#surf 
Ipojuca - Pernambuco - Brasil

Atletas propõem Seletiva para patrocínio em Ipojuca

Redação Surfguru

A 2ª etapa do circuito Pernambucano de Surf em Maracaipe foi marcada por um protesto, que reivindica às autoridades do Ipojuca uma SELETIVA que destine justamente a verba de incentivo ao surf no Município.

Já fazem alguns anos que atletas Ipojucanos recebem anualmente patrocínio da prefeitura do Ipojuca para participar de competições mundo afora, porém uma problemática assola esse incentivo fiscal, já que a atual regra para ter direito ao patrocínio é praticamente impossível para uma nova geração de surfistas conseguir o apoio. 

Não é por falta de competência, mas sim por falta de oportunidade, o que os atletas da nova geração querem é que a verba destinada para alguns surfistas competirem o circuito nacional e mundial seja distribuida através de um circuito (SELETIVA) melhor de três, onde todos os surfistas do município se enfrentem e que os 10 melhores tenham direito ao patrocínio da prefeitura e que anualmente se repita essa SELETIVA para que haja renovação e os novos atletas tenham as mesmas oportunidades. 

Assim sendo, os atuais melhores atletas serão indentificados e contemplados com o patrocínio e poderão competir nos circuitos nacionais e mundiais.

Abaixo palavras de Bruno Rodrigues, representante dos atletas na Associação Ipojucana de Surf.

"Uma geração de surfistas Ipojucanos talentosos que estão prontos tecnicamente está sendo colocada de lado sem ninguém fazer nada, eu tive as minhas oportunidades, outros também tiveram e acho que é justo que todos possam ter oportunidades, atletas de alto nível como Thalis Luis, Itamar Nikxon e Artur Kakinho de Porto. Beto Parafina, Michel e Juninho Batata de Serrambi e vários outros de Maracaípe estão parando por desilusão de não ter uma oportunidade de vencer no esporte, as vezes vejo Ivan Silva, atual melhor surfista de Pernambuco e top do circuito Brasileiro, trabalhando de ajudante de pedreiro e de garçom, era para ele estar treinando para competir, isso me angustia, não porque ele não tem um patrocínio de uma empresa privada que só patrocina quem quer mesmo, mas porque somos nativos de um município rico e que existe uma verba PÚBLICA mal distribuída para surfistas, as regras não dão chances iguais a todos os surfistas, pelo contrário, se o melhor surfista do estado está nessa situação, imaginem os outros... Outra noite, esse mesmo Ivan me falou que estava pensando em parar de surfar para trabalhar fixo pois não enxerga uma oportunidade no surf. Minha consciência simplesmente não deixa eu assistir esse descaso sem fazer nada. Espero que o Secretário de Esportes faça algo justo, e que os atletas novos continuem de pé lutando pelos seus direitos, com Deus no coração, longe das drogas. Todos sonhamos em ter uma seletiva justa, onde influências políticas não valerão nada, será nesse dia onde os mais talentosos serão contemplados e receberão a vitória." Concluiu Bruno.

Por Arthur Andrade

ROUPAS E ACESSÓRIOS DE SURF E SKATE VOCÊ ENCONTRA NO SURFGURUSHOP.COM.BR

Galerias | Mais Galerias