#viagens #ondas perfeitas #surf 
México

Chuá em Puerto Escondido

William Pinheiro Jr.

Tem gente que sonha em ir para a Disney. Eu sempre sonhei com Puerto, desde novo

Algo me dizia que aqueles tubos de Puerto era tudo o que eu queria. Quando meu primo me ligou dizendo que ia tirar férias e pensava em ir para lá, bateu a agonia. Assim que meu chefe chegou, foi enquadrado: preciso de férias.

Bem, após 3h de voo para SP, 6h de espera, 11hs de voo, uma noite no hotel, e outro voo de 1h, cheguei em Puerto. Pense num calor. Em menos de 1h já estava dentro d'água no maral, como todos que chegam por lá, o surf dos recém-chegados.

Fim de tarde fomos para La Punta, para o primeiro surf clássico. Depois foram 3 dias de ondas entre 8 e 12 pés sem parar. À tarde íamos para La Punta e pegávamos 4-8 pés perfeitos da última “roca” até a beira. Pense nas pernas cansadas.

O mar então baixou para uns 6 pés e subiu novamente para uns 8-10 pés. Já estava a mais de uma semana, perdi o ímpeto de ir em todas de frontside e já arriscava umas linhas na direita. Após este segundo Swell o mar baixou por uns 5 dias e ficou “flat” para os locais, entendam isso como 3-4 pés perfeitos com séries de 6 pés.. só alegria, alguns dos melhores tubos da vida.

O próximo swell prometia. Entrei no mar, passei por Ken Skindog Collins, Rusty Long, Kohl Christensen, Danilo Couto, Mark Healey, Greg Long, Alex Gray, etc. pensei comigo: acho que vai subir mesmo... Foi dito e feito, altas ondas e o Greg pegou a onda que lhe rendeu o prêmio Wave of the Summer.

Pegamos os mil e quinhentos voos de volta e retornamos para a nossa adorável rotina. Puerto é um lugar alucinante, a comida é excelente, as cervejas são de outro mundo, e as ondas deixam qualquer um calminho, calminho. Lá você vai pegar a onda que quiser, e vai ter várias que você não vai querer pegar. Os locais são "gente boa", é só respeitar, e tudo é barato em relação ao Brasil. Leve TODAS as pranchas que puder e peça mais algumas emprestadas. Se estiver disposto compre uma GUN lá na loja do Miguel, e as fotos de Daniel.

Os destaques no mar foram o peruano Álvaro Malpartida e o arrasta huevos porto riquenho BOBBY que pegaram tubos ESCUROS. Deram aula todos os dias. Outro que vale mencionar é o Oscar Moncada, o cara quebra e é super humilde dentro d'água.

Gostaria de agradecer a minha esposa Priscilla, que me deixou ir, ao meu chefe, Nabuco que me deu minhas férias e a Pro Rade camisas e bermudas que me deu um apoio incondicional.

Um abraço a todos e boas ondas.

Galerias | Mais Galerias