Alex Ribeiro quer encerrar temporada com boas performances no Havaí

Fábio Maradei

Atual sétimo colocado no ranking mundial Qualifying Series (QS), o brasileiro Alex Ribeiro quer encerrar bem a temporada 2015, comemorando boas performances nas duas etapas do Havaí, em Haleiwa e Sunset.

PREVISÃO HAWAII

O novo reforço do Brasil na elite mundial em 2016 compete querendo trocar seus piores resultados para melhorar sua posição entre os top 10.

“A expectativa é grande. Vou dar o gás total e ir com tudo para as duas etapas, tentando trocar os resultados baixos que tenho. Gosto da onda de Haleiwa. Sempre que estou no Havaí, eu surfo essa onda. Agora, com mais experiência, pranchas muito boas, a confiança é total”, afirma o surfista de 26 anos, patrocinado por Natural Art, Construtora Nossolar, Star Point, Xanadu, Evos Surfing e Gazeta Radical.

Alex explica as duas próximas ondas onde competirá. “Haleiwa é um direitão muito bom. Difícil de se posicionar, porque tem correnteza forte, então tem de sempre remar. Onda bem em pé. Dá para soltar o surf. Quando está menor, tem direita e esquerda. É irado. Sunset já é uma onda mais volumosa, oceânica. Tem de surfar com pranchas maiores. Parecem até de long. Mas é só treinar, se adaptar”, comenta.

Neste ano, seu principal resultado foi a vitória no QS 10000 de Saquarema. Seus dois resultados que podem ser trocados (entre os cinco que valem) são exatamente da perna brasileira – os 1.100 pontos do 25º lugar no Oi HD São Paulo Open, em Maresias, e os 1.550 pontos da 9ª colocação no Red Nose Pro, em Florianópolis. “Como falei, estou confiante e mais experiente. Vamos com tudo”, completa o atleta que tem sua carreira gerenciada pela 4ComM, agência responsável pela imagem de atletas famosos no futebol, como Lucas Moura (PSG) e Gabigol (Santos).

ROUPAS E ACESSÓRIOS DE SURF E SKATE VOCÊ ENCONTRA NO SURFGURUSHOP.COM.BR