#profissional #mundial #master #competições 
Panamá

Finalistas definindos no Panama ISA Masters

ISA

Austrália, África do Sul eo Brasil são os únicos na disputa para o ouro por equipe

Dez Campeões do ISA World Masters Surfing Panamá Championship foram definidos hoje em ondas limpas e perfeitas de 5-7 pés. Amanhã, Austrália, África do Sul e Brasil vão lutar pescoço a pescoço para o título Masters no último dia do evento com pontos apertados de distância.

Com um dia para ir a luta pelo título mundial está realmente apertado nos três principais líderes:

1: Austrália - 12550

2: África do Sul - 11840

3: Brasil - 11.304

Cada divisão tem seis surfistas restantes, dois deles já na grande final e os outros quatro na bateria decisiva de repescagem. Dos 107 surfistas que iniciaram a competição, cinco dos 30 restantes serão coroados Campeões do Mundo e uma nação irá ganhar o ouro na classificação geral por equipe.

O evento principal da divisão Masters viu Andrew Banks (RSA) e Juan Ashton (PUR), como os únicos surfistas, que foram capazes de obter um lugar no pódio sem perder uma bateria em todo o evento. Banks marcou 17,16 (7,83 9,33) para passar em primeiro lugar.

"Estou muito aliviado, porque eu não queria ficar relegado a repescagem", disse Banks. "Em 2008, no Peru, eu fiz todo o caminho para a final do repescagem e, infelizmente, fui despachado. Estou feliz por estar na final no Panamá ".

No rodadas de repescagem Masters, Dean Hall (AUS), Carlos Santos (BRA), Victor Ribas (BRA) e Brett Bannister (AUS) irão lutar por dois lugares disponíveis no pódio.

Dentre os Grandes Mestres, Glen Pringle (AUS) e Juan Ashton (PUR) primeiro e segundo colocados, respectivamente, no suporte aos vencedores finais. Com esta resultado (fazendo duas finais no mesmo evento), Ahston escreveu seu nome nos livros de história do surf, assegurando quatro medalhas em três edições do evento. Duas delas são de ouro e amanhã saberemos quais serão as outras duas.

Ashton disse: "A vitória nas divisões Masters e Grand Masters são ambos igualmente importantes. Quero defender meu título, mas também é muito interessante ganhar outra divisão. Vou tentar vencer os dois surfando o melhor que posso, pois eu gostaria de voltar para casa com duas medalhas de ouro. "

Chris Brooks (AUS), Ricardo Villanueva (PUR), Fábio Gouveia (BRA) e Andre Malherbe (RSA) são os surfistas restantes na repescagem da divisão, dois deles irão ao pódio.

David Malherbe (RSA) e Sergio Penna (BRA) chegaram a final da divisão Kahunas. Penna marcou 16,77 (9,10 7,67) para vencer a bateria final do Evento principal , ele disse: "Estou tão feliz por estar na final. Essa onda é surpreendente, é uma forma diferente das do Brasil. Acho que fui inteligente na minha seleção de ondas, faz um tempo que eu não obtive uma pontuação semelhante, espero me manter assim durante a final. "

Em uma última tentativa de conquistar uma medalha na divisão Kahunas, o campeão mundial defensor Marc Wright (RSA), Martín Jeri (PER), Rod Baldwin (AUS) e Craig Scheiber (CRC), irão competir amanhã na repescagem final.

A divisão feminina Masters viu a defensora campeã mundial Heather Clark (RSA) fazendo o melhor desempenho do evento até agora. Usando o seu forte backside para marcar o maior nota de onda (9,77) e pontuação combinada (19,10) de todo o torneio. Ela vai dividir o palco com Patricia Rossi (TAH), que ficou em segundo lugar no evento principal da bateria final.

"Meu treinador me disse que eu precisava ir lá fora e apenas me divertir, assim é isso que eu fiz e funcionou bem ", disse Clark. "Houve está um pouco difícil lá fora, eu acho que todo mundo quer ganhar e a competição está emocionante. "

Andrea Lopes (BRA), Rocío Larrañaga (PER), Sandra English (AUS) e Sonia García (PAN) vão disputar a repescagem final pelos dois lugares restantes no pódio.

A estrela local e pioneiro de Santa Catalina, Kenny Myers ganhou sua bateria no evento principal e agora está na final com o atual campeão mundial, Chris Knutsen da África do Sul. Javier Huarcaya (PER), Samsoube Thierry (FRA), Neil Cameron (AUS) e Javier Gorbea (PUR) estarão competindo para as duas últimas posições na grande final da divisão.

Amanhã, sábado, 4 de setembro, a história será escrito novamente. Santa Catalina irá ver o novo Campeão mundial Master. A seguir as baterias que serão realizadas a partir das 07h00:

Bateria especial dos Surfistas locais

Kahuna REPESCAGEM Grande Final

FINAL MASTERS FEMININO REPESCAGEM

REPESCAGEM FINAL Grão-Mestres

FINAL Kahunas REPESCAGEM

FINAL MASTERS REPESCAGEM

GRANDE FINAL Kahunas GRAND

MASTERS GRANDE FINAL FEMININA

GRANDE FINAL Gran Masters

Kahunas GRANDE FINAL

MASTERS GRANDE FINAL

Cerimónia de Encerramento

Os países classificados após seis dias de competição, é o seguinte:

1 - AUSTRALIA

2 - ÁFRICA DO SUL

3 - BRASIL

4 - PUERTO RICO

5 - PERU

6 - COSTA RICA

7 - PANAMÁ

8 - FRANCIA

9 - VENEZUELA

10 - ARGENTINA

11 - MÉXICO

12 - ITALIA

13 - URUGUAI

14 - REPÚBLICA DOMINICANA

15 - JAMAICA

16 - NOVA ZELANDIA

17 - GUATEMALA

18 - TAHITI

19 - EL SALVADOR

20 - ALEMANHA

21 - IRLANDA

Galerias | Mais Galerias