#competições #surf #notícias #atletas #eventos 
Brasil

Etapa Final do Circuito Metropolitano de Surf Pro

Alexandre Gondim

Definidos os campeões do Circuito Metropolitano de Surf Pro 2021 com o fim da terceira etapa neste domingo, 09/01, na praia de Gaibu no Cabo de Santo Agostinho.

Foram oito categorias que disputaram onda após onda a liderança do ranking que teve como o principal campeão Mateus Sena que venceu o circuito e a III Etapa da categoria Profissional levando para o Rio Grande do Norte a premiação em dinheiro distribuída para os finalistas do evento.

Foram 16 surfistas profissionais do Rio Grande do Norte, Paraíba, Pará e Pernambuco, entre eles competidores de campeonatos internacionais como Junior Lagosta, Alan Donato, Douglas Silva e Alan Donato, que fizeram baterias disputadissimas mesmo com uma condição do mar com ondas pequenas, uma prova dessa competitividade foi a maior nota feita durante todo o evento foi tirada hoje por Luel Felipe que chegou a semi-final enfrentando o campeão da etapa o potiguar Mateus Sena.

A primeira semi entre Luel e Sena foi uma disputa de aéreos onde Luel vinha muito bem surfando as direitas que entravam pela área conhecida como Canal que propiciava uma boa formação para até quatro manobras por onda. Perto do fim da bateria Mateus virou a bateria a seu favor sem dar chance de resposta para Luel.

A segunda semi-final entre o paraense Nayson Costa e o pernambucano morador da praia do Xaréu no Cabo de Santo Agostinho veio com o atleta do Pará liderando do começo até o fim chegando a colocar o de Pernambuco em combinação, que é quando o surfista precisa de uma combinação de duas ondas para supera-lo. A reação de Dayvisson veio e próximo ao fim da disputa ele ficou precisando de uma boa onda de 7.80 pontos para vencer. A onda não veio e Nayson foi para a final com Mateus.

As ondas para a direita continuavam predominando e Nayson Costa recém-saído de uma contusão no joelho esquerdo competiu muito bem, mas sem poder utilizar seus aéreos de back side enquanto Mateus Sena muito solto nas pequenas ondas que quebravam começou liderando e com as ondas não propiciando boas rampas para os voos os dois alternavam batidas e rasgadas e faltando 3 minutos e vinte segundo para o fim Sena passou a frente colocando Nayson precisando 6.02 pontos. A onda não veio para o paraense e Mateus Sena saiu de Gaibu como o grande campeão Profissional da etapa de encerramento do Circuito Matropolitano.

Resultado Final:

  1. Mateus Sena (RN)
  2. Nayson Costa (PA)
  3. Luel Felipe (PE) e Dayvisson Santos (PE)

A realização do Circuito Metropolitano de Surf Pro 2021 apresentado pela Arrecifes é da Associação de Surfe do Cabo de Santo Agostinho, a produção executiva é do Centro Cultural Farol da Vila, com os copatrocínios da Domínio e Oceanside, com o incentivo da prefeitura do cabo de santo Agostinho e apoio da Teccel, Banzai, Argo, Inside, SurfReal, Suape Grill, All Ticket, Suape, Dinâmica e Baly Grip

SOBRE O CIRCUITO METROPOLITANO DE SURF - Em 1995, na praia de Gaibu, surgiu o Metropolitano de Surf. Inicialmente como uma competição esportiva amadora agregando na sua programação, além do esporte, o entretenimento das comunidades praieiras, com surfistas, moradores locais e turistas que frequentam a orla do município do Cabo de Santo Agostinho.

O evento foi consolidado por sua continuidade e ganhando importância no calendário de eventos culturais e esportivos da cidade do Cabo. A cada edição realizada, o Metropolitano crescia em infraestrutura, em participação dos surfistas, e em premiações. Todas as suas edições anteriores, sempre tiveram a expressiva participação do público e de surfistas de todo o Nordeste. 

Comentários

Galerias | Mais Galerias