#surf 

Jovem promessa do Surf brasileiro recebe patrocínio em criptomoedas

vireinoticia

Sunny Pires, de apenas 18 anos, embarca em expedição à Nicarágua com apoio da comunidade Web3 Nouns

Web3 e DAOs: transformando o futuro do surf e do esporte

Sunny se destaca como um dos primeiros atletas a trazer a web3 para o mundo do surf profissional. A Web3

representa uma nova era na internet, oferecendo aos usuários maior controle sobre seus dados e interações

online.

Ao contrário do modelo centralizado da Web2, a Web3 visa descentralizar o poder por meio de tecnologias como

blockchain e contratos inteligentes. Essa mudança permite a negociação direta entre pares, melhorando a

privacidade e segurança em atividades online.

“O Sunny está na vanguarda dessa revolução, compreendendo como a descentralização pode beneficiar não

apenas os surfistas, mas toda a comunidade esportiva. A Web3 oferece maior controle e segurança aos usuários, e

o Sunny está aproveitando essa oportunidade para liderar o caminho rumo a um novo paradigma no mundo dos

esportes. As DAOs, em particular, promovem uma cultura de transparência e democracia que ressoa com os valores

de Sunny como atleta. Estamos entusiasmados em fazer parte dessa transformação, e Sunny está mostrando como

a tecnologia e o esporte podem se unir para criar um futuro mais promissor para todos os envolvidos", finaliza

Richard.

Novo patrocínio

Mais um projeto foi aprovado para a revelação do surf brasileiro antes da expedição à Nicarágua. Sunny contará

com o patrocínio da comunidade da Gnars, uma subcomunidade da Nouns, voltada para esportes radicais como

surf, skate, parapente, snowboard, resgate de jet ski, entre outros. A Gnars, assim como a Nouns, utiliza um

modelo descentralizado de organização autônoma (DAO) para aprovar e financiar projetos. Os membros da

comunidade possuem NFTs que lhes conferem poder de voto para decidir quais iniciativas serão apoiadas. Este

sistema democrático permite que os recursos sejam alocados de forma transparente e colaborativa.

O jovem surfista Sunny Pires, de apenas 18 anos, está quebrando barreiras e se tornando um exemplo de inovação

no mundo do esporte. Nascido e criado em Búzios, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, Sunny se destaca como

uma das promessas da nova geração do surf brasileiro, acumulando títulos e recordes desde cedo.

Sua trajetória no surf é marcada por conquistas expressivas. Sunny foi tricampeão do Hang Loose Surf Attack

(2016, 2017 e 2018), bicampeão do Rip Curl Grom Search (2017 e 2018), vice-campeão do tour brasileiro sub-14

em 2018 e campeão do Pena Little Monster sub-12 em 2016. Em 2022, Sunny foi hexacampeão estadual do Rio de

Janeiro na categoria sub-18.

Em abril deste ano, durante o Saquarema Surf Festival, Sunny Pires se destacou ao quebrar o recorde histórico da

competição Pro Junior, alcançando a maior nota da categoria, um 9,33, superando o recorde anterior de 9,20

estabelecido por Diego Aguiar no ano anterior.

Patrocínio inovador em Criptomoedas é um marco histórico

Apesar do sucesso, Sunny enfrentou desafios ao buscar patrocínios tradicionais que fossem realmente

significativos para competir no Brasil e no exterior. Foi nesse contexto que a Web3, especialmente a comunidade

Nouns, surgiu como uma oportunidade transformadora em sua carreira.

Em um movimento inovador, Sunny se tornou o primeiro surfista profissional brasileiro a ser patrocinado por uma

comunidade Web3. Esse modelo de patrocínio, pioneiro no esporte, prevê pagamentos em criptomoedas

(Ethereum ou USDC) através de propostas e projetos submetidos à votação na comunidade.

Graças ao patrocínio da Nounsbr (a comunidade da Nouns no Brasil), Sunny teve a oportunidade de competir em

três campeonatos no Brasil em 2022 e passar dois meses no Havaí em 2023. Essa experiência proporcionou o

aprimoramento de suas habilidades em algumas das melhores ondas do mundo, além da expansão de sua rede de

contatos.

Expedição à Nicarágua

Em maio de 2024, Sunny e sua equipe embarcam em uma expedição à Nicarágua para filmar uma série

documental sobre a conquista de um vulcão em nome da Nouns.

O projeto envolve a produção de uma docuseries de dois episódios. A equipe de Sunny, composta por roteirista,

filmmaker, coach e empresário, viajará para a Nicarágua entre 23 de maio e 4 de junho. A expedição promete

oferecer cenas de surf, vulcões e imersão na cultura local.

Além de aperfeiçoar suas habilidades no surf e se preparar para futuras competições, Sunny pretende demonstrar

como a Web3 e suas comunidades podem ser alternativas viáveis para atletas que buscam patrocínio e

impulsionar suas carreiras. A série documental será lançada pela Flamboiar, mídia de surf, mas também estará

disponível sob licença Cc0, permitindo que outros canais também divulguem o conteúdo.

 

Estou empolgado por ser o primeiro atleta brasileiro a receber patrocínio por uma comunidade da web3, como a

Nouns. Isso não só me permitiu competir internacionalmente, mas também abriu portas para projetos inovadores,

como nossa próxima expedição à Nicarágua, mostrando como a Web3 está transformando o esporte", disse Sunny.

A DAO "Nouns" opera no mundo dos NFTs, com leilões diários acessíveis pelo site nouns.wtf. Os participantes

adquirem NFTs e ganham poder de voto para influenciar projetos da comunidade. Os recursos arrecadados não

vão para os fundadores, mas para um tesouro coletivo gerenciado pela comunidade, financiando projetos como

distribuição de óculos para crianças carentes nos EUA e uma docuseries com Sunny na Nicarágua, baseando-se em

critérios como criatividade e pitch bem elaborado.

Sunny reforça que receber o apoio da Nouns não apenas impulsionou sua carreira como surfista, mas também

permitiu que ele explorasse novas oportunidades de crescimento pessoal e profissional. “Estou ansioso para

compartilhar nossa jornada na Nicarágua e inspirar outros atletas e empresários a considerarem novos modelos de

patrocínio na era da Web3", destacou.

Richard Dayan, Brand Manager do atleta, destaque que, ao analisar a capacidade e visibilidade de Sunny, ficou

claro que sua trajetória excepcional no surf e seu compromisso com a inovação o tornam um candidato ideal para

um projeto individualizado. “Criamos um plano estratégico personalizado para ele, estamos maximizando seu

potencial enquanto destacamos a relevância da Web3 e das DAOs no cenário esportivo", explica.