#profissional #mundial 
Austrália

Beachley Classic é decidido por duas estreantes em finais

João Carvalho - ASP

A americana Coutney Conlogue derrotou a havaiana Malia Manuel em Sydney e agora todas as atenções ficam para o Billabong Rio Pro, a etapa brasileira do WCT

Duas surfistas que nunca haviam feito uma final no ASP Women´s Tour decidiram o título do Commonwealth Bank Beachley Classic neste sábado em Sydney, na Austrália. A norte-americana Courtney Conlogue, 19 anos, derrotou a estreante na divisão de elite este ano, Malia Manuel, 18, do Havaí, para faturar o maior prêmio da temporada feminina, 30 mil dólares.

Com os 10.000 pontos recebidos pela vitória, saltou do oitavo para o quarto lugar no ranking das quatro etapas disputadas na Oceania. Agora, todas as atenções ficam para o Billabong Rio Pro, a etapa brasileira do WCT que acontece nos dias 9 a 20 de maio no Rio de Janeiro.

Para chegarem em sua primeira final no ASP Tour, elas despacharam as líderes na corrida pelo título mundial da temporada no último dia do campeonato promovido pela heptacampeã mundial Layne Beachley. Conlogue já havia eliminado a atual campeã mundial Carissa Moore (HAV) por 5 centésimos de diferença na sexta-feira. No sábado, derrotou a vice-líder Sally Fitzgibbons nas quartas de final e a também australiana Rebecca Woods nas semifinais. Na decisão do título, surfou a melhor onda da bateria - nota 7,67 - para festejar sua primeira vitória na divisão de elite por 13,17 x 11,56 pontos.

"Estou sem palavras agora!", disse Courtney Conlogue. "São dois anos que estou no ASP Women´s Tour e sempre perdendo nas quartas de final. Então hoje (sábado), depois de passar essa barreira eu ganhei confiança para ganhar o campeonato. A Malia (Manuel) estava surfando bem na grande final, mesmo com as ondas difíceis de hoje. Eu não sei o que dizer, só que estou realmente feliz por ter vencido este evento. Eu amo a Steph (Gilmore) e a Sally (Fitzgibbons) e elas me carregando nos ombros pela praia foi absolutamente incrível".

Foi a havaiana Malia Manuel que barrou a líder do ranking e tetracampeã mundial Stephanie Gilmore em seu primeiro desafio no sábado decisivo do Beachley Classic. Depois, passou por outra australiana, Tyler Wright, nas semifinais. Ela chegou a liderar a bateria final, até Conlogue conseguir a nota 7,67 que acabou definindo a vitória da norte-americana. Com os 8.000 pontos do vice-campeonato, Manuel agora divide a sexta posição no ranking com a australiana Laura Enever, sendo a melhor estreante da temporada na classificação geral.

"Estou realmente aliviada por conseguir um bom resultado aqui em Dee Why Beach", disse Malia Manuel. "Foi bom subir no ranking e isso também aumenta a confiança para os três últimos eventos do ano. Estou muito feliz em fazer uma final no meu ano de estreia na elite. Espero conseguir vencer a batalha pelo ASP Rookie Of The Year (melhor estreante do ano), apesar de que a diferença é bem pequena entre mim e a Lakey (Peterson)".

O Beachley Classic foi realizado em condições excelentes de ondas, com Dee Why Beach bombando séries perfeitas de 5-6 pés nos melhores dias. No sábado, o mar baixou um pouco, mas ainda apresentando boas ondas para o último dia da quarta das sete etapas do ASP Women´s Tour 2012 em Sydney. As duas representantes da América do Sul acabaram se encontrando na primeira repescagem do campeonato e só uma poderia avançar.

A peruana Sofia Mulanovich, campeã mundial de 2004, derrotou a brasileira Jacqueline Silva, que ainda não conseguiu passar nenhuma bateria esse ano. Na primeira etapa, a catarinense foi barrada pela australiana Laura Enever e nas outras duas pela vice-campeã em Sydney, Malia Manuel. Além de Jacqueline, só a francesa Pauline Ado também passou em branco na Oceania e ambas vão buscar suas primeiras vitórias em baterias no Billabong Rio Pro.

Na etapa brasileira do WCT no Rio de Janeiro, o Brasil terá o reforço da atual campeã brasileira Diana Cristina. A índia Tininha da Tribo Potiguara da Baía da Traição, na Paraíba, vai competir como convidada da organização do evento. Já a cearense Silvana Lima continua em tratamento da operação no joelho e não vai participar do evento promovido pelo seu patrocinador, a Billabong, nos dias 9 a 20 de maio na capital carioca.

