#tubarões #política 
Austrália

Bodyboarder morre ao ser atacado por tubarão

Surfguru

Não se trata de Recife: O local foi imediatamente isolado pelas autoridades, não somente para o surfe, mas para o banho de mar também. Nenhuma prancha foi apreendida e as autoridades não pensam em proibir a prática do surfe.

Um rapaz de 20 anos morreu este domingo vítima de um ataque de um tubarão, enquanto praticava bodyboard com alguns amigos, em Bunker Bay, uma praia situada no oeste da Austrália, uma das mais conhecidas praias australianas para a prática do surfe.

O jovem teve suas pernas arrancadas pelo animal.

Na zona balnear encontravam-se centenas de pessoas e cerca de 30 surfistas estavam na água no momento do ataque, todos eles foram obrigadas a abandonar o local por decisão das autoridades da região.

Ainda é desconhecido em que local específico da praia ocorreu o ataque do tubarão e qual a espécie do mesmo. Com este ataque contabilizam desde 2008 quatro pessoas mortas, vítimas de ataques de tubarões naquela costa australiana.

O dono de um estabelecimento na praia afirmou à CBS que os tubarões são comuns naquele local, porém nunca chegam tão perto da margem.

As autoridades australianas classificam os ataques de tubarão como uma fatalidade, não culpam os surfistas, como fazem as autoridades do Recife, em Pernambuco. Também não pensam em proibir o surfe na região, tomar pranchas de surfistas, e o mais importante: tomaram a decisão pelo fechamento TOTAL da praia, tanto para o surfe como para o banho de mar, decisão coerente porque os banhistas sofrem praticamente o mesmo risco de serem atacados por tubarão.

Parabéns às autoridades de Bunker Bay pela decisão corretamente tomada. Fica aqui também os sentimentos do Surfguru à familia do bodyboarder pela perda do ente querido.

Links Relacionados:

reportagem original

Galerias | Mais Galerias