#eventos #competições #surf #profissional #atletas #wsl #wqs #notícias #regional 
Saquarema - Rio de Janeiro - Brasil

Discípulo de Leo Neves incendeia a torcida no Saquarema Surf Festival

João Carvalho/ WSL Latin America

Arthur Máximo fechou a quarta-feira com uma vitória emocionante. Silvana Lima é a recordista do dia na abertura do Roxy Pro QS 3000. Em Saquarema serão decididos quatro títulos sul-americanos de 2021.

PRAIA DE ITAÚNA, Saquarema / RJ (Quarta-feira, 17 de novembro) - O surfista local de Saquarema, Arthur Máximo, incendiou a torcida na Praia de Itaúna com uma vitória emocionante fechando a quarta-feira do Saquarema Surf Festival em memória a Leo Neves, apresentado pela Prefeitura de Saquarema. O discípulo do bicampeão brasileiro homenageado no evento realizado pela 213 Sports, derrotou os favoritos Yago Dora, Mateus Herdy e Krystian Kymerson, com os recordes do dia no Quiksilver Pro QS 3000. Na quarta-feira, também foi iniciado o Roxy Pro QS 3000 e Silvana Lima fez a melhor apresentação da primeira fase. O show de surfe continua nesta quinta-feira, com os campeões mundiais Adriano de Souza e Lucas “Chumbo” Chianca estreando na bateria que começa as 7h00 na Praia de Itaúna, ao vivo pelo WorldSurfLeague.com

“Eu sempre vinha no projeto do Leo (Neves) e era muito treino nesse tipo de onda, nessas esquerdas, que são o ponto forte do meu surfe de backside, onde consegui ali a nota 8,75”, disse Arthur Máximo, sobre a maior nota do Quiksilver Pro QS 3000. “Estou muito feliz e não tenho nem o que falar. Parecia até uma final e eu estava super tenso antes da bateria. Eu ganhei a triagem (da Associação de Surf de Saquarema) para entrar no rounde 64 (terceira fase) e já sabia que ia enfrentar o Yago Dora, mas não sabia que os outros iam ser o Mateus Herdy e o Krystian Kymerson”.

Arthur Máximo já estava emocionado nessa hora da entrevista. Quando ele saiu do mar, foi carregado pela torcida até a arena do Saquarema Surf Festival, toda produzida com imagens do bicampeão brasileiro Leo Neves, que faleceu em 2019 enquanto disputava uma bateria de um evento local, nas mesmas ondas da Praia de Itaúna. Arthur entrou direto na terceira fase, na bateria do cabeça de chave número 1 do Quiksilver Pro QS 3000, Yago Dora, por ter vencido a triagem para os surfistas locais, promovida pela Associação de Surf de Saquarema (ASS). 

“Quanto eu estava lá no outside, depois que todo mundo saiu no fim da bateria, só pensei que essa bateria era para o Leo (Neves)”, continuou Arthur Máximo, já chorando de emoção na entrevista. “Não tenho nem palavras. O cara é o meu ídolo, o campeonato é dele e eu vou surfar pra ele. Só quem estava aqui naquele dia do acontecimento, sabe como é que foi. Eu vi a pior cena da minha vida. Era o meu ídolo ali e não tenho nem palavras para descrever”.

Foi assim, com muita emoção, que foi encerrado com chave de ouro o terceiro dia do Saquarema Surf Festival, com a melhor bateria da quarta-feira nas boas ondas da Praia de Itaúna. Nela estavam Yago Dora, nono melhor surfista do mundo no World Surf League Championship Tour deste ano, Mateus Herdy, recordista absoluto do Quiksilver Pro QS 3000 na terça-feira e Krystian Kymerson, campeão brasileiro e especialista em manobras aéreas.  

Mateus apostou nas direitas como no dia anterior, quando totalizou ainda imbatíveis 16,00 pontos na etapa masculina do WSL Qualifying Series do Saquarema Surf Festival, com as notas 8,50 e 7,50 recebidas pelos seus aéreos. Krystian também escolheu as direitas para voar. Yago preferiu as esquerdas, para mostrar a força do seu frontside agressivo, que o levou até as semifinais na estreia da etapa brasileira do CT em Saquarema, em 2017. A Praia de Itaúna encheu para assistir essa bateria e, quem roubou a cena, foi Arthur Máximo.

Ele pegou uma esquerda da série, que abriu uma longa parede para mostrar a potência do seu backside, combinando batidas verticais com fortes rasgadas, que arrancaram nota 8,75 dos juízes, a maior das 40 baterias do Quiksilver Pro QS 3000 disputadas até a quarta-feira. Com ela, Arthur Máximo assumiu a liderança e Yago também massacrou uma esquerda, que valeu nota 8,00, para ficar em segundo lugar. 

