#vento #competições #eventos #profissional #kite 
Brasil

Festival GKC Velas Trairi

George Noronha

Artur Santos vence em casa e fatura a Kite Wave Pro

Entre os dias 15 e 19 de junho atletas vindos de diversas partes do Ceará, do Nordeste e de todo litoral brasileiro estiveram reunidos na Praia do Guajiru, município de Trairi-CE para as disputas do Festival GKC Velas Trairi, evento válido como Etapa de Abertura do Circuito Brasileiro de Kitesurf nas modalidades Wave e Big Air e Regionais de Kite Hydro Foil Tubular, Kite Race Bidirecional, Wing Race e Surf Foil. O evento foi marcado pelos cuidados com os atletas, meio ambiente e comunidade e definitivamente, marcou o início de um novo tempo para o kitesurf na Praia do Guajiru.

Entre os Profissionais, ainda no sábado tivemos as decisões dos campeões da categoria Big Air Profissional, tanto no Masculino, como no Feminino, que aconteceram na Praia do Ocean Louge Beach Club do The Coral. Destaque para Victor Emanoel, que dominou todas as baterias da disputa até a grande Final, onde superou Josué San, Ricardo Breno e o atleta Local Michel Marcelino, respectivamente, segundo, terceiro e quarto colocados. Com o resultado Victor, que compete representando a praia de Jericoacoara, larga na frente da corrida pelo título de Campeão Brasileiro Pro da categoria.

“O evento foi incrível! A organização está de parabéns. Foi um dos melhores eventos que já participei, sobretudo em se tratando de estrutura”, declarou o campeão.

Entre as mulheres destaque para a kitsurfista local do município de Paracuru-CE Maria Beatriz dos Santos, que chegou ao Guajiru sem grandes pretensões e acabou faturando o título da categoria Big Air:

“Estou muito feliz em competir entre grandes atletas e em poder ganhar. Eu juro que não esperava isso. Saí de casa apenas para me divertir com os amigos, só não esperava me divertir tanto!”, relatou a campeã às gargalhadas.

Na segunda colocação ficou Lígia Barroso, com Flora Arruda e Liege Laurentino completando o pódio na terceira e quarta colocações, respectivamente.

No domingo foi a vez de definir os campeões da categoria Kite Wave Profissional. E após uma disputa acirrada entre o catarinense Sebastian Ribeiro e o atleta da Praia da Taíba-CE, Artur Santos, melhor para o cearense que mostrou muita sintonia com a ondas, potência e radicalidade para superar seu principal adversário e sair na frente da disputa pelo título 4º título nacional. Em segundo ficou Sebastian Ribeiro, que também mostrou grande forma, prometendo uma bela briga pelo título desse ano nas próximas etapas do certame. Em terceiro ficou, Jairo Neto e na quarta colocação ficou o atleta Leonardo Granjeiro.

Entre as mulheres destaque para Lidiane Sanders que deu um show de técnica e perícia para faturar o título da categoria Wave, com Estefânia Rosa na segunda colocação, Gabriela Lyra em terceiro e Luciana Adamo na quarta colocação.

DISPUTAS ACIRRADAS NOS REGIONAIS

Nas modalidades que valeram pelos Regionais as disputas também foram acirradas com destaque para o desempenho das mulheres, que estiveram muito bem representadas. Um exemplo foi a performance de Liana Maia, que na categoria Wing Race venceu entre as mulheres, finalizando o evento na segunda colocação geral da modalidade (inclusive vencendo 1 das 8 regatas, com três segundas colocações). Lidiane Sandres terminou na segunda colocação.

Entre os homens o grande destaque foi a performance de Roberto Veiga, que venceu 5 das 8 regatas para faturar o troféu de campeão:

“Estou muito feliz, não somente por ter conseguido terminar em primeiro, mas também por ter tido a oportunidade de participar de uma festa tão bonita como foi esse evento. E o mais importante é que o Guajiru acaba de quebrar um grande tabu no kite, o de que os ventos começam em agosto. Esse evento foi uma prova de que a Temporada de Kite começa em junho e isso é muito importante, principalmente para todos que hoje tiram seu sustento do kitesurf aqui no Ceará”, explicou o campeão.

Em segundo ficou Dudu Mazzocato, com Mauro Luz em terceiro e o atleta local Wilker Miranda na quarta colocação.

Na modalidade Kite Race Hydro Foil Tubular, o destaque ficou por conta da atuação irretocável do atleta do Cumbuco-CE Gerlano Torres, que venceu as 9 regatas realizadas mostrando que está muito à frente de seus adversários.

“Eu venho de uma família de pescadores, então o mar e o vento sempre fizeram parte de minha vida antes mesmo de eu nascer. Essa modalidade é preparatória para as Olimpíadas e acredito que temos chance de sonhar com uma participação nos Jogos e até mesmo com uma medalha”, declarou o atleta.

Em segundo ficou Luis Paulo, em terceiro, Breno Lucas e na quarta colocação ficou Ícaro Gomes.

