#associações 

Federação Pernambucana se posiciona sobre caso de polícia

Diretoria da Federação Pernambucana de Surf

A federação Pernambucana de Surf, vem esclarecer e se posicionar sobre o ato de covardia ocorrido na 4ª e ultima etapa do Circuito Pernambucano de Surf 2012

Para que todos saibam, assim que ocorreu o ato covarde de agressão aos atletas paraibanos, o que pegou todos de surpresa, o presidente da federação, Bruno Cavalcanti, correu para o local e separou a agressão e juntamente com Andre Albuquerque levaram os atletas para o palanque em segurança.

Logo em seguida chegou os seguranças, polícia militar (GATI), polícia civil e junto com Geraldo Cavalcanti (ANS) seguiram para a delegacia de Porto de Galinhas para prestar queixa da agressão e roubo no que Geraldo Cavalcanti ficou ate o fim com os atletas e logo após o registro do B.O os direcionou de volta ao evento para que os mesmos pudessem competir e finalizar suas participações no evento o que ocorreu normalmente.

Na segunda feira pela manhã Geraldo Cavalcanti novamente compareceu a delegacia de Porto e junto com o delegado e comissário, deram continuidade ao processo para expedir a intimação dos três agressores citados no B.O, que são eles: Joabson Santos, Josafá Santos e Sergio Rocha, conforme queixa assinada pelos três agredidos, Raphael Seixas, Jose Francisco e Walfredo Bezerra. Logo após a conversa que Geraldo Cavalcanti teve com o delegado, o mesmo solicitou dos agredidos um exame de corpo delito. No que prontamente Geraldo Cavalcanti ligou para Walfredo em João Pessoa e solicitou que os 03 agredidos fossem a uma delegacia em João Pessoa e fizessem o exame, prontamente eles fizeram e que dentro de 5 dias ficaram de mandar para ser anexado ao processo criminal.

Não satisfeito, Geraldo Cavalcanti teve na terça-feira dia 30/10 as 8:00 da manhã uma reunião com o diretor estadual da polícia civil, onde na ocasião levou fotos e matérias veiculadas sobre o ato de covardia acontecido no domingo dia 28/10; após ver todo o material e informações passadas por Geraldo Cavalcanti o diretor já começou a entrar no caso e pediu urgência para finalizarmos todo o processo, se colocou a inteira disposição e no final garantiu que os agressores covardes vão pagar por tudo, dentro do que a lei mandar.

O que quero que todos saibam é que se existe federação séria nesse pais, a de Pernambuco é uma delas e que tudo será feito ate as ultimas consequências para que os covardes agressores sejam punidos e presos.

O importante neste momento é não deixar que as pessoas ou sites que nunca fizeram nada pelo nosso esporte venham agora se colocar como salvadores do esporte, para aqueles aproveitadores que vão aparecer em cima de um trabalho sério que a Federação Pernambucana desde sua criação vem fazendo, estes parasitas estão muito enganados, para estes aproveitadores sim, seremos mais duros ainda, pois a nossa responsabilidade é muito maior do que vocês pensam, nós fazemos parte da historia do surf brasileiro e Pernambuco é um dos estados que mais eventos fez em toda história do surf no Brasil e não vai ser um fato isolado que vai manchar nossa imagem.

Vou mostrar que esse papo de localismo não existe, local de praia é coqueiro e maria farinha. As praias são de todos e aqui sempre foi um estado livre, uma terra livre, onde todos sentem o maior prazer em receber as pessoas, isto sempre foi o nosso forte.

Aos atletas agredidos nossas sinceras desculpas por todos os pernambucanos e a principalmente vocês irmãos paraibanos, ao presidente Palitot, nossas desculpas, mas você sabe que tudo que estiver ao nosso alcance dentro da lei nós vamos fazer pra punir os envolvidos.

Grande abraço a todos; desculpas mais uma vez aos atletas paraibanos, aloha e vamos em frente!