Nos minutos finais, Mateus começou a completar os aéreos que vinha arriscando nas direitas e chegou a igualar os 13,10 pontos do Yago, quando conseguiu sua maior nota, 6,85. Krystian Kymerson também usou os aéreos nas direitas, voando no início e no fim de uma mesma onda. Ele precisava de 6,46 para tirar o segundo lugar do Yago, mas a nota saiu 6,10 e permaneceu em quarto, com 12,75 pontos. Dora se classificou em segundo, por ter uma nota maior do que o Mateus, com Arthur Maximo vencendo a bateria com o maior placar do dia, 13,75. 

LOCAL DE SAQUAREMA – Outro local de Saquarema que avançou para a rodada dos 32 melhores do Quiksilver Pro QS 3000, foi Raoni Monteiro, que era muito amigo do homenageado pelo Saquarema Surf Festival, Leo Neves. Raoni está invicto nas ondas de Itaúna, ganhando sua terceira bateria contra outro grande amigo que está hospedado em sua casa, Hizunomê Bettero, o também paulista Renan Pulga e o catarinense Willian Cardoso, campeão de uma etapa do WSL Qualifying Series em Saquarema em 2010.

“Estou surfando em casa, mas estou nervoso pra caramba, com a maior pressão, porque estou vindo de um bom resultado, uma quarta de final lá do Sul, com boas apresentações, bom material com o Ricardo Martins arrepiando nas minhas pranchas e consegui passar mais uma, graças a Deus”, disse Raoni Monteiro.

Ele também falou um pouco sobre o seu grande amigo, Leo Neves: “É emocionante! A gente sente a presença do espírito do Leo aqui. Todo lugar que a gente olha, tem fotos do Leo, altas imagens dele e quero agradecer a WSL e os organizadores, por estarem fazendo esse evento em homenagem ao Leo. Ele foi uma pessoa muito importante no meio do surfe e é maneiro ver o Valentim (filho dele) seguir o legado do Leo, com aquele mesmo jeito do pai”.

Além de Willian Cardoso, que avançou junto com Raoni Monteiro para a quarta fase do Quiksilver Pro QS 3000, outro campeão de etapas do WSL Qualifying Series em Saquarema se classificou na tarde da quarta-feira. Alex Ribeiro ganhou a última delas em 2015 e estreou com vitória, sobre o argentino José Gundesen, com ambos eliminando dois classificados da terceira fase, Felipe Alves e Niccolas Padaratz.

CAMPEÕES MUNDIAIS – A etapa masculina do WSL Qualifying Series do Saquarema Surf Festival foi iniciada na terça-feira com 144 surfistas e apenas 48 seguem na disputa do título. Dezesseis já passaram para a rodada dos 32 melhores nos confrontos que fecharam a quarta-feira, com Arthur Máximo e Yago Dora conquistando as últimas vagas do dia. Outros dezesseis ainda nem estrearam no evento apresentado pela Prefeitura de Saquarema. Eles vão abrir a quinta-feira.

E o quarto dia vai começar mais cedo, às 7h00, com dois campeões mundiais logo na primeira bateria, Adriano de Souza que conquistou o título do CT em 2015 e o surfista de Saquarema, Lucas “Chumbo” Chianca, que já tem troféu de melhor do mundo no circuito de ondas gigantes da World Surf League. Os dois vão enfrentar o catarinense Caetano Vargas e potiguar Mateus Sena.

E no segundo confronto da quinta-feira, às 7h20, estão os finalistas da etapa da WSL Latin America encerrada no domingo em Florianópolis, o campeão Eduardo Motta e o vice, Michael Rodrigues. Os outros cabeças de chave que vão estrear no Saquarema Surf Festival, são o peruano Alonso Correa e o brasileiro Bino Lopes na terceira bateria do dia, na quarta entram o irmão do Lucas, João Chianca, o Chumbinho, com Marcos Correa, depois tem Wiggolly Dantas e Marco Fernandez na quinta, Samuel Pupo e Jessé Mendes na sexta, Victor Bernardo e Uriel Sposaro na sétima e Jadson André e Gabriel Klaussner na que fecha a terceira fase do Quiksilver Pro QS 3000.

ROXY PRO QS 3000 – Já todas as 32 concorrentes ao título do Roxy Pro QS 3000 estrearam na quarta-feira, entre as oito baterias restantes da segunda fase masculina e as oito primeiras da terceira. Entre elas, três surfistas que participaram das Olimpíadas de Tóquio, no Japão, a peruana Daniella Rosas, a equatoriana Dominic Barona e a brasileira Silvana Lima. As três confirmaram o favoritismo e ganharam suas primeiras baterias na Praia de Itaúna. 

