#atletas #viagens #ondas perfeitas #surf #aprendizado 
Indonésia

Jovem promessa do surfe baiano está de malas prontas para temporada na Indonésia

Yordan Bosco

Gabriel Leal, 13 anos, embarca com a família para período de cinco meses no Oceano Índico

Dentro de 10 dias, o surfista baiano Gabriel Leal, de apenas 13 anos, embarca para um experiência de sonho para qualquer surfista. Ele segue com os pais e a irmã de 7 anos para uma temporada de seis meses na Indonésia, em busca das melhores ondas do planeta e de amadurecimento técnico, emocional e cultural.

Mas quem pensa que a missão do atual 2º colocado nas categorias sub-14 e sub-16 e 4º na sub-18 do circuito baiano é de pura diversão, está completamente enganado. A viagem faz parte de uma etapa do planejamento da carreira do atleta, que vai ter que se dedicar e focar bastante na sua evolução dentro e fora d’água.

“Além da rotina de viagens para ilhas paradisíacas, com ondas perfeitas e uma grande diversidade cultural, Gabriel vai competir com atletas de diversos lugares do mundo, o que com certeza o tornará mais maduro e preparado”, explica o pai, treinador e agente Alexandre Leal. Gabriel, que cursa o oitavo ano do ensino fundamental, também terá que seguir uma rotina de estudo à distância.

“Agradeço muito a Deus e a meus pais por essa oportunidade. Eles disseram que se esse é o caminho que quero seguir, terei de seguir com muita dedicação e seriedade”, explica o surfista de sorriso fácil e conversa fluente.

Viagens – Apesar da pouca idade, Gabriel já pode ser considerado um surfista rodado. Já fez outras viagens para a Indonésia, para as Américas Central e do Sul e para diversos picos do Brasil, para competir e para fazer “free surf”.

“Viajar é muito importante. Gosto de surfar ondas diferentes, fazer novos amigos e conhecer novos ambientes, novos lugares”, confessa. No mês passado ele vivenciou mais uma experiência inusitada, quando surfou na principal piscina de ondas do Brasil, no Interior de São Paulo.

Competições – Nas ondas desde os 6 anos de Idade, Gabriel vem evoluindo a cada ano e essa evolução tem refletido nos resultados. Na segunda etapa do baiano amador, que aconteceu no ‘quintal da sua casa’, na Praia do Forte, ele disputou três finais. Ficou em segundo na sub-14, venceu a sub-16 e conquistou uma surpreendente 3ª colocação na categoria sub-18.

@gabriellealoficial

Billabong | Silverbay | UJ | Bluprotetor | Polaroide  | Açaí + 55 | Pranchas Tokoro

Comentários

Galerias | Mais Galerias