#wqs #competições #surf #profissional #mundial 
Rio de Janeiro - Brasil

Carioca Simão Romão segue na busca pelo tri no Oakley Rio Surf Pro International

João Carvalho- ASP

Surfista local do Arpoador festejou o título nas outras duas edições desta etapa do Mundial WQS

Depois de três dias de espera, as ondas finalmente chegaram a Praia do Arpoador, ainda mexidas pelo forte vento sudoeste que continuou atuando no sábado. Foi um longo dia de competição, com 32 baterias sendo disputadas das 7 às 18 horas para definir os 24 melhores do Oakley apresenta Rio Surf Pro International. Apenas três estrangeiros conseguiram passar para o domingo decisivo da primeira das duas etapas seguidas com nível máximo 6 estrelas na Cidade Maravilhosa. A outra começa terça-feira na Barra da Tijuca. O surfista local do Arpoador, Simão Romão, venceu o último confronto do dia e continua na busca pelo tricampeonato, para manter a invencibilidade na praia que é considerada como o berço do surfe brasileiro.

“Eu estava muito ansioso. Passei a semana toda esperando as ondas, querendo treinar, não tinha nada, mas fui malhar na academia todo dia e estava louco pra competir logo”, disse Simão Romão. As ondas estavam rolando mais no meio da praia, no entanto quando se aproximou a hora da estreia do defensor do título, elas começaram a surgir perto da pedra como é mais comum. Ou seja, até o mar parece ter se preparado para receber o maior ídolo da Praia do Arpoador no momento.

Com a entrada das principais estrelas do Oakley apresenta Rio Surf Pro International, novos recordes foram estabelecidos no sábado. O paraibano Jano Belo voou bonito nos aéreos para totalizar exatos 15 pontos no maior placar do campeonato. Já a melhor apresentação em uma onda foi a do pernambucano Alan Donato, que acertou duas batidas retas muito fortes de backside para arrancar um 8,83 dos juízes. Mesmo assim, passou em segundo lugar na disputa vencida pela nova sensação do surfe brasileiro, o paulista Gabriel Medina, que usou os aéreos para conquistar sua segunda vitória no sábado.

O paulista Gabriel Medina tem apenas 16 anos de idade, mas já é uma atração nos eventos que participa pelos seus aéreos espetaculares principalmente. A condição difícil do mar não permitiu que ele apresentasse essa manobra na sua bateria de estréia no Oakley Rio Surf Pro International. Mas, em sua segunda participação ele mostrou um pouco do que sabe. Na melhor onda, completou um aéreo reverse seguido por um tubo para passar invicto pelo sábado na Praia do Arpoador.

Dos surfistas que passaram para o domingo, o carioca Raoni Monteiro é o mais bem colocado no ASP World Ranking, em 34.o lugar. Ele conhece bem as ondas do Arpex e venceu suas duas baterias no sábado. Na rodada dos 24 melhores, vai competir junto com seu amigo, Leonardo Neves, além do atual campeão brasileiro Messias Felix (CE) e Marthen Pagliarini (SC).

ESTRANGEIROS - Entre os estrangeiros, o japonês Masatoshi Ohno foi o primeiro a se classificar para o domingo. Ele passou em segundo lugar nas duas baterias do sábado nas ondas mexidas do Arpoador. Na primeira, despachou dois brasileiros na disputa vencida pelo gaúcho Rodrigo Dornelles. Depois, barrou o havaiano Mason Ho e o cearense Thiago de Sousa para avançar junto com o paulista Saulo Junior para a rodada dos 24 melhores do Oakley Rio Surf Pro International.

TERCEIRA FASE – 3.o=25.o lugar (US$ 1.500 e 578 pts) / 4.o=37.o lugar ($ 1.200 e 400 pts):

1.a: 1-Ulisses Meira (BRA), 2-Tomas Hermes (BRA), 3-Magno Pacheco (BRA), 4-Thiago Guimarães (BRA)

2.a: 1-Marcio Farney (BRA), 2-Patrick Tamberg (BRA), 3-Dennis Tihara (BRA), 4-Caetano Vargas (BRA)

3.a: 1-Saulo Junior (BRA), 2-Masatoshi Ohno (JPN), 3-Mason Ho (HAV), 4-Thiago de Sousa (BRA)

4.a: 1-Charlie Brown (BRA), 2-Leandro Bastos (BRA), 3-Rodrigo Dornelles (BRA), 4-Beto Fernandes (BRA)

5.a: 1-Messias Felix (BRA), 2-André Silva (BRA), 3-Pedro Henrique (BRA), 4-Medi Veminardi (REU)

6.a: 1-Raoni Monteiro (BRA), 2-Robson Santos (BRA), 3-David do Carmo (BRA), 4-Ricardo Ferreira (BRA)

7.a: 1-Gilmar Silva (BRA), 2-Marthen Pagliarini (BRA), 3-Diego Rosa (BRA), 4-Halley Batista (BRA)

8.a: 1-Brandon Jackson (AFR), 2-Leonardo Neves (BRA), 3-Paulo Moura (BRA), 4-Manuel Selman (CHL)

