#atletas #competições #surf #eventos #notícias 
São Paulo - Brasil

Bibi Nogueira busca o pódio na abertura do Hang Loose Surf Attack 2022

SPSURF

Em 2022, até o momento, a jovem de apenas 14 anos venceu todas as competições que participou

Maria Beatriz Nogueira da Silva, a ” Bibi Nogueira”, atual campeã paulista na categoria Sub 14, está confirmada na 34ª edição do Hang Loose Surf Attack, que conta com os patrocínios da Sthill e Mobyou, com abertura do circuito prevista para os 20 a 22 de Maio, nas ondas do Píer de Mongaguá. O evento é realizado pela Federação de Surf do Estado de São Paulo – SPSurf e terá transmissão ao vivo pelo sistema Wave Data.

Local da Praia Grande, e com 14 anos, Bibi é mais um potencial do surfe feminino brasileiro que vem despontando. A jovem, em 2021, ficou entre as quatro melhores surfistas brasileiras de sua categoria, após ficar com a quarta colocação no CBSurf Júnior e, em 2022, até o momento, com uma ótima campanha, venceu todos os eventos que correu: o municipal de Mongaguá na Sub 18 e na Open do Itanhaense. O seu título mais recente foi o primeiro lugar na Open, categorias bem acima da dela, na abertura do Peruibense.

Com cinco participações no Hang Loose Surf Attack e o título de campeã em 2021, a atleta vem se dedicando 100% nos treinos dentro da água e fora também, e se diz com preparo físico para chegar em Mongaguá e poder manter um bom resultado. “Quero sair na frente das minhas adversárias para tentar repetir o feito do ano passado, e trazer para casa o bicampeonato”, disse confiante.

A 34ª edição do Hang Loose Surf Attack retorna ao Litoral Norte após décadas e com uma temática focada na alimentação saudável e Bibi Nogueira leva a sério este assunto. “Procuro fazer uma alimentação balanceada, com diversos tipos de alimentos: carnes, arroz, feijão, frutas, verduras e legumes. Até para atender minhas necessidades nutricionais, e para ter uma boa qualidade de vida, e consequentemente uma melhora no rendimento e disposição nos treinos e nos afazeres do meu dia a dia”, explicou.

Bibi, por ser local do Litoral Sul, gosta de treinar no Píer de Mongaguá, pico que vai sediar a abertura do Hang Loose Surf Attack. Mas também surfa na praia do Tombo e Pitangueiras, no Guarujá e, quando está no Litoral Norte, não dispensa uma queda na Vermelha do Norte, em Ubatuba. No arsenal tem as batidas de backside e o layback. “Quando eu acerto não tem pra ninguém”.

Sobre o Hang Loose Surf Attack, Bibi é categórica. “É o maior evento de Surf amador do país. Um campeonato de altíssimo nível em categoria de base, fico muito feliz por terem criado categorias femininas, pois quando eu comecei a disputar o Hang Loose Surf Attack, eu disputava com os meninos”, recordou a atleta que conta com os apoios da Special Boards e da Speed Surf Boards.

O Hang Loose Surf Attack é uma competição voltada para surfistas com até 18 anos completos em 2022. Nesta edição a organização pretende reunir mais de 200 atletas de várias localidades do Brasil, nas categorias Sub12, Sub14, Sub16 e Sub18, feminino e masculino. Vale salientar que os nomes que estiverem nas listas de participantes desta edição do Circuito devem preencher, obrigatoriamente, as fichas de inscrição e filiação, no site da SPSurf www.spsurf.com.br.

Premiação – Os pódios do 1º ao 4º lugares, de todas as categorias, em cada etapa, vão receber premiação em dinheiro, parafinas MangaWax, blocos de prancha, leashs, entre outros brindes. As etapas também reservam R $1.000,00, dividido, entre os vencedores do Manga Wax Air Show e Sicrupt Girls Best Trick – melhor Manobra Feminino – (R$500 cada).

Ao final do circuito, os atletas de São Paulo, que forem anunciados campeões do ranking Estadual de Categorias de Base 2022, da Sub 18 (masculino e feminino), vão receber, cada um, uma Scooter Elétrica Mobyou, zeradas.

O Hang Loose Surf Attack 2022 conta com os patrocínios da Sthill e Mobyou. Apoios: Keahana Blanks, Special Boards, Protetor Solar Suntech, Delab Design, Sim Suco, Sicrupt Beachwear, Parafinas Manga Wax, Waves Now, Nuty Açaí, Odara Alfajor e Pousada Plataforma. Divulgação: Waves. Colaboração: Prefeitura Municipal de Mongaguá, por meio de sua Diretoria de Esportes, Lazer e Juventude de Mongaguá e ASPM (Associação de Surf Píer de Mongaguá). O evento é supervisionado pela Federação de Surf do Estado de São Paulo (SPSurf).

Comentários

Galerias | Mais Galerias