#surf 
Brasil

Entrevista exclusiva com Gabriel Medina

Gustavo Cegalla

Enquanto Pedro Barros dava um show no Skate Park pelo X Games, o locutor anunciou o início de da sessão de autógrafos do Gabriel Medina. Rapidamente uma multidão se aglomerou em frente ao estande da Oakley

Apesar de não ter praia, Medina era uma celebridade em Foz do Iguaçu, fãs enlouquecidos se matavam por uma assinatura. Mesmo com a procura incansável dos fãs, Medina concedeu uma entrevista exclusiva para a Surfar. Confira!

Como foi participar pela primeira vez do X Games?

Tô achando muito legal porque é um evento gigante e tem todos os esportes radicais. Tenho acompanhado de perto os resultados, tanto internet e pela televisão. O surf já existia no X Games, mas eles pararam e agora resolveram voltar.

Foi estranho para você participar de um campeonato de vídeos?

No início foi estranho sim, eu nunca tinha participado. Mas pelo fato de ser o único brasileiro a disputar esse evento, me senti privilegiado. Entretanto, eu prefiro as disputas dentro d’água.

Qual a sensação de vencer Kelly Slater pelas semifinais? Fez alguma campanha na internet?

Foi ótimo eu já havia vencido ele na França e em San Francisco, mas na internet foi a primeira vez, brinca Medina. Cheguei a fazer uma divulgação pelo facebook e pelo visto deu certo, a torcida brasileira votou em peso.

Quando foi anunciado o início da sua sessão de autógrafos no estande da Oakley, rapidamente um fila enorme se formou, milhares de meninas correram. Você esperava esse assédio todo mesmo em Foz do Iguaçu, um lugar que não tem praia?

Olha, eu realmente não esperava isso tudo, ainda mais aqui onde não tem onda. Eu pensava que ia ser mais tranquilo. Foi uma surpresa!

O campeonato mundial de skate, o Street League, se uniu com o X Games para fortalecer a modalidade street nos jogos radicais. Como você veria uma união da ASP com o X Games para realizar uma etapa do mundial junto com as olimpíadas dos esportes radicais?

É uma ótima ideia, nunca parei para pensar. Tenho certeza que iria fortalecer o surf como fortaleceu o skate. Quando dois eventos grandes se juntam, vira algo enorme.

O que você acha que está faltando para o surf entrar de vez no X Games?

O que todos falam é que falta uma piscina com ondas de qualidade e que ofereça oportunidades iguais para todos.

Falando em em piscina de ondas, Kelly Slater tentou construir a sua própria piscina na Austrália, porém não deu certo. Parece que o americano contratou uma empresa para administrar mas que o governo australiano descobriu diversas fraudes nela, acabando desse jeito com o sonho de Slater. Assim como Bob Burnquist tem sua própria Mega Rampa em casa, você também gostaria de ter uma piscina de ondas particular?

Eu ouvi falar dessa piscina do Kelly, deve ter sido uma grande decepção para ele. Lógico que eu gostaria de ter a minha própria piscina, qual surfista não gostaria? Quem sabe um dia eu construa a minha.

Como está a recuperação do seu tornozelo? 100%?

99%, tô me recuperando. Os médicos se surpreenderam com a minha evolução, mas ainda sinto uma leve dor quando surfo. Tenho certeza que vou estar pronto para o Billabong Rio Pro.

Vai conseguir soltar os aéreos?

Vou sim, pois até lá já estou recuperado.

O Adriano de Souza ganhou a última etapa do Circuito Mundial Você acredita que ele será o atleta a ser batido?

Certamente, o último campeão sempre é mais respeitado. E o Mineiro surfando no Brasil, com a torcida apoiando, será difícil derrotar ele.

Quando vemos as imagens dos campeonatos, vemos uma grande amizade entre os brasileiros e os europeus, como o português Tiago Pires que sempre está com vocês. Mas não vemos os australianos e americanos se relacionando com os demais. Você acredita que tenha uma separação, grupos formados que não se misturam?

Tem sim parece que os americanos e australianos não se misturam muito, eles tem uma vibe diferente da nossa. Os brasileiros e europeus são mais abertos e amigos.

E qual é a sua expectativa para o circuito esse ano?

Minha expectativa é a melhor possível. Ano passado eu também comecei mal, mas no final consegui reverter minha situação, portanto espero melhorar agora meus resultados para subir no ranking.

Galerias | Mais Galerias