#competições #eventos #notícias #surf #profissional 
Alagoas - Brasil

CBSurf PRO DIA-04

Marcos Oliveira

GRANDES PERFORMANCES E SURPRESAS MARCAM O QUARTO DIA DE COMPETIÇÃO EM MACEIÓ.

O quarto dia de competições começou em Maceió e as ondas não param de entrar no Pontal da Barra, Alagoas recebeu toda entourage do surfe brasileiro da melhor maneira possível, com boas ondas desde o primeiro dia, de ontem para cá, com boas ondas e muito sol, combinação perfeita para quem vive o lifestyle do surfe e também para a audiência que assiste a transmissão pelo YouTube da Confederação.

O dia começou com os homens na água, em uma das primeiras baterias do dia o campeão Brasileiro Arthur Silva competiu pela primeira vez, ele passou sua bateria na segunda colocação atrás do experiente baiano Bruno Galini.

PARARAM CEDO

Thiago Camarão, o surfista que vinha fazendo os melhores somatórios nos rounds anteriores, sucumbiu diante de um Caetano Vargas inspiradíssimo e do notável Mateus Sena, Camarão encerrou precocemente sua apresentação em Maceió.

Um dos mais relevantes surfistas alagoanos, Amando Tenório, mesmo surfando em casa acabou eliminado na última bateria do 3º round, nesta bateria passaram o sempre consistente Alan Jhones e uma de nossas maiores promessas, Gabriel Klaussner.

Com a desclassificação de Amando Tenório, o único surfista local a permanecer na competição era Bernardo Pigmeu, Bernardo estava escalado na 4ª bateria do 4º round, ele acabou eliminado por Rafael Venuto e Ryan Kainalo, deixando a competição em Maceió sem representantes alagoanos nos dias finais.

Bruno Galini Por Pablo Jacinto

A GRANDE SURPRESA DO DIA

A surpresa do dia ficou por conta da derrota do Campeão Mundial Adriano de Souza, Mineiro ficou com a 4ª colocação em seu confronto, essa bateria foi bastante intensa, todos os surfistas pegaram muitas ondas. O paulista Hizunome Bettero se consolidou na primeira posição desde o início, Niccolas Padaratz, Glauciano Rodrigues e Adriano de Souza duelavam pela segunda vaga, eles trocavam de posição a todo momento, ao final Glauciano Rodrigues foi quem realmente avançou junto com Hizunome, depois da bateria Adriano escreveu: “Encerro a minha participação aqui em Maceió, obrigado a todos os locais pelo carinho, pelo incentivo, pelo apoio”.

ELEVANDO O NÍVEL

Na bateria seguinte, o referencial de performance foi reajustado, Willian Cardoso, surfista que venceu a etapa do Circuito Mundial em Uluwatu, na Indonésia em 2018, colocou a régua lá no alto. Panda, como é carinhosamente chamado no ambiente do surfe, fez duas ondas que lhe renderam o maior somatório dos quatro primeiros dias, 15.84 pontos, o surfista de Santa Catarina já declarou que tem o sonho de ser campeão brasileiro, podemos dizer que ele está começando bem.

Alex Ribeiro e Michael Rodrigues, surfistas recém saídos do circuito mundial, também passaram suas baterias na primeira colocação. Willian, Alex e Michael estão usando toda a experiência adquirida em anos de circuito mundial para conter o ímpeto desafiador da nova geração do surfe brasileiro.

AS MENINAS

Por volta das 10:40 as meninas colocaram todo seu encanto na água, uma de nossas maiores promessas, a catarinense Tainá Hinckel fez história ao ser a primeira mulher a passar uma bateria na nova era da Confederação. Yanca Costa, campeã brasileira de 2020 e Silvana Lima, tricampeã brasileira e vice-campeã mundial de 2008 e 2009 também avançaram suas baterias, a surpresa do dia ficou por conta da promessa Laura Raupp, que foi eliminada em sua primeira bateria por Kemily Sampaio e Alexia Monteiro, 1º e 2º colocadas respectivamente.

REPATRIANDO SONHOS E ESPERANÇA

O jovem e promissor surfista Leonardo Barcelos, local de Imbituba/SC, teve uma carreira vitoriosa como amador, contudo ao se profissionalizar ele desistiu do surfe em virtude do baixo número de competições e baixas premiações, o garoto foi tentar a vida como guarda mar nos Estados Unidos. Ao saber da quantidade de etapas e premiação que a nova diretoria da Confederação iria disponibilizar aos atletas, Leonardo resolveu voltar para o Brasil e retomar a carreira de surfista profissional, hoje, depois de passar sua terceira bateria, Leonardo resolveu contar sua história para a organização e dizer que enfim seu sonho se transformou em realidade, viver do surfe.

RETA FINAL

Amanhã o CBSurf PRO Maresia Maceió 2022 entra em seu antepenúltimo dia, as ações na água começam as 8:00h; homens e mulheres estão escalados para o espetáculo, tudo será transmitido pelo YouTube da Confederação, o CBSurfTV

Comentários

Galerias | Mais Galerias