FINAL DO COMMONWEALTH BANK BEACHLEY CLASSIC:

Campeã: Courtney Conlogue (EUA) com 13,17 pontos (notas 7,67+5,50) - US$ 30.000 e 10.000 pontos

Vice-campeã: Malia Manuel (HAV) com 11,56 pontos (notas 6,33+5,23) - US$ 10.000 e 8.000 pontos

SEMIFINAIS - 3.o lugar - US$ 7.500 e 6.500 pontos:

1.a: Malia Manuel (HAV) 12.67 x 10.50 Tyler Wright (AUS)

2.a: Courtney Conlogue (EUA) 14.33 x 10.10 Rebecca Woods (AUS)

QUARTAS DE FINAL - 5.o lugar - US$ 6.500 e 5.200 pontos:

1.a: Tyler Wright (AUS) 14.43 x 12.50 Laura Enever (AUS)

2.a: Malia Manuel (HAV) 13.00 x 11.47 Stephanie Gilmore (AUS)

3.a: Rebecca Woods (AUS) 11.73 x 8.73 Coco Ho (HAV)

4.a: Courtney Conlogue (EUA) 14.97 x 13.34 Sally Fitzgibbons (AUS)

QUARTA FASE - REPESCAGEM - 1.a=Quartas de Final / 2.a=9.o lugar - US$ 5.500 e 4.000 pontos:

1.a: Laura Enever (AUS) 11.25 x 4.85 Sofia Mulanovich (PER)

2.a: Stephanie Gilmore (AUS) 12.50 x 7.00 Justine Dupont (FRA)

3.a: Rebecca Woods (AUS) 8.00 x 6.55 Lakey Peterson (EUA)

4.a: Courtney Conlogue (EUA) 13.55 x 13.50 Carissa Moore (HAV)

TERCEIRA FASE - 1.a=Quartas de Final / 2.a e 3.a=Repescagem:

1.a: 11.25=Tyler Wright (AUS), 9.40=Laura Enever (AUS), 8.25=Justine Dupont (FRA)

2.a: 15.00=Malia Manuel (HAV), 13.00=Stephanie Gilmore (AUS), 4.50=Sofia Mulanovich (PER)

3.a: 16.75=Coco Ho (HAV), 16.60=Lakey Peterson (EUA), 16.25=Carissa Moore (HAV)

4.a: 14.25=Sally Fitzgibbons (AUS), 10.40=Courtney Conlogue (EUA), 7.75=Rebecca Woods (AUS)

REPESCAGEM - 1.a=Terceira Fase / 2.a=13.o lugar - US$ 4.500 e 1.750 pontos:

1.a: Coco Ho (HAV) 12.05 x 11.85 Pauline Ado (FRA)

2.a: Malia Manuel (HAV) 10.20 x 9.10 Sage Erickson (EUA)

3.a: Laura Enever (AUS) 12.50 x 10.50 Nikki Van Dijk (AUS)

4.a: Justine Dupont (FRA) 12.15 x 10.50 Paige Hareb (NZL)

5.a: Sofia Mulanovich (PER) 12.75 x 6.75 Jacqueline Silva (BRA)

6.a: Rebecca Woods (AUS) 9.00 x 7.80 Sarah Mason (NZL)

PRIMEIRA FASE - 1.a=Terceira Fase / 2.a e 3ª=Repescagem:

1.a: 12.75=Lakey Peterson (EUA), 8.50=Pauline Ado (FRA), 6.40=Laura Enever (AUS)

2.a: 16.65=Tyler Wright (AUS), 13.05=Sage Erickson (EUA), 8.70=Sofia Mulanovich (PER)

3.a: 17.75=Stephanie Gilmore (AUS), 14.10=Nikki Van Dijk (AUS), 6.80=Sarah Mason (NZL)

4.a: 14.05=Carissa Moore (HAV), 13.50=Coco Ho (HAV), 5.40=Justine Dupont (FRA)

5.a: 18.65=Sally Fitzgibbons (AUS), 15.60=Malia Manuel (HAV), 4.10=Jacqueline Silva (BRA)

6.a: 14.00=Courtney Conlogue (EUA), 12.35=Rebecca Woods (AUS), 8.75=Paige Hareb (NZL)

TOP-10 DO ASP WOMENS TOUR 2012 - 4 etapas:

01: Stephanie Gilmore (AUS) - 33.200 pontos

02: Sally Fitzgibbons (AUS) - 26.900

03: Tyler Wright (AUS) - 24.700

04: Courtney Conlogue (EUA) - 24.400

05: Carissa Moore (HAV) - 23.700

06: Laura Enever (AUS) - 22.400

06: Malia Manuel (HAV) - 22.400

08: Lakey Peterson (EUA) - 19.700

09: Paige Hareb (NZL) - 16.250

10: Sofia Mulanovich (PER) - 16.000

14: Silvana Lima (BRA) - 10.450

17: Jacqueline Silva (BRA) - 7.000

Galerias | Mais Galerias