#brasileiro #surf 
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil

Campeã Brasileira Vive Expectativa de Receber o BSP em Casa

Media Guide Comunicação

Atleta está focada na preparação para as disputas do maior e mais importante campeonato de surfe do país, que acontecerá em Ubatuba, entre os dias 21 e 25 de setembro.

Após a primeira etapa no Nordeste, na Praia do Cupe, e do desafio na Praia de Geribá, o Brasil Surf Pro desembarca na Praia de Itamambuca, em Ubatuba, entre os dias 21 e 25 de setembro. O litoral paulista, famoso por points de surfe e modalidades aquáticas receberá os melhores surfistas do país para a disputa do Campeonato Brasileiro. Com cinco etapas e premiação total de um milhão, o Brasil Surf Pro é um dos circuitos mais fortes do mundo. Em Ubatuba estarão em jogo R$ 200 mil de prêmio.

A atual campeã brasileira está focada nos treinos e empolgada para competir em casa. A atleta de Itamambuca acredita que o apoio da família fará a diferença.

“Nada como poder competir em casa, com a torcida a meu favor, conhecendo bem as ondas. Essa é umas das etapas com mais ondas constantes e boas condições. Acredito que os atletas mostrarão um nível bem elevado de surf, “enfatiza Suelen Naraísa.

A etapa promete boas mudanças no ranking. Como as finais de Búzios tiveram que ser canceladas por falta de ondas 16 atletas encerraram a competição em 9º lugar, o que mudou pouca coisa na colocação da primeira etapa. A liderança do Circuito Brasileiro continua nas mãos de Thomas Hermes com uma pequena diferença para o baiano Bruno Galini.

No feminino a competição acabou antes da final e a paraibana Diana Cristina e a catarinense Juliana Quint ficaram com a pontuação de segundo lugar (860 pontos cada). Pelo jeito a 3º etapa do Brasil Surf Pro terá gostinho de final.

Plataforma Surf Pelas Florestas realizará uma série de ações ambientais envolvendo a comunidade local, o público na praia e os surfistas.

Mais uma vez o Brasil Surf Pro faz a sua parte para o planeta com a Plataforma Petrobras Surf Pelas Florestas no litoral norte paulista. As atividades acontecerão na praia de Itamambuca e em comunidades da região norte do município, entre os dias 20 e 25 de setembro. A Plataforma será movimentada, com espaços de conhecimento e integração, palestras, visitas às escolas com equipe pedagógica, celebração do Dia da Árvore com mutirão de plantio, expedição, além da soltura de tartarugas. As atividades possibilitam a comunidade, lideranças socioambientais locais, público e até os surfistas, ter uma convivência com a cultura da sustentabilidade, através de ações de engajamento e conhecimento dos bons exemplos socioambientais na região.

"As belezas naturais de Ubatuba e o cenário espetacular do local do campeonato na praia da Itamambuca nos inspirou muito quando desenvolvemos o projeto Petrobras Surf Pelas Florestas. Com o maior cobertura florestal do país (90%) e uma comunidade ambiental muita engajada de ONGs, projetos e ambientalistas, o município da Ubatuba mostrou os melhores resultados de continuidade das iniciativas realizadas nesta etapa ano passado”, comenta Glenn Suba, gerente de sustentabilidade do Brasil Surf Pro,.

A Petrobras Surf Pelas Florestas terá uma base fixa de conhecimento sobre preservação ambiental. O espaço montado no local do campeonato com uma exposição de painéis informativos sobre os biomas florestais brasilieros.

O Projeto Juçara é um dos principais focos do evento. O Programa Ambiental da Petrobras, junto com IPEMA, Instituto da Permacultura, e com as comunidades da região desenvolveram uma técnica para extrair do fruto da palmeira Juçara, uma polpa com propriedades similares do Acaí que vem fazendo muito sucesso. Além de ser uma renda complementar, aliado a um programa de repovoamento da espécie esse trabalho tem deixado a Palmeira Juçara fora da lista das espécies em risco de extinção.

As crianças das comunidades de Camburi, composta principalmente de familias quilombos e Picinguaba familias de pescadores e agricultores familiares, alunos das escolas municipais, terão a oportunidade de fazer uma visita ao campeonato nos dias 22 e 23 de setembro. Eles conhecerem um pouco sobre a importância da preservação das florestas brasileiras e os projetos ambientais parceiros do evento. Depois farão uma caminhada para conhecimento do ecossistema da foz do Rio Itamambuca e seu entorno.

Um dos passeios mais esperados do evento é a Expedição Surf Pelas Florestas - Rio Itamambuca. Surfistas, ambientalistas, famílias e parceiros da mídia serão convidados para subir o Rio usando Stand Up Paddle boards, pranchões, canoas e um barco elétrico com a finalidade de conhecer e entender melhor a relação de equilíbrio entre a preservação das florestas e o desenvolvimento urbano numa bacia hidrográfica.

O Café da manhã socioambiental, que foi um grande sucesso em Búzios, desta vez será realizado no autêntico estilo caiçara, no sábado dia 24. Será apresentado os objetivos do plano de sustentabilidade do BSP, do PGA Itamambuca, do IPEMA e Projeto Juçara e serão convidados representantes de ONG’s e lideranças das comunidades do litoral do município da Ubatuba.

Um momento especial marcará o último dia de competição. Como demonstração da riqueza ambiental da região e ao trabalho do Projeto Tamar será realizada a soltura de tartarugas reabilitadas no intervalo entre as semi e finais. Enquanto os surfistas darão um exemplo de disciplina, determinação e respeito com o meio ambiente a equipe ambiental da competição se engajará ao máximo com a região de Ubatuba deixando o legado da Plataforma Surf Pelas Florestas para o litoral paulista.

Petrobras e Skol apresentam o Brasil Surf Pro 2011, o patrocinio é da Hawaiian Dreams (HD). Apoio da Oi Futuro, dos canais SporTV e Multishow, da TV Jam, Prefeitura de Ubatuba, Federação Paulista de Surf (FPSurf) e da Associação Ubatubense de Surf (AUS). O campeonato conta com recursos da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, organização da ABRASP, realização e produção Brasil1 Esporte e MaxSports.

Galerias | Mais Galerias