#videos 
Fernando de Noronha (PE) - Brasil

Final do King Of The Groms em Fernando de Noronha

Quiksilver

Foram três dias de surf do mais alto nível, com Jessé Mendes como guia turístico e Matt Hoy como guia espiritual. Os groms corriam desenfreadamente em torno da ilha em seus buggies personalizados e fazendo o melhor surf que alguém das suas faixas etárias

O Quiksilver King Of The Groms é o verdadeiro e mais real evento de surf sub-18 no mundo. Como podem ter acompanhado depois de 1.000 vídeos postados com a hashtag do evento desde o início da competição e mais de 50 mil pessoas que votaram nos competidores para selecionar os finalistas, a Quiksilver reuniu os top groms surfers da atualidade e pousou no Brasil com os dez finalistas nada mais nada menos do que na paradisíaca ilha de Fernando de Noronha. Porém, nem foi preciso os três dias surfando nas ondas de Noronha para os juízes perceberem que realmente foram selecionados os 10 melhores surfistas sub-18 do mundo.

Foram três dias de surf do mais alto nível de desempenho, com Jessé Mendes como guia turístico e Matt Hoy como guia espiritual. Os groms corriam desenfreadamente em torno da ilha em seus buggies personalizados, comendo o típico churrasco brasileiro, bebendo litros de refrigerante e fazendo o melhor surf que alguém das suas faixas etárias podem fazer.

Ondas perfeitas de três a quatro pés no Boldró, onde não acontecia um evento há mais de 10 anos, e na famosa Cacimba do Padre foram o palco perfeito para os 10 finalistas mostrarem todo o seu repertório de manobras ao vivo e a cores, aliás com muitas cores, mas um vencedor teria que ser coroado e quando a fumaça sobre a água desapareceu, houve um inegável número um: Sebastian Williams, metade mexicano e metade sul-africano, foi o unânime merecedor do cheque de vencedor no valor de US$ 20 mil e mostrou que seu surf está um pouco além da sua idade. 

Aéreos, manobras progressivas e combinações de todas estão lá, registradas. Todos saúdam também o segundo colocado do King Of The Groms 2015, Samuel Pupo, que veio com os seus cabelos pintados e um frontside potente para justificar a segunda colocação e o prêmio de US$ 10 mil. Assim como Sebastian, Samuel prova que o futuro do surf está naqueles que são especialistas em todas as manobras. 

A organização do evento agradece também às empresas Drink Up e a Sony Xperia, que ainda deixaram alguns presentes nas bolsas. Samuel Pupo ainda levou mais um prêmio de US$ 1 mil para o melhor aéreo; Kian Martin embolsou US$ 1 mil pela melhor onda. Ninguém poderia bater Sandon Whittaker no combo de manobras, e ele levou a melhor e US$ 1 mil na conta pelo seu trabalho. E para finalizar, Malakai Martinez levou a Expression Session e os últimos US$ 1 mil.

Mantendo a tradição, o King Of The Groms 2015 foi diferente de qualquer outro evento de surf junior no mundo e produziu uma safra de novas estrelas que ainda veremos muito. 

A partir de 2016, a Quiksilver tem o prazer de anunciar que o evento terá um novo nome: The Quiksilver Young Guns, e será completado com o snowboard para os groms que mandam bem nos esportes de neve, com um formato dedicado a mostrar os melhores boardriders do futuro no mundo. 

Resultados do Quiksilver King of the Groms

1 Sebastian Williams (AFR) US$ 20 mil

2 Samuel Pupo (BRA) US$ 10 mil

3 Vitor Mendes (BRA)

4 Kael Walsh (AUS)

Prêmios

Expression Session - Malakai Martinez (CRI) US$ 1 mil

Melhor surf de borda - Kian Martin (IND) US$ 1 mil

Melhor repertório - Sandon Whittaker (AUS) US$ 1 mil

Melhor jogo aéreo - Samuel Pupo (BRA) US$ 1 mil

Galerias | Mais Galerias