A namorada do saquaremense João Chianca, Summer Macedo, também venceu a dela, mas alguns resultados surpreenderam. Um foi a eliminação de duas peruanas, a bicampeã sul-americana Pro Junior de 2017 e 2018, Sol Aguirre, e a vice-campeã da etapa do QS de Florianópolis, Melanie Giunta. A campeã, Laura Raupp, de apenas 15 anos, se classificou na bateria que Sol Aguirre perdeu, mas em segundo lugar na disputa vencida por outra jovem surfista, a baiana Sol Carrion, de 16 anos, que está estreando em etapas do QS no Saquarema Surf Festival.

Já Melanie Giunta, foi barrada por outra jovem peruana, Kalea Gervasi, no confronto que terminou com vitória de outra bicampeã sul-americana Pro Junior da WSL Latin America, Taina Hinckel. A irmã do tricampeão mundial, Sophia Medina, também ganhou a sua, mas o destaque do dia foi a experiente Silvana Lima, que bateu todos os recordes femininos. Na bateria que fechou a primeira fase do Roxy Pro QS 3000, a cearense tirou nota 7,50 na melhor onda e totalizou 12,75 pontos.   

“Estou superfeliz por ter começado bem aqui, porque perdi de cara em Floripa e fiquei meia abalada. Mas, Saquarema sempre me traz boas energias, boas lembranças e consegui pegar boas ondas para vencer”, disse Silvana Lima. “Foi só o começo, mas o surfe tá no pé, evoluindo cada vez mais e isso é uma coisa que me fortalece. Não vou me aposentar tão cedo e amanhã (quinta-feira) tenho uma entrevista no consulado, para viajar pro Havaí. Espero que dê tudo certo e vou em busca de um bom resultado lá no Challenger Series de Haleiwa”.

DECISÃO DE TÍTULOS – Além de promover as segundas etapas seguidas do WSL Qualifying Series no Brasil, o Saquarema Surf Festival em memória a Leo Neves vai decidir quatro títulos sul-americanos da WSL Latin America, nesta semana na Praia de Itaúna. Os da categoria Longboard podem ser definidos já nesta quinta-feira, dependendo das condições do mar. Caso não estejam favoráveis, os campeões do Longboard serão conhecidos na sexta-feira. Entre os classificados para as quartas de final na segunda-feira, estão os defensores dos títulos sul-americanos, a brasileira Chloe Calmon que é patrocinada pela Roxy e o peruano Piccolo Clemente.

Já os campeões sul-americanos do Pro Junior Sub-20, a previsão é de que esses títulos só sejam definidos no domingo decisivo do Saquarema Surf Festival. Esta categoria ainda nem foi iniciada e pode começar na quinta-feira, caso o Longboard fique para a sexta-feira. São 32 concorrentes divididos em oito baterias na categoria masculina e 16 na feminina em quatro confrontos. Os dois e as duas melhores em cada, avançam para a segunda fase. 

Saquarema Surf Festival apresentado pela Prefeitura Municipal de Saquarema, é um evento licenciado pela WSL Latin America para a 213 Sports realizar uma etapa do WSL Qualifying Series e seletivas sul-americanas para os mundiais das categorias Pro Junior e Longboard, todas para homens e mulheres competirem na Praia de Itaúna. O evento tem patrocínio da Quiksilver, ROXY, 51 ICE, Corona, apoio da Orthopride, Stanley Brasil, Monster Energy e parceria da Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro (FESERJ), Associação de Surf de Saquarema (ASS), MegAçaí e dos sites Ricosurf e Waves. O evento será transmitido ao vivo pelo WorldSurfLeague.com

PRÓXIMAS BATERIAS DO SAQUAREMA SURF FESTIVAL:

TERCEIRA FASE DO QUIKSILVER PRO QS 3000:

---------3.o=33.o lugar (200 pts) e 4.o=49.o lugar (180 pts)

9.a: Adriano de Souza (BRA), Lucas Chianca (BRA), Caetano Vargas (BRA), Mateus Sena (BRA)

10: Michael Rodrigues (BRA), Eduardo Motta (BRA), Ryan Kainalo (BRA), Pedro Dib (BRA)

11: Alonso Correa (PER), Bino Lopes (BRA), Santiago Muniz (ARG), Deyvson Santos (BRA)

12: João Chianca (BRA), Marcos Correa (BRA), Vitor Ferreira (BRA), Daniel Adisaka (BRA)

