#competições #eventos #atletas #regional #surf #profissional #master #nova geração #notícias 
Cabo de Santo Agostinho - Pernambuco - Brasil

Cauã Nunes vence o Metropolitano de Surf Pro

ALEXANDRE GONDIM/@blogdosurfe

Resultado garantiu a liderança do circuito para o surfista. Evento foi disputado nas praias de Cabo de Santo Agostinho.

Com a maior nota da final, 8.50, feita na última onda, o surfista local de Itapuama Cauã Nunes foi o grande campeão Profissional da primeira etapa do Circuito Metropolitano de Surf Pro 2021 que se encerrou neste domingo,10/10, após três dias de disputas no cabo de Santo Agostinho em Pernambuco e levou para casa os R$ 4 mil de premiação além da liderança do ranking.

A final mudava de líder a cada onda. Hora era o potiguar Mateus Sena, apontado por muitos como favorito ao título pelas performances feitas durante todo o evento, hora era Nayson Costa, excelente surfista paraense com manobras aéreas no pé ou então ia para o experiente Alan Jhones de Baia Formosa que fez até a maior nota do evento, 8.67, nas quartas de final.

Na última onda o “garoto de Itapuama” em um mar difícil de poucas e pequenas ondas achou uma esquerda e veio até o inside executando várias batidas para delírio da sua torcida na praia que esperou os poucos segundos que faltava para acabar a bateria. Assim que Selva, o locutor do evento anunciou a virada ele foi carregado até o palanque. Cauã somou 14,17 pontos.

“Estou felizaço em ganhar em casa, venho fazendo um trabalho de fortalecimento a um mês me preparando para esse campeonato. Agradeço a Deus ter mandado aquela esquerda eu sabia que ia virar, agradeço a torcida. Ainda estou adrenalizado” falou emocionado Cauã ao sair da final.

Cauã também fez a final da categoria Local, ficando em terceiro lugar, que foi vencida pelo Daivisson Santos que fez a mesma pontuação do campeão profissional, 14,77, seguido por Alex do Carmo e em quarto lugar Caio Santos.

Entre os “moleques” da nova geração, quem roubou a cena foi o garoto de Maracaípe, novo talento da família de campeões, Davi Batista, que fez três finais e competiu simultaneamente ficando em primeiro na Sub 14, segundo na Sub 16 e em terceiro na Sub 18 que foi vencida pelo talentoso Luan Ferreyra. Na Sub 16 o vencedor foi Yantui Duarte

Entre as mulheres Nicole Santos venceu mais uma vez mostrando que é a garota a ser batida nessa categoria em Pernambuco. Na Master o campeão foi Gleydson França e na Gran Master a vitória ficou com Rogerio Galvão.

Ao final da entrega de premiação Marco Surf, o organizador do evento fez questão de agradecer ao prefeito Keko do Armazém e sua equipe, que estavam presentes, o apoio dado para que o Circuito seja realizado e que a primeira etapa tivesse tido sucesso. Salientou que no litoral do Cabo de Santo Agostinho, que tem nove praias, seis são boas para a prática do surfe e que nosso esporte traz ao município uma vitrine positiva de vida saudável além de estimular o comércio e o turismo local.

Marco vem organizando eventos no cabo de Santo Agostinho desde 1995, na praia de Gaibu, onde surgiu o Metropolitano de Surf. Inicialmente como uma competição esportiva amadora agregando na sua programação, além do esporte, o entretenimento das comunidades praieiras, com surfistas, moradores locais e turistas que frequentam a orla.

O evento foi consolidado por sua continuidade e ganhando importância no calendário de eventos culturais e esportivos da cidade do Cabo. A cada edição realizada, o Metropolitano cresceu em infraestrutura, em participação dos surfistas, e em premiações. Todas as suas edições anteriores, como neste, sempre tiveram a expressiva participação do público e de surfistas de todo o Nordeste.

“O surfe no cabo de Santo Agostinho é um projeto de inclusão social. Hoje vivemos um novo momento, o surfe no Cabo vive um novo momento. Graças à equipe de Marco que não são carregadores de piano, como diz o ditado, e sim carregadores de pranchas. Hoje é um dia de grande emoção. Parabéns a todos os participantes e aos campeões”. Disse o prefeito Keko do Armazém que prometeu trazer um evento Brasileiro para as ondas do município.

A segunda etapa do Circuito Metropolitano de Surf Pro 2021 será na praia de Enseada dos Corais nos dias 12, 13 e 14 de dezembro. Nos encontraremos novamente para celebrar o surfe e o compromisso social. As inscrições das categorias de base foram com alimentos que serão doados a famílias em condições vulneráveis. Neste evento foram arrecadados 300 kg de alimentos entregue a Igreja Evangélica Livre de Itapuama responsável pela distribuição.

A realização do Circuito Metropolitano de Surf é da Associação de Surf do Cabo de Santo Agostinho – ASC com parceria do Centro Cultural Farol da Vila Incentivo na Produção Executiva, Prefeitura Municipal do Cabo de Santo Agostinho, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Esportes, Secretaria Executiva de Esportes e Juventude.

Os finalistas da I etapa do Circuito Metropolitano de Surf Pro 2021 foram:

PRO

1.       Cauã Nunes (PE) – 14.17 pts.

2.       Mateus Sena (RN) – 11.60 pts.

3.       Nayson Costa (PA) – 10.37 pts.

4.       Alan Jhones (RN) – 9.06

LOCAL

1.       Deivisson Santos – 14.17 pts.

2.       Alex do Carmo – 11.77 pts.

3.       Cauã Nunes – 9.60 pts.

4.       Caio Santos – 7.40 pts.

SUB 14

1.       Davi Batista – 10.26 pts.

2.       Luan Lapoli – 7.67 pts.

3.       Ruan Barros – 6.70 pts.

4.       Daniel Batista – 5,54 pts.

SUB 16

1.       Yantuir Duarte – 10.70 pts.

2.       Luan Ferreyra – 9.93 pts.

3.       Davi Batista – 9.30 pts.

4.       Luan Lapoli – 7.23.

SUB 18

1.       Luan Ferreyra – 11.03 pts.

2.       Junior Rocha – 10.27 pts.

3.       Davi Batista – 9.30 pts.

4.       Luan Lapoli – 7.23 pts.

FEMININO OPEN

1.       Nicole Santos – 10.17 pts.

2.       Ana Paula – 8.33 pts.

3.       Juliana Araujo – 6.16 pts.

4.       Marília Lacerda – 5.67 pts.

MASTER

1.       Gleidison França – 13.17 pts.

2.       Julio Pereira – 10.67 pts.

3.       Edson Costa – 5.16 pts.

4.       Ricardo Sauba 4.50 pts.

GRAN MASTER

1.       Rogério Galvão – 11.10 pts.

2.       Julio Pereira – 10.00 pts.

3.       Gustavo Henrique – 8,87 pts

4.       Cazuza – 8.63 pts.

Comentários

Galerias | Mais Galerias