#amador #eventos #competições #profissional #surf #estadual #associações #notícias #atletas 
Cabo de Santo Agostinho - Pernambuco - Brasil

Itapuama abre o Circuito Metropolitano de Surf.

Alexandre Gondim/@blogdosurfe

O tradicional evento de surfe terá pela primeira vez a categoria profissional.

A praia de Itapuma no Cabo de Santo Agostinho vai receber nesse próximo fim de semana, de 08 a 10 de outubro, a primeira etapa do circuito Metropolitano de Surf. Realizado desde 1995 o tradicional evento pela primeira vez terá os Profissionais em suas categorias e distribuirá dinheiro na sua premiação.

“Isso repercutiu positivamente no cenário do surfe nordestino, colocando o tradicional campeonato na dianteira das competições no nordeste, pós-pandemia”. Falou Marcos Surf , diretor geral do circuito.

Até o momento do fechamento dessa matéria os inscritos já somam mais de cem inscritos de vários estados nordestinos entre eles Alagoas, Paraíba, Rio Grande do Norte, Para e Pernambuco que disputarão ao final das três etapas o título de campeão do Cabo de Santo Agostinho e do Circuito Metropolitano homologadas pela Confederação Brasileira de surf - CBSurf . 

As datas das três etapas já foram escolhidas serão:

1ª etapa – Praia de Itapuama (08,09 e 10/10/2021).

2ª etapa – Praia de enseada dos Corais (12, 13 e 14/11/2021). 

3ª etapa – Praia de Gaibu (10, 11 e 12/12/2021). 

Em disputas estarão as categorias: Profissional, Local, Master, Gran Master, Sub 14, sub 16, Sub 18 e Feminino. As Taxas das Inscrições serão de R$150,00 para os Profissionais, os Locais, Masters e Gran Master pagarão R$50,00 e os Sub 14, Sub 16, Sub 18, Feminino terão inscrições trocadas por 4 kg de alimentos enfatizando o caráter social do evento com os alimentos arrecadados doados aos moradores das comunidades carentes de cada praia onde estará sendo realizada a Etapa.

Os vencedores de cada categoria ganharão: Profissinal R$ 10.000,00 (dez mil reais), em dinheiro, aos quatros finalistas, sendo R$ 4.000,00 ao 1º lugar, R$ 3.000,00 ao 2º lugar , R$ 2.000,00 ao 3º lugar – e R$ 1.000.00 ao 4º lugar; Categorias Amadoras ganharão troféus, 01 prancha, 7 blocos e kits surfwear.

A realização do Circuito Metropolitano de Surf é da Associação de Surf do Cabo de Santo Agostinho – ASC com parceria do Centro Cultural Farol da Vila Incentivo na Produção Executiva, Prefeitura Municipal do Cabo de Santo Agostinho, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Esportes, Secretaria Executiva de Esportes e Juventude. 

Informações e Inscrições: com Marcosurf (Direção Geral) : (81) 986212148

e com Roberto Bade (Diretor Técnico):  (81) 985259168

SOBRE O CIRCUITO METROPOLITANO DE SURF - Em 1995, na praia de Gaibu, surgiu o Metropolitano de Surf. Inicialmente como uma competição esportiva amadora agregando na sua programação, além do esporte, o entretenimento das comunidades praieiras, com surfistas, moradores locais e turistas que frequentam a orla do município do Cabo de Santo Agostinho. 

O evento foi consolidado por sua continuidade e ganhando importância no calendário de eventos culturais e esportivos da cidade do Cabo. A cada edição realizada, o Metropolitano crescia em infraestrutura, em participação dos surfistas, e em premiações. Todas as suas edições anteriores, sempre tiveram a expressiva participação do público e de surfistas de todo o Nordeste.

4 -  Ruan Baroos

Comentários

Galerias | Mais Galerias