#estadual #amador #competições 

Cristiano Silva vence o ASM Macaé Ecosurf 2012

Pedro Monteiro

Cristiano Silva começou a prática do surfe na região da praia do Pecado com prancha de madeira e hoje é o maior vencedor nas ondas de Macaé

Cristiano Silva começou a surfar nos anos 80 com prancha de madeira e sempre que participou dos eventos em Macaé foi campeão. Nas categorias Mirim, Junior e Open, Cristiano foi tetra. Já mais velho na categoria sênior foi bi campeão. Hoje já disputando a categoria Master, Cristiano Silva é o atual campeão macaense e já venceu as duas primeiras etapas de 2012, estando a um passo do bi.

Durante o ASM Macaé Eco Surf 2012, que aconteceu neste fim de semana, 4 e 5 de agosto, na praia do pecado com ondas de meio metro, Cristiano mostrou que superar as dificuldades sempre vale à pena.

Na final da categoria Master que aconteceu neste domingo de sol e chuva, Nando Madalena, velho conhecido da galera local, fez a maior nota da final. Mas foram nos segundos decisivos que Cristiano superou Madalena e venceu levando mais uma vez o titulo, e deixando surfistas mais experientes no caso do Guilherme Graria, da Prainha em terceiro, e Zenóbio Pereira em quarto.

“Comecei a surfar aqui na praia dos Cavaleros com uma prancha de isopor da Yopa. Depois fiz uma com um pedaço de madeira de uma porta de armário. Passava vela derretida nela toda e ia para água. Foi quando eu tinha 11 anos que o meu pai arrumou uma prancha biquilha da Brasilian Dreams, que tinha um monte de bolhas, que comecei a usar uma prancha de fibra. A cordinha era de corda do varal e a presilha era uma meia,” lembrou Cristiano.

Cristiano Silva disputou também a final da categoria Open, mas terminou em segundo lugar, perdendo para o campeão João Castano, que também é surfista local e havia vencido a primeira etapa em 2012 e seque líder no ranking. O atleta argentino naturalizado em Búzios, Guiliano Arreyes, ficou em terceiro e Matheus Farias em quarto.

Matheus Farias foi o recordista da competição, durante a segunda semi final o atleta que se divide entre Macaé e Arraial do Cabo mandou belas manobras e aéreos altos, para registrar a maior nota 8,50 e o maior somatório 15,25 pontos em 20 possíveis. Vencedor da categoria Junior, Matheus também fez o segundo maior somatório na final, 14,25 pontos.

Destaque nas categorias mirim e Junior o intruso surfista de búzios Thomaz Alvarez fez duas finais e foi o campeão da Mirim e vice-campeão da Junior. Lucas Paes de apenas 12 anos foi a revelação. Mesmo perdendo na semi final da categoria Mirim, o surfistinha fez a final Junior e ficou na quarta colocação.

Durante os dois finais de semana durante o Macaé Eco Surf 2012, foram plantada mudas nativas de restinga: Pintanga, Araçá, Acerola e Açaí foram colocadas ao longo da orla da praia do Pecado e durante as próximas etapas do circuito da Associação de Surf de Macaé serão plantadas novas mudas.

“Estamos plantando mais de 70 mudas na nossa orla, houve uma revitalização na orla e agora queremos devolver o melhor para nossa restinga, temos um patrimônio e temos que cuidar.” disse Marco Loro.

Apresentado por HD e Maré Surf Shop, o ASM Macaé Ecosurf 2012 teve o patrocínio do Banco Itaú e Qualivita. O apoio institucional foi da Prefeitura de Macaé e do Governo do Estado do Rio de Janeiro. O apoio foi da Lee Surf, Total Surf, Flash Print, Blue Tree Towers Macaé, Niel Restaurante, IBIS Hotel, SIM Service e Aliminas. A realização foi da Adding, com apoio da Associação de Surf de Macaé, Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro e Associação Brasileira de Surf Profissional.

Resultados:

Máster

1- Cristiano Silva

2- Nando Madalena

3- Guilherme Gracia

4- Zenobio Pereira

Open

1- João Castano

2- Cristiano Silva

3- Guiliano Arreys

4- Matheus Faria

Junior

1- Matheus Farias

2- Tomaz Alvarez

3- Airtom Dilam

4- Lucas Paes