9.a: 1-Gabriel Medina (BRA), 2-Alan Donato (BRA), 3-Renato Galvão (BRA), 4-Alandreson Martins (BRA)

10: 1-Luel Felipe (BRA), 2-Jano Belo (BRA), 3-Franklin Serpa (BRA), 4-Jean da Silva (BRA)

11: 1-Victor Ribas (BRA), 2-Bruno Galini (BRA), 3-Marco Fernandez (BRA), 4-Guilherme Ramalho (BRA)

12:, 1-Simão Romão (BRA), 2-Aritz Aranburu (ESP), 3-Flavio Nakagima (BRA), 4-Odirlei Coutinho (BRA)

SEGUNDA FASE – 3.o=49.o lugar (US$ 600 e 300 pts) / 4.o=73.o lugar ($ 500 e 169 pts):

---------------------baterias realizadas na sexta-feira:

1.a: 1-Ulisses Meira (BRA), 2-Dennis Tihara (BRA), 3-Neco Padaratz (BRA), 4-Igor Morais (BRA)

2.a: 1-Tomas Hermes (BRA), 2-Marcio Farney (BRA), 3-Jason Torres (CRI), 4-Ricardo dos Santos (BRA)

3.a: 1-Caetano Vargas (BRA), 2-Magno Pacheco (BRA), 3-Felipe Ximenes (BRA), 4-Jeronimo Vargas (BRA)

4.a: 1-Patrick Tamberg (BRA), 2-Thiago Guimarães (BRA), 3-Tamaê Bettero (BRA), 4-Bernardo Pigmeu (BRA)

---------------------baterias que abriram o sábado:

5.a: 1-Thiago de Sousa (BRA), 2-Beto Fernandes (BRA), 3-Willian Cardoso (BRA), 4-Gabriel Pastori (BRA)

6.a: 1-Mason Ho (HAV), 2-Leandro Bastos (BRA), 3-Tanio Barreto (BRA), 4-Adrien Toyon (REU)

7.a: 1-Charlie Brown (BRA), 2-Saulo Junior (BRA), 3-Yuri Sodré (BRA), 4-Erbeliel Andrade (BRA)

8.a: 1-Rodrigo Dornelles (BRA), 2-Masatoshi Ohno (JPN), 3-Eric de Souza (BRA), 4-Heitor Pereira (BRA)

9.a: 1-Pedro Henrique (BRA), 2-Ricardo Ferreira (BRA), 3-Nathan Brandi (BRA), 4-Rodrigo Wazlawick (BRA)

10: 1-Messias Felix (BRA), 2-Robson Santos (BRA), 3-Gavin Gillette (HAV), 4-Marcelo Bispo (BRA)

11: 1-David do Carmo (BRA), 2-André Silva (BRA), 3-Danilo Costa (BRA), 4-Caio Vaz (BRA)

12: 1-Raoni Monteiro (BRA), 2-Medi Veminardi (REU), Wilson Nora (BRA), Stefano Dornelles (BRA)

13: 1-Halley Batista (BRA), 2-Manuel Selman (CHL), 3-Antonio Bortoletto (AFR), 4-Wiggolly Dantas (BRA)

14: 1-Diego Rosa (BRA), 2-Paulo Moura (BRA), 3-Cesar Aguiar (BRA), 4-Angelo Lozano (MEX)

15: 1-Brandon Jackson (AFR), 2-Gilmar Silva (BRA), 3-Rudá Carvalho (BRA), 4-Pedro Husadel (BRA)

16: 1-Leonardo Neves (BRA), 2-Marthen Pagliarini (BRA), 3-João Guedes (BRA), 4-Ian Gouveia (BRA)

17: 1-Gabriel Medina (BRA), 2-Luel Felipe (BRA), 3-Bruno Rodrigues (BRA), 4-Pedro Norberto (BRA)

18: 1-Alandreson Martins (BRA), 2-Jean da Silva (BRA), 3-Eneko Acero (ESP), 4-Argus Diniz (BRA)

19: 1-Jano Belo (BRA), 2-Renato Galvão (BRA), 3-Bernardo Lopes (BRA), 4-Jatyr Berasaluce (ESP)

20: 1-Franklin Serpa (BRA), 2-Alan Donato (BRA), 3-Pablo Paulino (BRA), 4-Alan Jhones (BRA)

21: 1-Marco Fernandez (BRA), 2-Odirlei Coutinho (BRA), 3-Hizunomê Bettero (BRA), 4-Carlos Munoz (CRI)

22: 1-Victor Ribas (BRA), 2-Aritz Aranburu (ESP), 3-Marcelo Nunes (BRA), 4-Gustavo Fernandes (BRA)

23: 1-Simão Romão (BRA), 2-Bruno Galini (BRA), 3-Alex Ribeiro (BRA), 4-Adilton Mariano (BRA)

24: 1-Flavio Nakagima (BRA), 2-Guilherme Ramalho (BRA), 3-Michel Roque (BRA), 4-Marco Polo (BRA)

Galerias | Mais Galerias