance, 3rd=65th place, 4th=81st place:

H1: Marco Giorgi (URY), Derek Peters (USA), Cahill Bell-Warren (AUS), Kai Barger

H2: Koa Smith, Kiron Jabour, Noa Mizuno, Kaito Ohashi (JPN)

H3: Mikey Bruneau, Griffin Colapinto (USA), Mitchell Parkinson (AUS), Parker Coffin

H4: Torrey Meister, Bruce Irons, Makuakai Rothman, Seth Moniz

H5: Gavin Gillette, Jean Da Silva (BRA), Chris Foster, Ohno Masatoshi (JPN)

H6: Hank Gaskell, Dimitri Ouvre (BLM), Tim Reyes, Ian Gentil

H7: Brian Toth, Chris Ward (USA), Luel Felipe (BRA), Gavin Sutherland

H8: Yago Dora (BRA), Takayuki Wakita, Kaito Kino, Takumi Nakamura (JPN)

H9: Leonardo Fioravanti (ITA), Victor Bernardo (BRA), Benji Brand, Kona Oliveira

H10: Ian Gouveia (BRA), Eala Stewart, Dylan Lightfoot (ZAF), Takumi Yasui (JPN)

H11: Leandro Usuna (ARG), Kai Mana Henry, Joshua Moniz, Kaimana Jaquias

H12: Nic Von Rupp (PRT), Yujiro Tsuji (JPN), Imaikalani deVault, Adrien Toyon

H13: Makai McNamara, Billy Kemper, Kalani David, Koa Rothman

H14: Olamana Eleogram, Kevin Sullivan, Kalani Chapman, Alex Smith

H15: Mason Ho, Keoni Yan, Sunny Garcia, Myles Padaca

H16: Lucas Silveira (BRA), Cory Arrambide (USA), Kekoa Cazimero, Allen Schuyler

Volcom Qualifier Wildcard – Koa Rothman

Round of 112 – 1st and 2nd advance, 3rd=9th place, 4th=105th place:

H1: Kai Barger, Noa Mizuno, Gregg Nakamura, Joao Marco Maffini

H2: Mikey Bruneau, Bruce Irons, Shayden Pacarro, Kamalei Alexander

H3: Chris Foster, Ian Gentil, Ulualoha Napeahi, Landon McNamara

H4: Gavin Sutherland, Takayuki Wakita, Dylan Goodale, Elijah Gates

H5: Kona Oliveira, Eala Stewart, Sheldon Paishon, Derek Wong

H6: Kai Mana Henry, Imaikalani deVault, Evan Valiere, Dylan Kowalski (USA)

H7: Makai McNamara, Kalani Chapman, Luke Shepardson, Jason Shibata

H8: Myles Padaca, Allen Schuyler, Travis Beckmann, Ezra Sitt

Fonte: Revista SURFAR

​ROUPAS E ACESSÓRIOS DE SURF E SKATE VOCÊ ENCONTRA NO SURFGURUSHOP.COM.BR

Galerias | Mais Galerias