#surf #videos 
Vila da Quixaba - Vila dos Remedios - Fernando de Noronha - Brasil

Alan Donato noronhando

Alan Donato

Ninguém duvida que a temporada 2012-2013 de Fernando de Noronha foi uma das melhores dos últimos anos. Quem pôde “montar a barraca” no arquipélago por um período a mais, pegou ondulações de sonho, encaixadas na bancada das praias da Cacimba do Padre e do Bode. O surfista pernambucano Alan Donato investiu no início do ano em trips para o Havaí Brasileiro. Uma delas na época que compreendeu o Brasileiro e o Pernambucano de Surf – um festival realizado em 12 dias, que ainda teve o Nacional de Longboard – e outra logo após o anúncio de mais um swell, também no início de 2013. Como não poderia deixar de ser, o resultado foram ondas e mais ondas, tubos e mais tubos surfados pelo pernambucano que é sinônimo de estilo e radicalidade.

“Após as últimas viagens que fiz, principalmente no ano passado, passei a surfar picos muito perfeitos. Estive em Bali e passei três meses na Austrália. E se falamos em ondas perfeitas e tubos quadrados, Noronha não poderia passar batido. Não tem nada melhor do que iniciar uma temporada naquele lugar paradisíaco”, comentou Alan Donato, local de Maracaípe, Ipojuca-PE.

Além dos tubos, Alan Donato mostrou estar em dia com a sua coleção de manobras. As habituais rasgadas de frontside são o carro-chefe, mas nas esquerdas da Cacimba soltou à exaustão ataques de backside retos, com pressão extra. Fora os canudos e as manobras habituais, apostou nas morras. É um projeto a médio prazo do surfista profissional dar uma atenção especial ao lado “no limite” do esporte. Sem economizar, mandou para baixo nas maiores da série.

“Senti uma sensação diferente surfando ondas grandes e não descarto buscar esse caminho. O pernambucano, normalmente, tem o costume de se jogar mesmo nas maiores, haja vista que profissionais como Carlos Burle, Eraldo Gueiros e Paulo Moura, só para citar alguns, conhecidos mundialmente pela disposição quando o mar sobe. Tenho orgulho dessa galera e muita vontade de um dia fazer parte dessa turma que desconhece limites”, admitiu.

Este ano, as viagens internacionais continuam em pauta. O destino atual é a Nicarágua, onde está trabalhando novas imagens para os patrocinadores. “Mas este ano vou correr atrás de uma viagem para Teahupoo. Acho que lá posso ser testado antes de seguir para o Havaí, outra meta que tenho para esta temporada”, finalizou.

Galerias | Mais Galerias