#brasileiro 
Ipojuca - Pernambuco - Brasil

Brasil Surf Pro define as semifinalistas do feminino em Ipojuca

João Carvalho - Assessoria de Imprensa do BSP

Paulista Suelen Naraisa segue invicta na busca pelo bicampeonato brasileiro em 2010

As semifinalistas da categoria feminina do Brasil Surf Pro de Pernambuco já foram definidas na quinta-feira de Sol e boas ondas na Praia do Cupe, em Ipojuca, no litoral sul do estado. A defensora do título brasileiro, Suelen Naraisa, passou pela tetracampeã Andrea Lopes e vai enfrentar a paraibana Diana Cristina na primeira semifinal. Ela não perdeu nenhuma bateria esse ano e segue firme na busca pelo bicampeonato brasileiro em 2010. Já a outra semifinal ficou formada pela catarinense Juliana Quint e a paulista Camila Cássia. As meninas entraram no mar depois da segunda fase masculina, que continua com a rodada dos cabeças-de-chave às 14 horas, quando a maré volta a encher na Praia do Cupe.

O grande destaque do dia entre os homens foi o paulista Ricardo Ferreira, um dos atletas da Equipe HD na elite nacional do Brasil Surf Pro 2010. Ele estabeleceu um novo recorde de 14,43 pontos para esta segunda etapa da Divisão Principal do Circuito Brasileiro, a única na Região Nordeste do país. O atual campeão paulista também registrou a maior nota dos dois primeiros dias na Praia do Cupe, 7,83.

Já entre as meninas, a recordista absoluta é Diana Cristina. A índia Tininha da Tribo Potiguara da Baía da Traição, litoral norte da Paraíba, tinha recebido uma nota 7,5 na quarta-feira e na quinta se tornou a única a ultrapassar a marca dos dez pontos, alcançando 12,40 na vitória sobre a pernambucana Monik Santos. Antes da melhor apresentação feminina do Brasil Surf Pro em Pernambuco, Suelen Naraisa ganhou o confronto das campeãs brasileiras que abriu as quartas-de-final na Praia do Cupe.

No ano passado, Suelen conquistou seu primeiro título com Andrea terminando como vice-campeã e a paulista de Ubatuba voltou a superar a experiente carioca nesta quinta-feira em Ipojuca. “Daqui de fora parece que tem altas ondas, mas está difícil lá dentro. A Andrea surfa e compete muito bem e acho que dei sorte de pegar uma onda boa. Depois foi só tática para administrar a vantagem”, contou Suelen, que aumentou para 166 o seu recorde de baterias disputadas na Divisão Principal do Brasileiro.

“Estou feliz por chegar em mais uma semifinal. Comecei bem o ano com vitória na primeira etapa lá em casa (Ubatuba-SP) e vamos rumo ao bicampeonato. Sei que não vai ser fácil porque as meninas todas estão surfando muito bem, mas confio no meu surfe e no trabalho que venho desenvolvendo para conquistar bons resultados”, acredita a paulista que já fez duas finais nas três vezes que a Divisão Principal do Brasileiro passou pela Praia do Cupe. Ganhou a decisão de 2004 contra Silvana Lima e foi vice-campeã na de 2008 com a também cearense Tita Tavares.

As quartas-de-final femininas rolaram na maré seca, em ondas menores do que no início do dia, quando as séries entravam perfeitas com 3-4 pés de altura na Praia do Cupe. O carioca Leandro Bastos e o gaúcho Rodrigo Dornelles foram os primeiros a se classificar para a rodada dos cabeças-de-chave do Brasil Surf Pro. O pernambucano Alan Donato avançou em segundo no segundo confronto da quarta-feira e no terceiro o paraibano Ulisses Meira e o carioca Raoni Monteiro tiraram um campeão brasileiro, Gustavo Fernandes. O mar foi melhorando e ótimas ondas foram surfadas nas baterias seguintes.

O campeão paulista Ricardo Ferreira registrou os recordes da etapa pernambucana - nota 7,83 e 14,43 pontos - na vitória sobre o niteroiense Bruno Santos, o potiguar Danilo Costa e Patrick Tamberg, de Fernando de Noronha (PE). Na disputa seguinte, o cearense Michel Roque achou o caminho dos tubos na Praia do Cupe para derrotar até o tricampeão brasileiro Peterson Rosa, que avançou em segundo. Já o baiano Alandreson Martins preferiu os aéreos para se tornar o segundo surfista a ultrapassar os 14 pontos, somando 14,10 nas duas notas computadas nos resultados das baterias.