Na Kite Race Bidirecional Masculino o campeão foi Albéric Sarrazin, com o local Michel Marcelino em segundo, Gerlano Torres em terceiro e Alan Tracat em quarto. Entre as mulheres a grande campeão foi Maria Beatriz, com Flora Arruda na segunda colocação e Lúcia Featherston em terceiro.

Na categoria Surf Foil Tow In Masculino o grande destaque foi a performance do organizador do evento e multiatleta Jailson Sena, que mostrou muito domínio do foil nas ondas do Guajiru para superar Mauro Luz, Marcelo Dias (também local do Guajiru) e Everton Vai, respectivamente, segundo, terceiro e quarto colocados. Entre as mulheres destaque para Lidiane Sanders, Liana Maia e Flora Arruda, que finalizaram o evento na primeira, segunda e terceira colocações, respectivamente.

Na categoria Strapless, modalidade que encerrou o campeonato, o grande campeão foi Breno Barbosa, com Luiz Emmanuel em segundo, Digu em terceiro e Ariel de Paula na quarta colocação.

CULTURA, UNIÃO, SUSTENTABILIDADE E MUITA DIVERSÃO

Os cinco dias do Festival GKC Velas Trairi representaram muito mais que um simples campeonato, ou evento. Foi uma oportunidade incrível para que todos percebamos o que realmente importa para o crescimento e desenvolvimento do esporte. Do suporte oferecido pelo The Coral Beach Resort, recebendo e acolhendo todos os atletas em suas confortáveis e luxuosas dependências, às amenidades oferecidas pelo Resort como a Festa VIP de acolhimento aos competidores, Credenciamento, etc, passando pelo cuidado com a alimentação, Fisioterapeuta Esportivo, Segurança, Guarda-Vidas, Ambulância no local, conforto e entretenimento na GKC-Guajiru Kite Center, tudo pensando no bem-estar do competidor, definitivamente foram pontos diferenciais deste evento.

Foram dias de integração entre atletas, comunidade local e turistas, nunca antes visto na Praia do Guajiru. A Vilinha instalada ao lado da GKC era o ponto de encontro e o lugar onde todos podiam desfrutar da gastronomia local, com pratos típicos juninos, e apreciar e adquirir o artesanato local. Ainda tivemos um grande palco onde se apresentaram os grupos de dança Cia. Criato Company, Swing Sangue Bom, grupos juninos Barreirão, Chapéu de Palha e Luar do Sertão e Apresentações musicais com a Banda Municipal de Música José Silva Novo, Jefter do Sax, Elinardo Sanfoneiro, Gutim, Markus Rodrigues e Tecy Araújo.

E de quebra, tivemos a grande Festa de Inauguração do Ocean Kite Club by GKC, a Escola de Kitesurf do The Coral Beach Resort, que movimentou os atletas no final de tarde do sábado.

Contudo, provavelmente a ação mais impactante dentre todas tenha sido a Limpeza de Praia, capitaneada por André Comaru, do Projeto Nossa Iracema, que promoveu o recolhimento e a separação de todo o lixo produzido pelo evento e também que já estava na praia, para fazer o que parecia impossível, tornar a paradisíaca Praia do Guajiru ainda mais bonita!

“Pra nós foi um grande prazer fazer parte desse evento. O engajamento comunitário, o comprometimento dos atletas, o compromisso de todos com o meio ambiente, tudo isso fez todo o nosso esforço valer a pena. Nossa ação foi coordenada junto com a Cooperativa de Reciclagem do Trairi e o objetivo é que cada vez mais a comunidade compreenda a importância de se cuidar do meio ambiente e abrace essa causa. Só assim poderemos salvar nossos oceanos”, enfatizou o ativista.

Segundo Jailson Sena, esse evento foi a realização de um verdadeiro sonho e já anuncia que no ano que vem o evento será ainda maior:

“Todos nós da organização estamos muito felizes com o evento. É claro que com um evento dessa proporção ajustes são necessários e acreditamos que no ano que vem será ainda maior. Mas, estamos muito satisfeitos como tudo se desenrolou e só temos que agradecer a todos que de alguma forma contribuíram para que esse sonho se tornasse realidade. Com certeza estamos prontos para sediar o primeiro evento internacional de kite no Guajiru... Eu gostaria de dedicar todo o sucesso desse evento à minha mãe, que partiu recentemente, mas deixou um legado de fé e esperança muito enraizado na família. E são esses ensinamentos que me fazem sonhar cada vez mais alto, acreditando sempre que o melhor vai acontecer!”, declarou Jailson.

Já para Adriana, da ABK, o Festival GKC definiu um novo padrão para os eventos da Associação Brasileira de Kite e provou como o kitesurf pode impactar positivamente os pequenos negociantes locais representando um importante motor econômico para as comunidades litorâneas de todo o nosso país:

“Nós, como instituição, estamos muito satisfeitos com tudo o que aconteceu no Festival GKC Velas Trairi. Cada vez mais estaremos buscando implementar essa integração entre comunidade local e nossos eventos e com isso, esperamos fazer com que mais pessoas, sobretudo pequenos empreendedores, sejam impactadas pela realização de todas as nossas ações”, finalizou Adriana.

Comentários

Galerias | Mais Galerias