#competições #eventos #surf #festival #atletas #profissional #regional #notícias 
Cabo de Santo Agostinho - Pernambuco - Brasil

Campeonato nacional em Pernambuco chega as finais.

Alexandre Gondim/@blogdosurfe

Definidos os semifinalistas que estão a duas baterias de se tornarem os campeões do Festival Multicultural Viva, evento nacional que esta sendo disputado na praia da Reserva do Paiva no Cabo de Santo Agostinho.

Neste sábado,06/11, dos 360 inscritos em três modalidades de surfe: SUP, Longboard e Shortboard restaram 54 surfistas divididos em 9 categorias. Entre todos os competidores o pequeno João Pedro do Ceará foi o que fez a maior nota de todo o evento, 8.25, até agora. Sua onda superou as boas performances do cearense Fabio Silva que fez a maior pontuação, 15.40, e é favorito para vencer as duas categorias que participa : Gran Master e Kahuna. 

“Estou muito feliz de ter passado minhas baterias o campeonato esta alucinante, vários atletas de muitos estados diferentes de país participando. A organização esta de parabéns e eu convido a todos que venhas assistir as finais desse campeonato incrível”, disse Fabio Silva.

Na Master, para surfistas com mais de 35 anos, Alan Donato vem com a maioria das apostas sobre ele por seu surfe moderno com manobras progressivas e aéreas. Na Gran Kahhuna o catarinense Roni Ronaldo vem com a maior pontuação da categoria, 7.15. e Zé Radiola que voltou as competições foi o que surfou a melhor onda entre os Legends, para surfista acima de 55 anos. Entre as mulheres, a jovem Joyce Silva foi a maior pontuadora.  

“O evento esta alucinante, não só a estrutura oferecida, mas também a socialização e o resgate da cultura do surfe pernambucano com os homenageados, apresentando para muita gente que não conhecia os nomes e a conquista do surfe pernambucano. É a primeira vez que estou nessa categoria e a expectativa é grande, eu nunca tinha surfado no Paiva, achei a onda interessante e tenho que ficar esperto na mudança da maré. Ainda estou competindo como profissional e logo apôs terminar esse evento viajo para competir nas duas etapas brasileiras do Qualifying Series da WSl que vai ser em Saquarema e em Florianópois”. falou Alan Donato.

Amanhã, domingo 07/11, as baterias começam as oito horas e vale a pena chegar cedo para aproveitar o show de surfe desse ultimo dia do Festival Viva. Além do surfe tem feira de artesanato, gastrônommia, massoterápia, exposição de arte reciclavel e o memorial do Surfe dos anos 80. Vale a pena essa imersão na cultura do surfe com os pés na areia e curtindo a natureza e a vida ao ar livre.

SOBRE O FESTIVAL MULTICULTURAL VIVA : Serão dias vivenciando práticas esportivas, culturais e ambientais onde a qualidade da vida ao ar livre em contato com a natureza será compartilhada através de disputas de Surfe, Longboard e Stand Up Padlle (SUP) Waves aliadas a consciência ambiental, arte, gastronomia, cultura e saúde criando a possibilidade de abrir um excelente campo para negócios voltados a um desenvolvimento sustentável.

Além das competições esportivas haverá diversas atividades para o público: Ginástica Funcional, coleta seletiva de micro lixo, palestras de diversos temas, dicas de nutrição, exposição de arte ambiental e reciclada, praça de alimentação saudável, loja de artesanato, espaço para massoterapia, eco brindes com plantio de mudas, escolinha de surfe inclusiva, surfe adaptado, surf dog, memorial do surfe pernambucano com exposição fotográfica, pranchas retrô, homenagens a surfistas célebres, Dj temático com músicas da década de 80, promoções e sorteio de prancha.

O Festival levará a praia do Paiva um público apaixonado pela vida ao ar livre respeitando os protocolos presenciais, requisitos da Vigilância Sanitária e deliberações governamentais e também acontecerá transmissões ao vivo pela internet para acompanhamento remoto pelo link Http://www.websurf.com.br/viva

Estão competindo em três modalidade e diversas categorias 360 atletas no Festival que tem o patrocínio, entre outros, da Copergas e do Banco do Nordeste - Pátria Amada Brasil - Governo Federal e é organizado pela Associação de Surf do Cabo de Santo Agostinho - ASC e chancelada pela Confederação Brasileira de Surf - CBSurf

Comentários

Galerias | Mais Galerias