E os donos das duas melhores apresentações do Brasil Surf Pro de Pernambuco ainda voltariam ao mar na tarde da quinta-feira. Ricardo Ferreira foi escalado para enfrentar outro paulista, Heitor Pereira, na abertura da rodada de estreia dos cabeças-de-chave e Alandreson Martins pega o vice-campeão da primeira etapa em Ubatuba (SP), o cearense Márcio Farney, na quarta bateria. Só as seis primeiras serão realizadas na quinta-feira e a sétima está confirmada para começar as 8 horas na sexta-feira.

O Brasil Surf Pro 2010 é patrocinado pela Petrobras, Skol e HD (Hawaiian Dreams) e tem apoio dos canais SporTV e Multishow, da Editora Globo (Revistas Época e Época Negócios) e da TV Jam. O campeonato conta com recursos da Lei Federal de Incentivo ao Esporte. A produção é da Max Sports e realização da Brasil1 Esporte e ABRASP (Associação Brasileira de Surf Profissional). Esta segunda etapa na Praia do Cupe também conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Ipojuca, da Associação Nordestina de Surf (ANS) e será transmitido ao vivo pelo www.brasilsurfpro.com.br.

QUARTAS-DE-FINAL FEMININAS – 5.o lugar – R$ 2.175,00 e 610 pontos:

1.a: Suelen Naraisa (SP) 7.30 x 7.17 Andrea Lopes (RJ)

2.a: Diana Cristina (PB) 12.40 x 7.97 Monik Santos (PE)

3.a: Camila Cássia (SP) 8.83 x 6.23 Nathalie Martins (PR)

4.a: Juliana Quint (SC) 9.67 x 7.26 Luana Coutinho (SP)

SEGUNDA FASE MASCULINA – 3.o=33.o lugar (R$ 1.500 e 320 pts) / 4.o=41.o (R$ 1.200 e 280 pts):

1.a: 1-Leandro Bastos (RJ), 2-Rodrigo Dornelles (RS), 3-Marco Fernandez (BA), 4-Edvan Silva (CE)

2.a: 1-Flávio Nakagima (SP), 2-Alan Donato (PE), 3-Krystian Kymmerson (ES), 4-Alex Ribeiro (SP)

3.a: 1-Ulisses Meira (PB), 2-Raoni Monteiro (RJ), 3-Thiago de Sousa (CE), 4-Gustavo Fernandes (RJ)

4.a: 1-Ricardo Ferreira (SP), 2-Bruno Santos (RJ), 3-Danilo Costa (RN), 4-Patrick Tamberg (FN)

5.a: 1-Michel Roque (CE), 2-Peterson Rosa (PR), 3-Robson Santos (SP), 4-Dunga Neto (CE)

6.a: 1-Alandreson Martins (BA), 2-Bruno Moreira (SP), 3-Guilherme Ferreira (SC), 4-Greg Cordeiro (SC)

7.a: 1-Jean da Silva (SC), 2-Bruno Galini (BA), 3-Willian Cardoso (SC), 4-Emerson Piai (SP)

8.a: 1-Bino Lopes (BA), 2-Guga Arruda (SC), 3-Raphael Becker (SC), 4-Beto Mariano (SC)

TERCEIRA FASE – CABEÇAS-DE-CHAVE:

1.a: Heitor Pereira (SP) x Ricardo Ferreira (SP)

2.a: André Silva (CE) x Jean da Silva (SC)

3.a: Tânio Barreto (AL) x Bruno Moreira (SP)

4.a: Márcio Farney (CE) x Alandreson Martins (BA)

5.a: David do Carmo (SP) x Rodrigo Dornelles (RS)

6.a: Alan Jones (RN) x Bruno Santos (RJ)

7.a: Wilson Nora (BA) x Leandro Bastos (RJ)

8.a: Messias Felix (CE) x Raoni Monteiro (RJ)

9.a: Jano Belo (PB) x Bruno Galini (BA)

10: Franklin Serpa (BA) x Flavio Nakagima (SP)

11: Renato Galvão (SP) x Alan Donato (PE)

12: Leonardo Neves (RJ) x Peterson Rosa (PR)

13: Pedro Henrique (RJ) x Bino Lopes (BA)

14: Rudá Carvalho (BA) x Michel Roque (CE)

15: Odirlei Coutinho (SP) x Ulisses Meira (PB)

16: Hizunomê Bettero (SP) x Guga Arruda (SC)

João Carvalho – Assessoria de Imprensa do BRASIL SURF PRO 2010 - (48) 9988-2986 – joaocarvalho@matrix.com.br

Galerias | Mais Galerias