13: Wiggolly Dantas (BRA), Marco Fernandez (BRA), Yage Araujo (BRA), Wesley Leite (BRA)

14: Samuel Pupo (BRA), Jessé Mendes (BRA), Kim Matheus (BRA), Felipe Oliveira (BRA)

15: Uriel Sposaro (BRA), Victor Bernardo (BRA), Daniel Templar (BRA), Alan Jhones (BRA)

16: Jadson André (BRA), Gabriel Klaussner (BRA), Gustavo Borges (BRA), Giovani Pontes (BRA)

SEGUNDA FASE DO ROXY PRO QS 3000 – 1.a e 2.a=Quartas de Final:

---------3.a=9.o lugar (350 pts) e 4.a=13.o lugar (295 pts)

1.a: Daniella Rosas (PER), Arena R. Vargas (PER), Yanca Costa (BRA), Valeria Ojeda (VNZ)

2.a: Summer Macedo (BRA), Dominic Barona (ECU), Isabelle Nalu (BRA), Kiany Huakutake (BRA)

3.a: Sophia Medina (BRA), Julia dos Santos (BRA), Kalea Gervasi (PER), Sol Carrion (BRA)

4.a: Silvana Lima (BRA), Laura Raupp (BRA), Taina Hinckel (BRA), Larissa Santos (BRA)

PRIMEIRA FASE DO PRO JUNIOR SUB-20 MASCULINO:

---------3.o=17.o lugar (200 pts) e 4.o=25.o lugar (75 pts)

1.a: Eduardo Motta (BRA), Caio Costa (BRA), João Cypriano (BRA), Ytalo Oliveira (BRA)

2.a: Wallace Vasco (BRA), Diego Aguiar (BRA), Noel De La Torre (CHL), Lucas Bezerra (BRA)

3.a: Leo Casal (BRA), Kaue Germano (BRA), Renan Rodrigues (BRA), Cauã Gonçalves (BRA)

4.a: Mateus Sena (BRA), Ryan Kainalo (BRA), Philippe Neves (BRA), Kayki Araujo (BRA)

5.a: Daniel Templar (BRA), Kainan Meira (BRA), Diogo Santos (BRA), Valentin Neves (BRA)

6.a: Cauã Costa (BRA), Thiago Eduardo (BRA), Nazareno Pereyra (ARG), Luiz Mendes (BRA)

7.a: Heitor Mueller (BRA), Pedro Bianchini (BRA), Diego Brigido (BRA), Kalany Ratto (BRA)

8.a: Daniel Adisaka (BRA), Rodrigo Saldanha (BRA), Ian Casal (BRA), Murillo Coura (BRA)

PRO JUNIOR SUB-20 FEMININO – 1.a e 2.a=Quartas de Final:

---------3.a=9.o lugar (350 pts) e 4.a=13.o lugar (295 pts)

1.a: Tainá Hinckel (BRA), Naire Marquez (BRA), Kemily Sampaio (BRA), Julia Duarte (BRA)

2.a: Maju Freitas (BRA), Isabela Saldanha (BRA), Laura Raupp (BRA), Isabelle Nalu (BRA)

3.a: Daniella Rosas (PER), Coco Cianciarulo (ARG), Sophia Medina (BRA), Arena Rodriquez Vargas (PER)

4.a: Sol Aguirre (PER), Pamella Mel (BRA), Kalea Gervasi (PER), Luana Paes (BRA)

QUARTAS DE FINAL DO SAQUAREMA SURF FESTIVAL LONGBOARD PRO: 

CATEGORIA MASCULINA – 5.o lugar com 500 e US$ 150 de prêmio: 

1.a: Piccolo Clemente (PER) x Eduardo Bagé (BRA) 

2.a: Rodrigo Sphaier (BRA) x Darlan Marques (BRA)

3.a: Tony Silvagni (EUA) x William Saldaña Diaz (PER)

4.a: Jeferson Silva (BRA) x Alex Leco Salazar (BRA)

CATEGORIA FEMININA – 5.o lugar com 500 e US$ 150 de prêmio: 

1.a: Chloe Calmon (BRA) x Ayllar Cinti (BRA)

2.a: Mainá Thompson (BRA) x Evelin Neves (BRA)

3.a: Maria Fernanda Reyes (PER) x Jasmim Avelino (BRA)

4.a: Cristiana Pires (BRA) x Luana Soares (BRA)

RESULTADOS DA QUARTA-FEIRA NA PRAIA DE ITAÚNA:

SEGUNDA FASE DO QUIKSILVER PRO QS 3000:

---------3.o=65.o lugar (160 pts) e 4.o=81.o lugar (120 pts)

9.a: 1-Caetano Vargas (BRA), 2-Pedro Dib (BRA), 3-Roberto Araki (CHL), 4-Luciano Brulher (BRA)

10: 1-Ryan Kainalo (BRA), 2-Mateus Sena (BRA), 3-Fabricio Rocha (BRA), 4-Noel De La Torre (CHL)

11: 1-Santiago Muniz (ARG), 2-Daniel Adisaka (BRA), 3-Manuel Selman (CHL), 4-Theo Fresia (BRA)

12: 1-Vitor Ferreira (BRA), 2-Deyvson Santos (BRA), 3-Pericles Dimitri (BRA), 4-Gabriel Ramos (BRA)

13: 1-Yage Araujo (BRA), 2-Felipe Oliveira (BRA), 3-Pedro Neves (BRA), 4-Thiago Guimarães (BRA)

14: 1-Kim Matheus (BRA), 2-Wesley Leite (BRA), 3-Rodrigo Saldanha (BRA), 4-Gustavo Henrique (BRA)

15: 1-Daniel Templar (BRA), 2-Giovani Pontes (BRA), 3-Pedro Bianchini (BRA), 4-Luel Felipe (BRA)

16: 1-Gustavo Borges (BRA), 2-Alan Jhones (BRA), 3-Cauã Costa (BRA), 4-Douglas Silva (BRA)

TERCEIRA FASE – entrada dos 32 principais cabeças de chave:

---------3.o=33.o lugar (200 pts) e 4.o=49.o lugar (180 pts)

1.a: 1-Lucas Vicente (BRA), 2-Amando Tenorio (BRA), 3-Kauê Germano (BRA), 4-Caio Ibelli (BRA)

2.a: 1-Raoni Monteiro (BRA), 2-Willian Cardoso (BRA), 3-Renan Pulga (BRA), 4-Hizunomê Bettero (BRA)

3.a: 1-Robson Santos (BRA), 2-Gabriel André (BRA), 3-Igor Moraes (BRA), 4-Weslley Dantas (BRA)

4.a: 1-Alex Ribeiro (BRA), 2-José Gundesen (ARG), 3-Felipe Alves (BRA), 4-Niccolas Padaratz (BRA)

5.a: 1-Leandro Usuna (ARG), 2-Sebastian Olarte (URU), 3-Leon De La Torre (CHL), 4-Ian Gouveia (BRA)

6.a: 1-Thiago Camarão (BRA), 2-Matheus Navarro (BRA), 3-Gustavo Dvorquez (CHL), 4-Leo Casal (BRA)

7.a: 1-Miguel Tudela (PER), 2-Alejo Muniz (BRA), 3-Heitor Mueller (BRA), 4-Rafael Teixeira (BRA)

8.a: 1-Arthur Maximo (BRA), 2-Yago Dora (BRA), 3-Mateus Herdy (BRA), 4-Krystian Kymerson (BRA)

PRIMEIRA FASE DO ROXY PRO QS 3000:

------3.a=17.o lugar (US$ 350 e 600 pts) e 4.a=25.o lugar (US$ 250 e 500 pts)

1.a: 1-Daniella Rosas (PER), 2-Isabelle Nalu (BRA), 3-Yasmin Neves (BRA), 4-Marina Rezende (BRA)

2.a: 1-Arena R. Vargas (PER), 2-Kiany Hyakutake (BRA), 3-Kemily Sampaio (BRA), 4-Naire Marquez (BRA)

3.a: 1-Dominic Barona (ECU), 2-Yanca Costa (BRA), 3-Kayane Reis (BRA), 4-Isabela Saldanha (BRA)

4.a: 1-Summer Macedo (BRA), 2-Valeria Ojeda (VNZ), 3-Coco Cianciarulo (ARG), 4-Paloma Santos (BRA)

5.a: 1-Sol Carrion (BRA), 2-Laura Raupp (BRA), 3-Sol Aguirre (PER), 4-Karol Ribeiro (BRA)

6.a: 1-Sophia Medina (BRA), 2-Larissa Santos (BRA), 3-Julia Duarte (BRA), 4-Bruna Carderelli (BRA)

7.a: 1-Tainá Hinckel (BRA), 2-Kalea Gervasi (PER), 3-Melanie Giunta (PER), 4-Pamella Mel (BRA)

8.a: 1-Silvana Lima (BRA), 2-Julia dos Santos (BRA), 3-Sophia Gonçalves (BRA), 4-Monik Santos (BRA)

Comentários

Galerias | Mais Galerias